Sunday, June 18, 2017

Silêncios







Incêndios florestais centro Portugal
créditos: Rui Oliveira/ EPA




créditos: Rui Oliveira/ Global Images


"A tragédia de Pedrógão Grande é avassaladora. Humilha-nos com imensidão. A dor cala-nos. (...) É a altura de ouvir, de querer ajudar, de respeitar quem morreu, quem luta pela vida, quem está a sofrer.

O luto é nacional por ser sentido por todos mas, como todos os lutos, só quem sabe quem perdeu é que o pode compreender. É a altura de ouvirmos quem precisa, de ouvirmos quem não consegue falar, de ouvirmos a angústia de quem só é capaz de chorar." (...)

Miguel Esteves Cardoso, Os Lutos 

in Público, 18.06.2017 


G-S

Fragmentos de Luto

18.06.2017
Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®



Tuesday, June 13, 2017

Fernando Pessoa : Não sei quantas almas tenho





Fernado Pessoa
créditos: ©2008-2017 nuvem
Digital Art / Photomanipulation / People

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu.

Fernando Pessoa, Não sei quantas almas tenho, 24.08.1930

in Poesia 1918-1930 , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2005/ Banco de Poesia, Casa Fernando Pessoa

G-S

Fragmentos Culturais

13.06.2017
Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Tuesday, May 30, 2017

Beatlemania ? Siga os Bealtes no Voyager Google Earth !








Beatlemania
Google Earth Voyager

"It was 50 years ago today...well, almost! The Beatles' classic and beloved album 'Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band' was released in June 1967. Follow the Fab Four around the globe, from their beginnings in Liverpool and Hamburg, to spiritual awakenings in India."

Beatlemania, Voyager, Google Earth

É fã dos Beatles? Pois então siga o percurso dos Fab Four pelo mundo no Google Earth. 

Para assinalar os 50 anos do álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band lançado em 26 Maio 1967 (Reino Unido), 2 Junho 1967 (Estados Unidos), Google leva-nos a seguir o percurso dos Beatles pelo mundo, no Voyager (versão actualizada Gogle Earth).







Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band

Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band foi lançado em 26 Maio 1967 (Reino Unido), 2 Junho 1967 (Estados Unidos).







The Beatles, Ringo Starr, George Harrison, John Lennon & Paul McCartney a promver “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” em 1967 Credit
credits: John Pratt/Keystone, via Getty Images
Desde Carven  Club, em Liverpool onde os Bealtes começaram a tocar, seguindo por Penny Lane St que inspirou tema Penny Lane dos Beatles, lançado em 1967 em single duplo com "Strawberry Fields Forever".






Penny Lane St

Seguimos para Hamburgo (Alemanha) Indra Club, um pequeno clube onde os Beatles tocaram mais de 48 noites em 1960 durante a sua primeira visita a esta cidade.






Indra Club, discoteca
Hamburgo, Alemanha


Damos um salto até aos Estados Unidos. Aí, os Beatles apareceram pela primeira vez no Ed Sullivan Show em 9 de Fevereiro de 1964 e que atraiu mais de 70 milhões de telespectadores.





Ed Sullivan Show
Los Angeles, California


Nesse mesmo ano, 1964, a banda tocou no Hollywood Bowl, Los Angeles California duas vezes,. Em Agosto de 1964 e no mesmo mês do ano seguinte, em 1965. 

Os shows foram registados integralmente com os gritos da audiência jovem.

Em Fevereiro 1968, Os Beatles chegaram à Índia e passaram algum tempo num retiro espiritual no Maharishi Mahesh Yogi's AshramHimalaia. Aí aprenderam meditação e escreveram música.






Maharishi Mahesh Yogi's Ashram

Ashram in Rishikesh, India


Poderá vir desta passagem, o encontro de George Harrison (o mais espiritual do Beatles) com Ravi Shankar que se tornou seu guru.

Talvez não saiba que a cantora Norah Jones (jazz, soul, country) é filha de Shankar, bem como Anoushka Shankar (compositora e concertista de cítara).

Regressando à nossa experiência no Google Earth Voyager, os Beatles chegaram a Abbey Road Studios, em 20 de Agosto de 1969, para gravar música pela última vez como banda.





John Lennon & Yoko Ono
Bed-In for Peace

Continuamos até ao Hilton Amsterdam Hotel onde John Lennon e Yoko Ono realizaram seu Bed-In for Peace durante sua lua-de-mel em 25 de Março de 1969.





Strawberry Fields
Tourist attraction in New York City

Finalmente chegamos a Strawberry Fields, o monumento no Central Park que é uma homenagem a John Lennon. Está perto de Dakota Apartments, a casa que o músico comaprtilhou com Yoko Ono.




Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band
edição aniversário, 2017

experiência está disponível para todos os fãs e não fãs dos Fab Four como foram 'classificados'. O álbum, agora com reedição dos 50 anos anos, bem como o percurso dos músicos, ficaram para a história da música do século XX e fazem parte do imaginário das várias gerações.





O álbum contém pérolas da música dos Beatlescomo Lucy in the sky with diamonds ou With a little help from my friends.

Foi um pretexto fabuloso (parafraseando Fab Four), para a plataforma Voyager, suportada no Google Earth, contar a história das viagens e momentos marcantes da carreira musical dos Beatles, desde o Cavern Club em Liverpool ao Central Park em Nova York, sem esquecer o memorial a John Lennon.
Tudo bem documentado com imagens e com a interactividade a que a plataforma Voyager já nos habituou.

Não fique por aqui. Vá mesmo ao Voyager e delicie-se com a viagem interactiva seguindo os Beatles.

Disponível em computador, telemóvel e tablet.
«We simply can’t hear “Sgt. Pepper” now the way it affected listeners on arrival in 1967. Its innovations and quirks have been too widely emulated, its oddities long since absorbed.»

John Pareles, in NYT/ Music


G-S

Fragmentos Culturais

30.05.2017
Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

créditos: video: Helio Villela

imagens: Google Earth Voyager

Tuesday, May 23, 2017

Silêncios









"Estar de bem com a matemática é estar de bem com a vida. Respirar x vezes por hora é fundamental. Existe paz no rosto esculpido de Pitágoras. E a paz não se troca por nada porque inclui tudo o que é necessário."

José Luís Peixoto, Abraço


G-S

23.05.2017
Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®


Sunday, May 7, 2017

Palavras para minha mãe






Maternidade, 1935
José de Almada Negreiros
Obra em exposição
https://gulbenkian.pt/museu/


Palavras para minha mãe

mãe, tenho pena. esperei sempre que entendesses 
as palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz. 
sei hoje que apenas esperei, mãe, e esperar não é suficiente. 

pelas palavras que nunca disse, pelos gestos que me pediste 
tanto e eu nunca fui capaz de fazer, quero pedir-te 
desculpa, mãe, e sei que pedir desculpa não é suficiente. 

às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo, 
a fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia 
mais bonita que tenho, gosto de quando estás feliz. 

lê isto: mãe, amo-te. 

eu sei e tu sabes que poderei sempre fingir que não 
escrevi estas palavras, sim, mãe, hei-de fingir que 
não escrevi estas palavras, e tu hás-de fingir que não 
as leste, somos assim, mãe, mas eu sei e tu sabes.


José Luís Peixoto,

in A Casa, a Escuridão, Temas e Debates, 2002


G-Souto

Fragmentos Culturais

07.05.2017

Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®1.2017 


Saturday, April 15, 2017

Páscoa, presença universal








Aflição, gestos de amor, olhar de perdão! O silêncio. Páscoa.


Essência dos ausentes. Tempo. Presenças universais. Afundam no céu. 
Paz. Eternidade.


"Não és o corpo, não és os sentimentos e não és os pensamentos.
És a consciência silenciosa que observa tudo isso." 

(pensamento)



G-S


Fragmentos Culturais


15.04.2017


Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®1.2017 


Saturday, April 1, 2017

Crónica de um cartaz : 70ª edição Festival de Cannes 2017






Cartaz Festival de Cannes 2017 
Claudia Cardinale

"Joyeuse, libre et audacieuse : à l’image de Claudia Cardinale dansant sur son affiche officielle, la 70e édition du Festival de Cannes (17-28 mai) se place sous le signe – rouge ardent et or étincelant – de la célébration."

Festival de Cannes 2017

Ousaram. Depois de ter anunciado o nome do Presidente de Júri da edição 2017, Pedro Almodóvar, e a apresentadora da cerimónia /Maîtresse des Cérémonies Monica Bellucci, o Festival de Cannes tornou público o cartaz oficial dedicado a Claudia Cardinale.

A organização da 70º edição do Festival de Cannes está a ser acusada de retocar uma imagem de arquivo da actriz Claudia Cardinale, que aparece no cartaz. Fala-se de Photoshop pelo facto de a actriz italiana surgir aparentemente mais magra. A celeuma está instalada nos media e nas redes sociais. Twitter, como sempre, está ao rubro.





Cartaz Festival de Cannes 2009
créditos: L'Avventura - M. Antonioni. Société cinématographique Lyre
 Cino del Duca ©AFFIF

Desde 2009, a organização tem optado pela nostalgia celebrando um actor ou uma actriz que faça parte do arquivo do Festival. Embora considere que essa nostalgia desapareceu no cartaz do Festival de Cannes 2010 com Juliette Binoch, reapareceu a partir de 2011 com a bela Faye Dunway.





Cartaz Festival de Cannes 2011
créditos foto: Jerry Schatzberg, 1970
cartaz: Agence H5

E seguiram-se outros belíssimos. Cartazes com Marylin Monroe (2012), o casal de actores Joanne Woodward/ Paul Newman (2013), considerado um dos mais belos até agora.




Cartaz Festival de Cannes 2013
créditos: © Bronx (Paris) © 1963 
Paramount Pictures Corporation

"L’affiche donne une image lumineuse et tendre du couple moderne, enlacé en une figure d’équilibre parfait dans ce qui évoque le tourbillon de l’amour. La vision de ces deux amoureux pris de vertige et perdant tout repère appelle à vivre le cinéma comme un désir sans fin."

Festival de Cannes 2013


Cartaz Festival de Cannes 2015
© FDC / Lagency / Taste (Paris) / Ingrid Bergman 
© David Seymour / Estate of David

Marcello Mastroiani (2014), em destaque neste blog. Ingrid Bergman (2015).





Cartaz Festival de Cannes 2016
elaborado a partir de fotogramas do film 
Le Mépris de Jean-Luc Godard

"Tout est là. Les marches, la mer, l’horizon : l’ascension d’un homme vers son rêve, dans la chaleur d’une lumière méditerranéenne qui se change en or. Une vision qui rappelle cette citation qui ouvre Le Mépris : « Le cinéma substitue à notre regard un monde qui s’accorde à nos désirs."

Festival de Cannes 2016

Mas voltemos ao cartaz do festival de 2017:

Uma foto célebre de Claudia Cardinale, dançando no terraço de um telhado de Roma, em 1959, que ninguém o autor, nem mesmo a actriz. Pensa-se, segundo o serviço fotografia do jornal francês Libération, que o autor terá morrido em 2007.




Claudia Cardinale
foto original autor desconhecido
créditos: @IMtheRookie

O problema, pelos vistos não está no autor, mas na manipulação do fotografia, o que tem irritado muitos. E podemos então comparar a foto original com a do cartaz. Alguma diferença, não?

"Sur le cliché originel, elle était âgée d'à peine de 21 ans. Et représentait alors un modèle de grâce. Elle était purement sublime. Mais apparemment pas assez grande, pas assez déliée, pas assez élancée pour figurer telle qu’elle était vraiment."

Nadia Daam, in Slate.fr


"Claudia Cardinale n’était-elle pas assez « parfaite » pour figurer telle quelle à l’affiche du Festival de Cannes ? Apparemment non..."

Clément Martel / Violaine Morin, in Le Monde 






Claudia Cardinale
crédits: © AFP/ Philippe Merle

A celeuma atingiu tal dimensão que a actriz Claudia Cardinale (instada pela organização do Festival de Cannes 2017?) publicou esta tarde, uma nota no site oficial do festival:


"Je tiens à répondre à la fausse polémique dont j'ai eu les échos concernant l'affiche du festival et les remarques de certains quant aux retouches de l'image.


Je n'ai pas de commentaires à faire sur le travail artistique effectué sur cette image. Il s'agit d'une affiche, qui au-delà de me représenter, représente une danse, un envol.

Cette image a été retouchée pour accentuer cet effet de légèreté et me transpose dans un personnage rêvé; c'est une sublimation. Le souci de réalisme n'a pas lieu d'être ici, et, féministe convaincue, je n'y vois aucune atteinte au corps de la femme. Il y a en ce moment bien des choses plus importantes à discuter dans notre monde. Ce n'est que du cinéma, ne l'oublions pas."

Claudia Cardinale, A propos de l'affiche 2017

G-S

01.04.2017
Actulizado final de dia
Copyright © 2017-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®1.2017