Friday, November 25, 2011

Dia Internacional da Eliminação da Violência contra as Mulheres e Crianças





Fabuleus | Bailado



“Em 2010 31.679* mulheres caíram e bateram com a cara no lavatório em
 3 locais diferentes.”

“Em 2010 31.679* mulheres tropeçaram e bateram em cheio na maçaneta
 da porta.”



Fabuleus | Bailado


Este ano a campanha aborda também a violência doméstica contra as crianças.


“Em 2010 3.701 crianças caíram das escadas várias vezes seguidas.”


Não importa a idade,
                    classe social.
  Mulheres, tomadas pelo medo,
têm a alma amargurada,

                       a carne rasgada.

Nos olhares castigados,
não há lágrimas nem sorrisos.
Só um silencioso pedido de socorro
                  entre sonhos adormecidos.

Andréa Motta, Estigma, 2004


G-S

Fragmentos

25.11.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons



14 comments:

pinguim said...

Uma terrível chaga social.

Susaninha said...

São situações que arrepiam a alma...
E continuo a nºao entender como é possivel...


UM NÃO À VIOLÊNCIA...

mfc said...

É preciso um contínuo alerta.
A violência é permanente.
As campanhas sempre necessárias.

Um abraço enorme.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Querida F.C.:

Porque há tanta gente a sofrer? Porque há tantos gritos mudos?
Veio-me à memória a
"Balada da Neve", de Augusto Gil:

"Que quem já é pecador
sofra tormentos, enfim!
Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dor?!...
Porque padecem assim?!..."

E, tal como Augusto Gil, sinto a neve a cair no meu coração.

Um abraço grande.

mfc said...

... rouba a imagem quando quiseres!
Dás-me muito gosto com isso.

São said...

Importante e indispensável esta denúncia e, ainda mais, a luta contra qualquer tipo de violência.

Boa semana.

Isamar said...

Não tenhamos medo de denunciar estes casos sempre que os conheçamos.

Bem-hajas!

Beijinhos

Fragmentos Culturais said...

Uma 'terrível chaga social' que se repete todos os anos, sem tendência para diminuir, João :(

Fragmentos Culturais said...

Arrepiam a alma, por isso há que fazer muito mais, Su!

Um «Não» imenso à violência doméstica!

Fragmentos Culturais said...

Sem dúvida, as campanhas são urgentes! Mas incisivas!


Um abraço afectuoso,'mfc'

Fragmentos Culturais said...

Querida Isabel,

Sensibilizada pelo poema de Augusto Gil aqui deixado! Muito bom relembrar os nossos poetas e fazê-los porta-voz de causas nobres.

A sua solidariedade imprescindível! Uma causa urgente!

Um grande abraço,

Fragmentos Culturais said...

... obrigada,'mfc', assim farei... e 'roubo-as' com carinho! Sabes bem...

Mas, não tenho andado com vontade de escrever...

Beijo

Fragmentos Culturais said...

Muito importante a denúncia e a luta contra qualquer tipo de violência, sim São!

Continuação de boa semana,

Fragmentos Culturais said...

Pois, esse é muitas vezes os mal, querida 'Isamar'! Meios pequenos, indiferença, receio...

Espero que estejas bem!

Beijinho