Thursday, December 23, 2010

Tempos de serenidade






créditos: Bernadett Szabo/ Reuters (Hungria)


Tempo de Luzes

É um tempo coado
   de azevinho.
Com odores de doce

   e de memória

O colo da mãe
 em desalinho.
A cor da ternura

   na demora

É um tempo de luzes
   e de linho.
Com sussurros

de cristal de romã

Lonjura que nos traz
 o som de um sino.
Onde o sonho se mistura

   com a manhã


Maria Teresa Horta
Natal 2009

Poema lindo! Uma mão amiga enviou-mo na sua mensagem de Natal. E nada melhor do que juntar Coldplay  no tema Christmas Lights.







A essência das coisas se mistura na essência do sentir. E o ser se identifica com o que lhe traz serenidade na partitura da vida!

Para todos, votos de sereno Natal, num ambiente de universal espiritualidade.


G-S

Fragmentos Culturais
23.12.10
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

28 comments:

Fragmentos Culturais said...

A Paulo (Intemporal), a Daniel (Sair das Palavras), a Su (Brinquinho) e a Nilson (NymbiPolis) agradeço sensibilizada a amizade fraterna nesta época de interioridade!

Para todos um Natal de muita serenidade, bem estar e uma mão cheia de afectos!

Um beijo bem afectuoso,
(responderei aos vossos votos nos posts em que os depuseram)

Fatima said...

A SIMECQ-Cultura vem desejar um Feliz Natal e um Novo Ano cheio de saúde, paz e amor.

Rafeiro Perfumado said...

Um grande beijoca e um Natal com tudo de bom, iguarias incluídas!

Cata- Vento said...

Um tempo de serenidade, harmonia, solidariedade que de há uns tempos começou a ser contaminado pelo consumismo capitalista. Resistamos a essas tendências e lutemos pelo Amor que é o remédio para todos os males.
Um Santo Natal.

Beijinhos

Bem-hajas!

Avelaneira Florida said...

Fragmentos!!!!!
Reentro neste cantinho e fico iluminada!!!! Está lindo!!!!!!!!
Que bem me sinto aqui com toda esta imensa claridade!!!!!

Que sejam dias de ESPERANÇA!!!! Que sejam dias de Fraternidade e Proximidade de SENTIRES!!!!
TODOS os DIAS!!!!

Um grande beijinho e TUDO DE BOM!!!!

aflores said...

Que mais posso dizer?
Agradeço e retribuo, tudo!

Lilá(s) said...

♫♫♫ Um Feliz Natal!!!

...............¨♥*✫♥,
.........,•✯´.........´*✫
.......♥*................ __/\__
.......*♥............… ..*-:¦:-*
...¸.•✫.............……/.•*•.\
...~`,`~.................. |
¸....✫................... *•*
´¸...*♥..´¸...........*♥♫♥*
´¸¸♥*................✯•♫•♥•*
´¸.•✫ .............. *♥•♫•♫♥*
~`,`~............. ✯♥•♦♫♥•♥*.
`.✫`.............. *♥☺♥•♥•☺♥*.
●/................✯♥•♥♠♫♥#♥•♥*..
/▌................*♥♫•♥♫•♥♫♥•♫♥*
/ \....................... ╬╬╬╬.

BEIJINHOS

vitor cunha said...

Agradeço-te e retribuo os votos de um Natal que seja a maior manifestação do teu contentamento.
Parabéns pela escolha do poema que é muito bonito.
Um beijinho muito grande para ti.

pinguim said...

Os votos de um Bom Natal.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Que Deus abençoe, agora e sempre, quem dá vida a Fragmentos Culturais.
Um Santo e Feliz Natal e que o ano de 2011 lhe traga a concretização dos seus desejos.
Lindo o poema da Maria Teresa Horta com que nos presenteou neste Natal! Maravilhosa recordação a do colo da mãe...Haverá melhor recordação do que o colo da mãe, ainda que em desalinho, ou talvez por isso mesmo?
Um abraço grande.

A.S. said...

NATAL... Passadas poucas horas, neste amanhecer ainda natalicio, de um céu de Magritte pendem ainda os filamentos avulsos dos enfeites de Natal, fios que o tempo e a chuva vão apagando, vertendo lágrimas vermelhas de anilina. Depois de uma alienada multidão se ter atropelado no afã de conseguir o afago de coisas inúteis. Que importa o preço? Importava, isso sim, conseguir o troféu. Assim é o reverso da festa. Uma luz gelada que fixa os contornos da vertigem, os rostos cansados, sem memória nem futuro.

Deixo-te os votos de que no novo ano, pelo menos, a esperança se não extinga!...

Beijos!
AL

Petrus Monte Real said...

'Fragmentos'
Cara amiga, em pleno dia de Natal, retenho as suas palavras "(...)serenidade na partitura da vida".
O Natal é o eterno retorno à infância! Esse é o único sentido útil que me vem à ideia nesta quadra festiva.
Dentro desta linha, natal é inocência, criação e sonho.
Muitos sonhos lhe desejo neste dia!
Grato pelos votos expressos em 'claro desenho'!
Sensibilizado, como sempre.

Neste final de dia, em que os candeeiros de iluminação pública despontam pelas ruas, desejo que esta quadra lhe traga não só motivos que iluminem a sua vida real mas também sinais de inspiração para muitas aventuras virtuais!
Bom domingo! E uma óptima semana que sirva de rampa de lançamento para o novo ano que se avizinha!
Um beijo

MARTHA THORMAN VON MADERS said...

DESEJO A VOCÊ UM ANO NOVO CHEIO DE PAZ, SAÚDE E FELICIDADE.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Muito feliz esta combinação de Maria Teresa Horta com os Coldplay.
Um beijo.

Fragmentos Culturais said...

A Fátima (SIMECQ), a 'Rafeiro' (Rafeiro Perfumado), a 'Isamar' (Cata-Vento) a 'Avelaneira' (Os Cantares de Amigos), a 'Aflores' (Ailife), a Lilá(s)(Perfume de Jacarandá), a Vítor (Dante), a 'Pinguim' (whynotnow), a Isabel Maria (Luz de Africa), a A.S. (Poliedro), a Petrus (Claro Desenho), e a Martha (Antiquario) agradeço, sensibilizada, a amizade fraterna nesta época de interioridade!

Que todos tenham passado um Natal de serenidade, bem estar e uma mão cheia de afectos!

Um beijo bem afectuoso,
(responderei aos vossos votos, mal este ciclo se feche)

Fragmentos Culturais said...

Grata pelos votos aqui expressos, apressei-me a retribuir, 'Fatima' !

Bom Ano!

Fragmentos Culturais said...

... uau 'Rafeiro'! Muito obrigada!
As iguarias... hum! Foram algumas :)

Bom Ano!!
('uau' não, não se trata de uma onomatopeia, apenas uma interjeição, de boa disposição)
-;)

Fragmentos Culturais said...

... como pudeste talvez ler, 'cata-vento' esbaforida pela onda consumista, andei quase sempre em contra maré!

Sim, devemos lutar contra, e tentar a harmonia dos tempos!

Faço votos que tenhas tido um sereno Natal. Deixei-te um abraço fraterno de Novo Ano, já pela madrugada!

Bom Ano querida amiga!

Fragmentos Culturais said...

... mas que bom, 'Avelaneira!

Fico muito sensibilizada com as tuas palavras! Assim possa meu espaço 'iluminar' um pouco o teu Novo Ano :)

Teus votos foram lindíssimos! Que assim se cumpram...

Grande beijinho,
(fui pela madrugada retribui tão boas energias! Espero ter conseguido...)

Fragmentos Culturais said...

... pois! Colocas-me quase na mesma posição, 'aflores', não fora eu já ter retribuído no post anterior e no teu espaço. A propósito, está lindo :)

Novo Ano, muito muito 'saudável'... estou a repetir-me! Mas no que concerne à saúde, nunca é demais, não é mesmo?!

Fragmentos Culturais said...

Adorei a tua árvore de Natal, 'lilá(s) ! Adorei a estrela... muito obrigada!

Bom Ano!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Muito sensibilizada, Vítor! Foram sempre calorosos teus votos neste Natal!!

Tive a sorte de conhecer este poema por mão amiga... ligada à literatura! E adorei, de imediato! É lindo! Suave, terno!

Maria Teresa Horta tem esta vertente mais intimista... talvez não a mais conhecida... ou melhor, divulgada.

Está mais associada a outros sentires...

Bom Ano 2011!


Um beijo amistoso,

Fragmentos Culturais said...

... retribuo com amizade, 'pinguim'!

Bom Ano 2011!!

Fragmentos Culturais said...

... muito sensibilizada, Isabel! É sempre tão cordial! Não sei como agradecer... embora suspeite já a ter 're'conhecido :)

Retribuo com carinho todos os votos, Que assim se cumpram...

Tal como já comentei, este poema veio por mão amiga ligada às literaturas!
'Correntes d'Escritas', um evento literário a não perder na Póvoa de Varzim, de alguns anos a esta parte!

E depois, a imagética feita de palavras é tão terna! As sonoridades, os aromas, tudo desfila perante o nosso olhar ao ler, com simplicidade!

Maria Teresa Horta tem este outro sentir... é lindo!

Um abraço amistoso,

Fragmentos Culturais said...

... muito bonita! Poética a tua mensagem de Natal, 'A.S.'

Pude imaginar 'o céu de Magritte'... na noite azul-bréu, os 'filamentos avulsos'... talvez transfigurando lágrimas que marejaram olhos nessa noite. Tantos!

A saudade instala-se, o desespero afivela-se na alma de alguns.

E depois a descrição da multidão! De grande intensidade! Dramático, não é? Tanto por tão pouco :(

Sensibilizada por este comentário em jeito poético!

Assim se cumpram teus votos! A esperança se não extinga...

Bom Ano! Muita inspiração!

Um beijo fraterno,

Fragmentos Culturais said...

Cara amigo 'Petrus',

A imagética da infância, os aromas quentes do cheiro a canela, da aletria, o azevinho na mesa (hoje protegido por correr o risco de extinção), os risos pueris, o olhar sereno dos pais...

Faço meus, seus votos que lanço ao universo para que se cumpram...

Para si, um Bom Ano! Pleno de realizações pessoais e profissionais.
Faça-se música em espaços privilegiados!
:)

Como sempre, as suas palavras me sensibilizam! Tanto!

Uma excelente semana! Desta vez, coincidente com o Novo Ano! Então, Bom Ano!!

Um beijo,
( e faça-se prosa poética no 'claro desenho', espaço que me apraz sempre ler)

Fragmentos Culturais said...

... muito obrigada, Martha! Retribuo com amizade os votos!

Lindo Ano Novo!! Tudo de muito bom para si!!

Fragmentos Culturais said...

...muito obrigada pelo apreço, Isabel!

O poema de Maria Teresa Horta, e 'Christmas Lights' de Coldplay deram-me a inspiração necessária para essa Noite de Natal...

Um beijo,