Monday, February 20, 2012

100 Anos a Colorir o Mar




Miguel Costa | Farol Penedo da Saudade
São Pedro de Muel




Miguel Costa | Farol Penedo da Saudade
São Pedro de Muel

Miguel Costa | Farol Penedo da Saudade



"100 Anos a Colorir o Mar", o título já por si é tão sugestivo! 

Adentrar o olhar no mar, ou recolhê-lo na intimidade do farol, serpenteando a divagação do pensamento, deixar a música mesclar-se de marulhar, tudo leva a este momento de imensa serenidade, na tarde doce de primavera anunciada, apesar do frio da manhã!


"100 Anos a Colorir o Mar" from Miguel Costa on Vimeo.


Um vídeo comemorativo não oficial - que importa?! Para mim, já o é! - dos 100 anos de actividade do farol do Penedo da Saudade, em São Pedro de Muel. 

Imagem | Fotografia: Miguel Costa

Música: Zero Project 'Touch of Serenety' do álbum celtic dream


Há imagens que são pura poesia!


G-S

Fragmentos Culturais

20.02.2012
Copyright © 2012-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com® 

Créditos: video Miguel Costa

*Video (unofficial) commemorating '100 years of activity of the Penedo da Saudade Lighthouse' in San Pedro de Moel.


Licença Creative Commons


25 comments:

mfc said...

Há imagens que não precisam de legendas... e este é um exemplo flagrante!
Um exemplo pela beleza, pela verdade e pelo empenho posto nesta linda criação artística

aflores said...

Imagens que nos deixam assim... sem palavras.
Fantástico!

Nilson Barcelli said...

As fotos são excelentes. Não conhecia nada do Miguel Costa.
As tuas palavras realçam a beleza das imagens.
Também gostei do vídeo.
Tem uma boa semana, querida amiga.
Beijo.

. intemporal . said...

.

.

. um espanto . de.tanto .

.

. abraço .

.

.

pinguim said...

Extremamente belo...

vitor cunha said...

Fotos excelentes sobre temas que muito me apaixonam.Quanto ao vídeo do farol é interessante a visita e a possibilidade que me deu de constatar as semelhanças com o nosso farol da Barra ressalvando a maior beleza da implantação daquele, uma vez que o nosso é um farol urbano.

Um beijo

Lilá(s) said...

Hum, que bom! que imagens!
Bjs

Daniel Silva (Lobinho) said...

Olá :)

Gostei particularmente do que escreveste. Poético mesmo que não seja essa a intenção... Do farol, o registo da beleza, sim...

Um beijo. Assim_____________

http://www.youtube.com/watch?v=yYxx6Brhm1E&feature=related

Fragmentos Culturais said...

Aos bons amigos que por aqui vão deixando palavras de atenta amizade! Sensibilizada! Muito!

Já a todos visitei e, em breve, darei resposta aos vossos comentários.
Um prazer do qual não abdico: dialogar!

Continuação de excelente semana!

Um beijo,

heretico said...

"perco-me" por aí à "sombra" do farol.

as imagens são verdadeira legenda, a que as tuas palavras dão realce -inteligente e sensível.

grato pelos comentarios. sempre amáveis...

beijo

miguel.co said...

Agora fiquei até emocionado com a "apresentação" do meu pequeno trabalho videográfico.
A beleza e a verdadeira alma da arte está (também) nos olhos de quem a vê e aprecia.
O seu dom da palavra é divinal e desconcertante. São comentários assim que valorizam, neste caso, o meu trabalho e que me dão ânimo para continuar a partilhar a minha paixão... a Natureza através da minha fotografia e vídeo.
Um grande bem haja.

BRANCAMAR said...

Belíssimas todas as imagens e o vídeo.

As fotografias parecem pinturas de tão belas.

Fiquei com vontade de rever S. Pedro de Moel.

Toda a semana visitei estas imagens, sempre com vontade de as comentar, desculpa-me porque só agora pude demonstrar essa vontade.

Obrigada pela partilha destes momentos e parabéns ao autor.

Beijinhos
Branca

Fragmentos Culturais said...

Não sei o que acrescentar, 'mfc'...está lá tudo!

Fragmentos Culturais said...

É mesmo, 'aflores'

Tudo de bom!

Fragmentos Culturais said...

Conheci o trabalho de Miguel Costa na semana em que publiquei este post!

Muito obrigada Nilson pelas palavras amistosas! Escrevi um pouco do que senti!

E para ti, votos de um lindo fim-de-semana!

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Sim, um espanto... belíssimo!

Abraço, Paulo!

Fragmentos Culturais said...

Extremamente belo o olhar de quem captou as imagens, João!

Fragmentos Culturais said...

Mas que bom que possas fruir dos temas que te prendem, Vítor!

Deve ser linda a visita a este farol... depois do que pudemos admirar no vídeo!

Comparar é-me impossível, dado não conhecer nenhum dos faróis! Mas já apontaste uma grande diferença!

'Penedo da Saudade' de São Pedro de Moel, se algum dia por lá passar, quero visitar!

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Imagens lindas, sim, 'Lilá(s)!

Beijo,

Fragmentos Culturais said...

Olá, Daniel,

Sensibilizada pelo carinho da tua apreciação sobre o que escrevi!

Inspiração do momento... perante a beleza!

Gostei do beijo __________________
Retribuo :)

(já falámos do vídeo cujo link deixaste em gesto de carinho.)

Fragmentos Culturais said...

'perco-me" por aí à "sombra" do farol.' - natural, 'Herético'. A beleza deixa-nos presos...

Agradeço a amizade do apreço das minhas palavras! Simples!

Não tens que estar grato! Comentários sinceros... sempre que não falas de política ;)

Amáveis? Não! Amistosos!

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Miguel,

Nunca pensei receber a sua visita! É um prazer!

As emoções nascem perante as várias manifestações de qualquer arte!

E a sua, sim, é linda!
Um olhar sensível por onde escoa toda a beleza do lugar que nos deu privilégio de descobrir!

É verdade que a arte se torna bela, também, pelo olhar de quem a 'vê', mas nela, já tem que estar intrínseca a estética. A estética despoleta então em nós essa 'sagração'!

Devo dizer-lhe que número de 'admiradores' deste post ultrapassa todas as expectativas, mesmo que não tenha sido muito comentado.

Limitei-me a 'respirar' as imagens com a alma!

Por favor, continue a partilhar a sua paixão porque o faz lindamente!

Não deixe de me alertar, sempre que tenha um novo trabalho!

Até breve!?

Fragmentos Culturais said...

Sem dúvida, Branca! Lindas!

Espero que possa voltar a S. Pedro de Moel e vá até ao farol!

Tenho por convicção que só 'devemos' comentar aquilo que sentimos!

É o autor, Miguel Costa que está de parabéns|

Um beijo

BRANCAMAR said...

E é verdade que as senti muito, só comentei mais tarde porque mudanças constantes na minha vida no último ano e uma mudança recente de horário me trazem por vezes muito tarde aqui e quando aprecio o belo nem sempre tenho logo palavras ou disponibilidade de espírito para escrever. Às vezes lamento não ter mais tempo para os espaços de que gosto, mas há fases na vida em que o tempo e a saúde nos limitam um pouco.

Até breve, sempre.

Um beijo.
Branca

Fragmentos Culturais said...

Olá Branca,

Só agora descobri que voltaste a este post!

Acredito! A vida, por vezes, rouba-nos o(s) espaço(s) onde melhor nos sentimos. Não pus, de modo algum em causa as palavras deixadas no teu primeiro comentário.

Falaste em saúde... faço votos sinceros que te sintas bem! E que tudo não tenha passado de um momento.
As mudanças horárias também mexem um pouco com nosso sistema. Mas, tudo vai a seu lugar, não é mesmo?

E depois, como já li um comentário teu posterior a este, fico mais tranquila.

Até breve!
Um beijo