Friday, February 5, 2010

Ano Chopin 2010





Chopin | Bicentenário 
Fotografia © DR

"On peut aimer les Polonais pour cette seule chose: ils ont eu Chopin!"

Léon Tolstoï


Celebra-se em 2010, o 200º aniversário do nascimento de Fryderyk Chopin. Os eventos multiplicam-se um pouco por todo o mundo. Esperam-se assim excelentes concertos e belos espectáculos.



...il faudrait plutôt parler de l’âme polonaise que Chopin a su sauvegarder avec une beauté extraordinaire dans sa musique – comme ont su le faire en littérature Norwid ou encore Mickiewicz. Je pense ici en particulier à une grande signification artistique, historique, intellectuelle... Chopin, non seulement par son oeuvre mais aussi par le fait d’avoir été une personnalité extraordinaire de la plus belle sans doute des époques des belles-lettres, celle du romantisme, est devenu une valeur qui jouit d’un rayonnement exceptionnel.

Waldemar Dąbrowski


Président du Comité des Célébrations CHOPIN 2010

Fryderyk Chopin nasceu a 1 de Março de 1810 na aldeia polaca de Zelazowa Wola, na região de Varsóvia. No entanto, não há a certeza absoluta. Há quem aponte que teria nascido a 22 de Fevereiro.

"Nous n’avons plus aucune possibilité de trancher si Chopin est né le 22 février ou le 1er mars, cela n’a plus d’importance, d’ailleurs un génie a bien le droit de mettre une semaine pour venir au monde..."

Waldemar Dabrowski

Foi considerado um menino prodígio enquanto viveu no seu país. Aos 20 anos, por questões pessoais e políticas, partiu para França (país natal do seu pai) e em Paris fez carreira brilhante como intérprete, professor e compositor, tendo acabado por adoptar a versão francesa do seu nome, Frédéric-François Chopin.

Morreu aos 39 anos, solitariamente, vítima de uma fibrose quística, embora durante muitos anos se tivesse considerado que morrera de tuberculose.



Frédéric Chopin 
retrato Eugène Delacroix, 1838

"Si je voulais montrer à quelqu’un ce qu’est la Pologne, je lui jouerais les mazurkas de Chopin."

Boris Pokrowski

Duzentos anos passados sobre a sua morte, constata-se que os polacos conhecem mal o compositor e a sua obra, segundo resultados de um grupo de investigadores da Universidade de Wroclaw. Pelo que, o presidente do comité para as celebrações afirmou em entrevista que se fará deste evento cultural, um dever de educação cultural nacional:

"Aujourd’hui, nous allons fêter le 200e anniversaire de la naissance de l’homme qui peut servir de modèle de patriote, de l’artiste profondément dévoué à son pays et à sa culture, et dont la plus grande tragédie était d’être à jamais séparé de sa patrie."





Rui Vieira Nery afirmou que Chopin "é um compositor importante na história da música, inovou e fez avançar a música erudita no plano mais complexo e, ao mesmo tempo, produziu uma música eminentemente sedutora, que continua a ter esse impacto, nomeadamente os nocturnos e as valsas"

DN Artes

A adjectivação de 'música sedutora' é interessante, mas Chopin é bem mais profundo. 

Assim o confirmam Alfred Cortot, um dos principais estudiosos e intérpretes de Chopin e tantos outros pianistas de renome que se especializaram na interpretação da sua obra: Martha Argerich, Mario Pollini, Vladimir Horowitz ou Maria João Pires.

As sonatas, as baladas, os estudos, estão entre as obras para piano mais requisitadas! E são literatura obrigatória em exames superiores ou em concursos de Piano pelo seu grau de dificuldade e exigência.




A sua música enfatiza a nuance, a profundidade, uma espécie de rêverie intime como afirmava Cortot.

Chopin inventou ainda novos géneros na literatura para piano, como é o caso das baladas. E introduziu inovações muito significativas em géneros já existentes, nas sonatas, estudos, prelúdios, improvisos e outros. 

A sua música combina um sentido rítmico, saliente-se o rubato, e o uso frequente do cromatismo e do contraponto.



Mas Chopin foi também pintor, escritor, figura admirada nos salões culturais parisienses do séc. XIX. 

"Son influence sur toute la culture à partir de la moitié du XIXe siècle peut être considérée comme un phénomène : sur la musique mais aussi la littérature, les arts plastiques, les arts élitiques et populaires."

Waldemar Dabrowski



Georges Sand, 
retrato de Eugène Delacroix, 1838
(parte do esboço)

Teve uma ligação amorosa e muito atribulada com a escritora Georges Sand, pseudónimo de Aurore Dupin, uma das figuras intelectuais femininas mais importantes da época que escrevia sob psudónimo masculino, tão comum na época pela péssima aceitação que a literatura feita por mulheres tinha na época e que já vinha de tempos imemoriais.

"Não permitais que considerem 'fantasma' os dois grandes pólos do homem, a verdade e a felicidade, quando sonhamos sonhos de felicidade, é certo já a termos conquistado."

Georges Sand, Diário Íntimo

Antígona, Novembro 2004, pág. 153


Ao longo de 2010, prevêem-se mais de 2000 iniciativas por todo o mundo, 1200 das quais na Polónia.

"Nous prévoyons trois points culminants de l’Année Chopin qui seront justement des événements musicaux: tout d’abord, la semaine de l’anniversaire, une série de concerts avec la participation de sommités parmi les pianistes de renommée internationale, dont Martha Argerich, Murray Perahia, Garrick Ohlsson.

Le deuxième point culminant, sera le festival Chopin et son Europe, considéré parmi les événements musicaux les plus importants non seulement en Pologne. En 2010, il s’étalera sur tout le mois d’août et nous espérons réussir à réaliser dans d’autres capitales européennes, une partie des concerts prévus dans le cadre de ce festival.

Et enfin, le Concours Chopin anniversaire, avec un jury phénoménal, et illustré également par les prestations d’éminents pianistes." 



Partitura Chopin

De entre as iniciativas comemorativas mundiais, incluem-se concertos, recitais de música clássica, jazz, blues, rock, além de bailado, exposições, espectáculos de teatro, filmes e desenhos animados.

Impossível destacar um evento, tal a riqueza prevista no sítio web oficial Ano Chopin

Mas gostaria de destacar, por questões de gosto pessoal, a programação da Salle Pleyel

A nível nacional, posso destacar o recital de Maurízio Pollini na Fundação Calouste Gulbenkian, em 20 de Fevereiro.
  
O CCB apresenta uma programação bastante alargada. O "Ano Chopin" abre a 8 de Março, com a orquestra polaca Sinfonia Iuventus, sob a direcção de Tadeusz Wojciechowski, sendo solista o pianista Radoslaw Sobczak, segundo fonte da instituição. 

Em Junho, o "Festival Chopin" da Orquestra Metropolitana de Lisboa vai incluir uma série de concertos com dois solistas reconhecidos: António Rosado e Mário Laginha.

(27.12.09)

A Casa da Música, no Porto, não tem qualquer programa específico de celebrações, disse à Lusa uma porta-voz da instituição.

"Na Casa da Música, todos os anos são anos Chopin", sublinhou a responsável, referindo que no próximo ano são vários os pianistas que incluirão peças do compositor polaco nos seus recitais.




Robert Schumann
litografia de Josef Kriehuber (1839)

http://en.wikipedia.org/

O Ano Chopin vai coincidir com o Ano Schumann, um dos grandes amigos de Chopin

Foi Schumann o primeiro a reconhecer o génio de Chopin.

"Messieurs, chapeaux bas, voici un génie!"

Para Wlademar Dabrowsky esta coincidência pode ser positiva para os países de origem, Polónia e Alemanha, se em lugar de se sublinhar a rivalidade, se priorizar a amizade entre os dois compositores, o que poderá levar à realização de projectos em comum bastante interessantes.

"How hard it is to 'fully' grasp the cosmos of this music! The entire Poland is here: her national drama,her everyday life, her feelings, the cult of beauty in a human being and the humanity, the noble and proud character of the country, her ponderings and songs."
 


Sem pôr em causa, nenhum dos celebrizados intérpretes de Chopin, é Martha Argerich quem abre a janela de meu sentir, com aquele seu jeito arrebatador, sublime, numa sensibilidade que me comove, distanciando-se assim de qualquer outro intérprete deste compositor.

Divina a sua 'leitura' intimista do poeta da música para piano. Eterna intérprete/voz de Chopin.


"No one who loves music can be indifferent towards Chopin. (…) His music contains unfeigned feelings, a dream of the future, and crystal-clear, fervid, exciting ideas."

Dmitri Shostakovich


G-S

Fragmentos Culturais

05.02.2010
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

18 comments:

Brancamar said...

Saio enriquecida deste teu trabalho, tão completo e tão cuidadosamente elaborado.
Espero que para ti os dias se estejam a amenizar e por isso mesmo te agradeço este esforço de estar aqui presente a louvar a arte, neste caso a arte musical de dois grandes compositores.
Deixo-te beijinhos.
Fica bem.
Branca

Gonçalo said...

Fragmentos Culturais, para quando um convite para um espectáculo cultural comigo?

Sugestão lançada!

:)

Um beijinho grande e bom fim-de-semana :)

. intemporal . said...

.

. Fryderyk Chopin .

. sempre e para sempre o pano, o palco, a frente de tantas as iniciativas .

. que se reproduzam então .

. um beijo meu,,, .

. um bom fim de semana .

. sempre e para sempre,,, .

.

. paulo .

.

Lilá(s) said...

Depois de ler este post tão completo saio enriquecida, parabéns belo trabalho!
Bjs

Fragmentos Culturais said...

Chopin é quem mais me tem ouvido neste último mês... a sua música tem amenizado meus dias, num silêncio d'alma profundo.

A arte tem sido meu refúgio! Nela me enredo no tempo que passa.

Schumann e Chopin! Dois grandes compositores ! Enriqueceram a música para piano de um jeito diferente! Como poesia!

Com gratidão, deixo meu sentir fraterno pelas palavras deixadas! Muito sensibilizada!

Um beijo, doce domingo para ti Branca!

Daniel Silva (Lobinho) said...

O filme está belíssimo (o primeiro). Os outros são mais para apenas ouvir.

Um enorme beijinho

Fragmentos Culturais said...

O teu 'convite-sugestão' apanhou-me de surpresa, Gonçalo!
Pois, não sei...

Sensibilizada pela vontade de partilhar 'fragmentos' de cultura! Comigo!?
Anotei!

Um beijo amistoso retribuído, num
domingo de bom descanso!

Fragmentos Culturais said...

Fryderyk Chopin é sem dúvida o meu poeta compositor no que concerne a música de piano! Desde sempre!

As baladas, alguns nocturnos e os dois concertos para piano e orquestra são as minhas obras de eleição.

A intérprete, já a conheces! Martha Argerich! Uma escolha de sentires que se tocam...

Este seria sem dúvida o ano para visitar a Polónia, se tal me fosse possível!

Sensibilizada, muito, pelo apoio carinhoso ao longo dos dias...

... por que razão sinto que teu nome não é 'Paulo'?! Apenas o 'ortónimo'. Não sei...

'Para sempre Paulo', um beijo carinhoso, para Paulo, sempre!

Um doce domingo,

Gonçalo said...

Ainda bem que anotaste. Por alguma razão também tenho uma agenda, ou melhor, duas! Uma fixa e outra móvel! Sensibilizado fiquei eu pela tua reacção, sinto-me bem!

:)

Vou ficar atento e em contacto contigo :)

Um beijo fofo e um Domingo feliz :)

Fragmentos Culturais said...

... porque a arte me 'acompanhou' mais intensamente, nestes dias de tristeza.

... e porque Chopin me ouviu em gritos mudos, o post estendeu-se como que em jeito de desabafo...

Sempre tão sensibilizada pelo tua presença e palavras amistosas, 'lilá(s)'

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... concordo contigo, 'Lobinho'! O filme realizado para comemorar Chopin e a sua amada Polónia é belíssimo!
Poderás visioná-lo na sítio web 'Chopin 2010'... não resisti a inclui-lo no 'post'!

Quanto aos outros dois vídeos, são para ouvir sim, mas também se sente mais intensamente ao ver os intérpretes!

O primeiro, quis com ele ilustrar um dos maiores estudiosos de Chopin, Alfred Cortot. Cortot que teve como professor um aluno de Chopin!

O último, porque não resisto a ver Martha Argerich com aquele seu jeito de se impor por inteiro a uma orquestra e a um maestro! Intensa!
Já que não tive o privilégio de a ouvir tocar ao vivo :(

Sei que se retirou e faz agora música de câmara com um número restrito de músicos amigos

Fiquei muito sensibilizada com tua presença e carinho!
Um beijo,

Avelaneira Florida said...

VIVA!!!! VIVA!!!!! VIVA!!!!! Fragmentos de volta!!!!!!!!!!!!!!!

e com CHOPIN!!!!!!!

adoro Chopin!!!! e com todos estes "fragmentos" pormenorizados tão bem aqui...vou ter de arranjar tempo para os visitar cuidadosamente!!!!!!!!
Mas fico muito, muito feliz, por te ver de volta, aqui. Já que nos nossos corações de amigos estás sempre!!!
Força!!!!!
Bj.

Fragmentos Culturais said...

Não sei como agradecer teu atento carinho ao longos destes últimos tempos, 'Avelaneira'!
Só posso mesmo estar profundamente grata por toda a amizade, demonstrada virtualmente, mas que foi sentida como se nos conhecêssemos e estivéssemos frente a frente.

A tua mensagem, deixada no anterior post 'Bright star' deixou minh'alma tão sensibilizada, logo naqueles momentos!

Um beijo muito fraterno!
Doce semana!

... sim! Volta para ler 'Chopin'! Saiu muito extenso, mas senti-o como um desabafo! Chopin ouviu-me tanto!Os tempos têm sido de tristeza...

Bjursell said...

I wrote this as a comment on my blog, after your comment on what I had written concerning Chopin:

Sonate No 2 ('Marche Funèbre') is a piece of music he wrote when staying in Nohant with George Sand.

Thank you for your commentary!

I do agree with you that he was a magnificent composer. Started early, like Mozart and was of course compared to him.

When in his teens he had composed some fifty œuvres, most of them gone today.

Hope you will be able to visit Poland. In Stockholm (Sweden) the Polish cultural institute, celebrates the bicentennial with concerts and other arrangements.

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada, Gonçalo pela tua 're'visita a 'fragmentos'!!

A música continua a ser o meu canto mais intimista, preze embora o tempo que guardo para os livros, 'em papel'!
Que 'kindles' para literatura, nem pensar!
Só se for para livros técnicos ou de investigação! Mas duvido do sucesso em Portugal...

Para ti uma linda semana!

Um beijo amistoso,

Fragmentos Culturais said...

Thank you very much,'Bjursell', for your visit to 'fragments'! And for let me know your answer to my commentary about Chopin.

I knew about the time he wrote "Marche Funèbre" but I was saying he choosed Mozart's

Yes, indeed! Chopin is a magnificent composer. The best, to me, concerning piano music!

I read that he asked for burning some 'minor oeuvres' (his words) after his death, because he wanted to be remembered as a great composer!

Oh! I would like to be able to visit Poland, but I don't know if I can...

Thank you very much for the informations about the celebrations in Stockholm.
I will visit on internet the 'Polish cultural institute' if it's available!

Hoping to see you again here!
Greetings

bruno said...

olha amei esse último post demais foi intensa minha leitura!!!brigado!
. Em setembro em comemoração dos duzentos anos de chopin vai ter uma especie de encontro organizado plea sociedade de chopin onde alguns alunos da escola municipal de musica vao tocar peças de chopin e sobre um livro que foi lançado rescentemente tambem sobre chopin preciso me atualizar mas adianto que eu tocarei uma polonaise e uma mazurka dentro outros que tocarao outras peças !!!

Fragmentos Culturais said...

Olá Bruno,

Só hoje, ao repor algumas fotos que faltavam, pude ler o teu comentário.

Que bom! Fico feliz que tenhas gostado! Este post foi redigido com alma, porque Chopin e outras figuras aqui presentes falam ao meu imaginário poético.

Não me especificaste onde iriam ter lugar as celebrações 'Chopin' nesse Setembro de 2010. Nem tão pouco a que escola municipal te referias... que pena :(

Faço votos que tenhas ficado satisfeito com a tua interpretação da mazurka e da polonaise!
Se gostas de piano, e do compositor, estou certa que sim!

Saudações musicais
(lamento só hoje poder responder-te... mas espero que compreendas)