Saturday, May 28, 2011

Portugal merece o nosso melhor!






Lembram História do Natal Digital? Pois bem a Excentric, uma empresa portuguesa, como bem sabem, continua a inspirar-nos! Com isenção!

Os Portugueses realçam-se na Arte, Arquitectura, Ciência, Tecnologia, Literatura.

Este novo filme/viral, Portugal Melhor, apela ao melhor de cada um de nós, numa mensagem de confiança sobre a nossa inspiração. 


"Eu sei que vou conseguir, porque já o fiz antes!"

G-S

Fragmentos Culturais
28.05.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

(formato web 2.0)

Wednesday, May 25, 2011

Betrand do Chiado, a mais antiga do mundo




Livraria Bertrand (Chiado)

A livraria Bertrand do Chiado, em Lisboa aberta desde 1732 foi considerada a livraria mais antiga do Mundo em funcionamento. O atestado, certificado pelo "Guinness Book of World Records", está desde o dia 20 de Abril 2011 patente no interior da loja, como se pode ver nesta fotografia


Bertrand (interior)
"Ao longo dos anos, a livraria Bertrand tem sido retiro de escritores e refúgio de revolucionários. As histórias são muitas, nomeadamente as que envolvem conspiradores republicanos. José Fontana (que se suicidou no interior da loja), Antero de Quental e Aquilino Ribeiro são alguns dos "fantasmas" cujas sombras permanecem vivas no interior da Bertrand."



Tinha lido a notícia, na altura, mas depois não tive tempo para falar da Bertrand! Até que hoje me deparei com este Manifesto Bertrand e não resisti!
A Bertrand é isso mesmo! Livros! E prazeres! Ao longo do tempo.
Foram descendo o Chiado. Do outro lado, os toldos das lojas estendiam no chão uma sombra forte e dentada. E Carlos reconhecia, encostados às mesmas portas, sujeitos que lá deixara havia dez anos, já assim encostados, já assim melancólicos. Tinham rugas, tinham brancas. Mas lá estacionavam ainda, apagados e murchos, rente das mesmas ombreiras, com colarinhos à moda. Depois, diante da Livraria Bertrand, Ega, rindo, tocou no braço de Carlos:
— Olha quem ali está, à porta do Baltreschi!(...)”
Eça de Queiroz in "Os Maias"



Paulo Oliveira, administrador do Grupo Bertrand Círculo, proprietário do espaço, disse à Lusa que a loja do Chiado irá continuar como livraria "por mais 300 anos", já que "representa um património cultural inalienável".
A Bertrand situada num centro comercial da cidade do Porto mudou-se para uma rua próxima! Mas perdeu muitos dos leitores mais assíduos. Num espaço intimista, pequeno, é certo, mas por isso mesmo, talvez, as pessoas, os professores da Universidade de Letras, ali tão perto, e os escritores gostavam de passar por lá em fins de tarde. 


Bertrand (Porto, 2006)

Era um espaço carismático. Lia-se, conversava-se, trocavam-se opiniões, compravam-se livros que os colaboradores, atentos, tinham o cuidado de separar, consoante o perfil dos seus leitores. E quando entrávamos, dirigiam-se a nós com dois ou três livros na mão e, delicadamente,  referiam que aguardavam a nossa passagem. É claro que não resistíamos. 
Nele me cruzei mais do que uma vez com Agustina Bessa Luís. Discreta, mas muito acessível e excelente interlocutora, palestrava com os seus leitores com tanta naturalidade que o tempo esvaía-se sem darmos por nada Tenho saudades do espaço, da atenção personalizada, das tertúlias entre escritores e amigos.
Recordo os lançamentos de livros, alguns colóquios, o espaço acolhedor forrado de livros, as tertúlias, os amigos, os conhecidos.
Daí concordar com a afirmação de Paulo Oliveira e cito: "a Bertrand, mais do que uma marca comercial, "simboliza a relação entre o leitor e o livro, em Portugal".


G-S

Fragmentos Culturais
25.05.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

Créditos: vídeo Bertrand Livreiros

Referências:

Booktailors Blog (divulgação do vídeo)
Expresso (20.04.2011) 


Eça de Queiroz (excerto): O Único Planeta que Temos

Thursday, May 19, 2011

E por falar em Museus...






"O Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) associa-se mais uma vez às comemorações da Noite dos Museus – sábado 14 de Maio – e Dia Internacional dos Museus – 18 de Maio. 

O tema das comemorações de 2011 é "MUSEU E MEMÓRIA."


A "Noite dos Museus" foi uma iniciativa proposta em 2005 pelo Ministério da Cultura e da Comunicação de França. Como sabemos, realizou-se este ano a 14 de Maio, isto é, uma semana antes do "Dia Internacional dos Museus".




O Dia Internacional dos Museus é um acontecimento de grande tradição para o mundo dos museus  e data de 18 de Maio de 1977, por proposta do ICOM – Conselho Internacional de Museus.



Vem então a propósito divulgar que três Museus Portugueses concorrem ao "Prémio Museu Europeu 2011", organizado pelo European Museum Forum.


E são eles o Museu do Douro, A Casa das Histórias - Paula Rego (já escrevi aqui) e o  Mosteiro Santa Clara-a-Velha. Neste último, não consegui aceder ao sítio web oficial. Uma falha que não fica bem a uma instituição cultural eleita "Melhor Museu Português", 2009, pela Associação Portuguesa de Museologia.



Museu Santa Clara-a-Velha


O EMF é uma organização europeia independente e sem fins lucrativos criada nos anos 1970 para promover a qualidade das instituições museológicas, e todos os anos atribui um galardão para distinguir a excelência nesta área. 

O júri da edição deste ano nomeou 34 museus de 15 países. Entre eles a Rússia, Espanha, Áustria, Turquia, Finlândia, Bélgica, Croácia, Azerbeijão, Suiça e Reino Unido. Poderão ter acesso à listagem completa aqui

Os vencedores e as menções honrosas serão anunciados no próximo 21 de Maio, na Alemanha. 



The Egg | Henry Moore

O museu vencedor será escolhido para acolher a cerimónia no próximo ano e poderá exibir durante um ano a emblemática escultura "The Egg", do artista britânico Henry Moore.

Não posso deixar de lamentar que o cartaz português esteja redigido segundo o Novo Acordo Ortográfico. Discordo! Tomei posição anteriormente e não mudo de opinião.

Hesitei em publicar! Mas reparei que o cartaz internacional só contempla três línguas, como podem verificar.

Mais uma vez remeto para os meus posts Não e A Minha Pátria. Acima de tudo venero a Língua Portuguesa na sua universalidade, com as suas variantes sim, mas mantendo as origens da língua latina. Mátria Língua!

Não vi os outros países de língua românica (Espanha, França, Itália e Roménia) alterarem os seus valores linguísticos. De modo algum! Conservam com orgulho a sua matriz latina.

Recordo então, já que comemoramos a "Memória", o texto de Pessoa:

(...)

"Não tenho sentimento nenhum politico ou social. Tenho, porém, num sentido, um alto sentimento patriotico. Minha patria é a lingua portuguesa. Nada me pesaria que invadissem ou tomassem Portugal, desde que não me incommodassem pessoalmente. Mas odeio, com odio verdadeiro, com o unico odio que sinto, não quem escreve mal portuguez, não quem não sabe syntaxe, não quem escreve em orthographia simplificada, mas a pagina mal escripta, como pessoa própria, a syntaxe errada, como gente em que se bata, a orthographia sem ípsilon, como escarro directo que me enoja independentemente de quem o cuspisse.

Sim, porque a orthographia também é gente. A palavra é completa  vista e ouvida. E a gala da transliteração greco-romana veste-m'a do seu vero manto régio, pelo qual é senhora e rainha."


G-S

Fragmentos Culturais

19.05.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

Actualização: O Museu Santa Clara-a-Velha tem já o seu sítio web oficial. Vale a pena consultar.

05.08.2013


Monday, May 16, 2011

Visão Perfeita do Universo



The Mountain from Terje Sorgjerd on Vimeo.


Já quase todos admiraram este filme depois de ter passado em várias redes sociais.


Mesmo assim, não resisto! Filmado entre os dia 4 e 11 Abril 2011, pelo fotógrafo norueguês Terje Sørgjerd da TSO Photograpy na sua visita ao El Teide, a montanha mais alta de Espanha (3.715 metros). 


As imagens mostram a evolução da Via Láctea vista a partir do topo do Pico  El Teide situado no Parque Nacional del Teide nas Ilhas Canárias.

.

El Teide é um dos melhores lugares do mundo para fotografar as estrelas. Nel se encontra também o Observatorio del Teide.


Música: Ludovico Einaudi - "Nuvole Bianchi.


Os trabalhos de Terje Sørgjerdo podem ser admirados em "TSO Photography" no Facebook


Já que o objectivo de Terje Sørgjerdo foi inspirar as pessoas e levá-las a sair para a rua e a olhar para as estrelas, nesta noite de quase Lua Cheia (17 Maio) nada melhor do que contemplar, mais uma vez, a perfeição do Universo!



G-S

Fragmentos Culturais
16.05.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

(formato web 2.0)


Créditos: video TSO Photography





Wednesday, May 11, 2011

Martha Graham : 117º Aniversário







Martha Graham
credits: Barbara Morgan
 Courtesy Bruce Silverstein Gallery, New York





Marha Graham Google doodle

Google doodle de hoje celebra o 117º Aniversário de Marha Graham. O doodle interactivo é de grande criatividade. Movimentos de extrema beleza vão soletrando a icónica palavra Google.

Foi animado por Ryan Woodward que se inspirou nos movimentos da principal bailarina de Martha Graham Center of Contemporary Dance, Blakeley White-McGuire, movimentos de Graham, coreografados por Janet Eilber, directora artística do Centro.




Martha Graham
"How do you fit seven decades of American innovation into 15 seconds? That was the challenge when Google asked us to collaborate on a Google Doodle to celebrate Martha Graham’s birthday."



Martha Graham

Poderão ler a verdadeira história que está na base do doodle de Martha Graham aqui





Martha Graham (Maio 11, 1894 - Abril 1, 1991) foi uma bailarina e coreógrafa americana cujo nome passou a ser sinónimo de 'dança moderna' ou 'dança contemporânea'.


"Her fierce choreography sometimes amazed and sometimes horrified, but in it she embodied modern dance — arrogantly and spectacularly."

Terry Teachout, Time Magazine

A influência de Martha Graham na dança é comparável a Picasso na pintura e Stravinsky na música.

Nos anos 1920-1930 criou um novo e revolucionário estilo de dança. As suas coreografias, técnicas e movimentos estão na base de muitos dos modernos estilos de dança erudita. 


Martha Graham (collage)

Começou a dançar aos 14 anos (idade tardia para uma bailarina), tornou-se bailarina profissional aos 22, e abandonou os palcos com 75 anos, em 1969.

Graham coreografou mais de 180 obras. Os seus movimentos e passos fazem parte do estilo de actuais bailarinas. 
O seu legado é continuado nas técnicas usadas em diversas companhias mundiais de bailado. De destacar Martha Graham Dance Company que tem desenvolvido um trabalho pioneiro na arte da dança 'contemporânea' desde a sua fundação em 1926.






“I have spent all my life with dance and being a dancer. It’s permitting life to use you in a very intense way. Sometimes it is not pleasant. Sometimes it is fearful. But nevertheless it is inevitable.”

Martha Graham




G-S


Fragmentos Culturais

11.05.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

Sunday, May 8, 2011

Sugestões: Cinema intimista





Última Noite, primeiro realização do argumentista Massy Tadjedin é uma história que explora a traição, o ciúme, a dúvida, características de todos os relacionamentos afectivos.

No entanto, a ênfase é dada à dúvida que passa entre as personagens e toca  os espectadores. O campo das possibilidades, das consequências das decisões tomadas ou apenas sentidas leva-nos a ficar, não raras vezes, ao longo do filme, bipartidos entre um e outro elemento desta história a quatro. 


Keira Knightley/ Joanna

Entre a traição física e a traição emocional existem diferenças? Tenho muitas dúvidas... Poderá um desejo consumado ser mais destrutivo do que uma memória emocional profunda que nunca foi consumada?

As personagens do filme não o demonstram, e Massy Tadjedin não julga as suas atitudes. Ao longo do filme, somos levados a observar os momentos mais íntimos do casal Joanna e Michael que não se traduzem apenas por situações palpáveis, e que Tadjedin nos apresenta de uma maneira subtilmente delicada, atenta a todos os pormenores. 

Um filme honesto, simples, com lindos planos que falam mais do que as palavras. A intensidade colocada nos olhares das personagens, são a cumplicidade que se estabelece entre nós. 

Fez-me lembrar um outro filme Closer (2004) embora este muito mais intenso e seriamente bem construído.

A cidade de Nova Iorque filmada à boa maneira de Woody Allen, aparece-nos mais um vez como maravilhosa personagem, alimentando ainda mais o nosso imaginário. 

Fotografia de Peter Deming e banda sonora original de Clint Mansell. Keira Knightley, Guillaume Canet (actor francês) Eva Mendes e Sam Worthington são os actores. Presente no "Tribeca Film Festival 2011".

Ver vídeo directamente no Youtube aqui


Blue Valentine (2010)

Blue Valentine (prefiro sem tradução) filme de Derek Cianfrance é uma história de amor e desamor, uma viagem através da vida de um casal e que culmina com a separação.

Dean e Cindy (Ryan Gosling e Michelle Williams) são um casal que tudo faz na tentativa de salvar o seu casamento. 



Ryan Gosling e Michelle Williams/ Dean e Cindy

Profundamente envolvidos como espectadores, somos levados a percorrer o filme em dois tempos bem dispares. Os primeiros momentos de enlevo amoroso, e depois a agonia sustentada em alegrias ténues e actos de  desesperado envolvimento até ao sufoco total de uma vida possível, a dois. Um roteiro desgastante do que pode levar à destruição do casal.

A ideia de comparação entre presente e passado é contínua. E só bons actores como Gosling e Williams dão uma inefável centelha de qualidade, nas respectivas interpretações. Um filme doce, infinitamente triste.

Banda sonora lindíssima. Gosling escreveu e interpretou alguns temas de sua auotoria.   

Blue Valentine fez parte da selecção oficial de festivais tão prestigiados como Cannes, secção "Un certain regard", Sundance  e Toronto (2010). Teve várias nomeações e prémios. Michelle Williams, mulher do malogrado actor Heath Ledger, foi nomeada para Oscar de Melhor Actriz.




Dois excelentes filmes que tratam o amor nas suas variáveis. Dois filmes honestos, delicados. Para quem gosta de cinema intimista.


G-S

Fragmentos Culturais

08.05.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®