Tuesday, June 8, 2010

Mar em dia de chuva









Oceano Atlântico, Porto | Filipe Navarro



Celebra-se hoje o 'Dia Mundial dos Oceanos'! Ser-me-ia impossível não falar do mar! Esse outro lado de meu ser!


Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.[...]

Sophia Mello Breyner, Mar


Meu lado encantatório tem destes desvarios imagéticos. Fujo, fujo do tempo pluvioso que me agride e percorre, e vou em frente ao mar.


Lá, mais além, na evidência da procura e reencontro de minh'alma, vejo-me em paisagens e fragrâncias que perfumam meu rosto de brisas feitas de puro interior.


Serpenteio meu olhar pela imensidão desse mar, voo por entre cumes cintilantes de montanhas feitas de espuma, percorro cadências e sons elaborados pelo espraiar entristecido das ondas. Ressonância imersa de interioridade.

Sentada em frente ao mar de cinza hoje vestido, deixo a vida poisar em meu humilde corpo e divago, qual peregrina!

Regresso! Um último olhar nostálgico sobre o plúmbeo horizonte. Fecho o portão do meu pensamento prateado no sagrado lugar - o mar! 


(ensaio literário original)


O mar ergue o seu radioso sorrir de estátua arcaica
Toda a luz se azula.
Reconhecemos nossa inata alegria:
A evidência do lugar sagrado.

Sophia Mello Breyner, Mar-Poesia, Promontório, p. 70
Caminho, Lisboa, 3ª edição, 2001


G-S

Fragmentos Culturais

08.06.2010
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons



12 comments:

Avelaneira Florida said...

Fragmentos,


MAR, MAR SEMPRE!!!!! com chuva, sol, vento,dia, noite...

e aqui com o sentir de SOPHIA!!!!!
" BRIGADOS" pela tua partilha!!!!

e os dias estão num vórtice...por aqui!!!! Calma, só mais lá para diante...

TUDO DE BOM!!!! BJS

Brancamar said...

Também adoro o mar em dia de chuva e para celebrá-lo assim só Sophia o saberia dizer tão bem!
Quantas vezes o procuro, este Oceano Atlântico belíssimo que Fili
pe Navarro tão bem soube retratar de uma forma belíssima.
Nele me encontro e espraio a minha alma como diz a nossa Sophia de Mello Breyner Andresen, umas vezes na Foz do Douro, outras lá para as bandas da tão amada Granja de Sophia, ali onde se diz que ela escreveu a Menina do Mar.

Tem um bom feriado e beijos.
Vou dar um pulinho à feira do livro.
Branca

Celisol said...

Sublime "divagação original"
permite-me que exija mais destas :)
Beijinhos

Lilá(s) said...

O mar encanta-me todos os dias.
Fabulosa essa "divagação original"!!!
Bjs

heretico said...

belíssima divagação. perfumada de maresia.

e serenidade.

a rimar com Sofia...

beijo

Susaninha said...

Adorei e com a Sophia ainda sabe melhor...
Sou viciada no mar, é a minha terapia ...
Como sempre este cantinho diz sempre coisas bonitas, quase que senti o cheirinho a mar:)
BEIJINHO MINHA G.S:)

Fragmentos Culturais said...

... pois é esse Mar que Sophia tanto amou, que me prolonga e me acolhe...

Gosto de mar como complemento de meu ser!

Sensibilizada 'Avelaneira' pela atenta amizade!

Continuação de boa semana! E alguns momentos de acalmia :)
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Sophia... não há talvez poeta mais sensível ao mar, 'Brancamar'!

Quantas vezes me sento aí e o contemplo, em dias de sol, em dias de invernia! E deixo minh'alma repousar para não sufocar!

Filipe Navarro, um amigo, conhece bem este Atlântico que se adentra pelo rio!

No final da semana passada, a RTP2 dedicou um programa a Sophia! Desta vez incidindo mais sobre a obra 'Navegações'! Rosa Lobato Faria foi uma das escritoras que disse os versos de Sophia, com aquele jeito seu tão nobre e sereno! Saudades de Rosa :(

... lá para as bandas da tão amada Granja de Sophia, ali onde se diz que ela escreveu a Menina do Mar.' - assim se diz! E também muita da sua obra!

Muito obrigada pelos votos de bom feriado! Estou certa que o teu foi também muito agradável... já que passado entre livros :)

Beijo fraterno

Fragmentos Culturais said...

Oh! 'Celisol'... sensibilizada pelas palavras tão amistosas!

É sempre um prazer 'rever-te' por aqui :)
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... quando me afasto do mar e estou sem o ver, quase esmaeço, 'Lilás' :(
É sem dúvida 'alimento' para muitos de nós!
Sensibilizada pelas amistosas palavras!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... e eu não sei como agradecer tua sensibilidade atenta, 'Herético'! E tão amistosa!

O mar deixa-nos mesmo um certo perfume na alma!

Beijo,

Fragmentos Culturais said...

... também a minha, querida Su! Também a minha...
Os sentimentos têm aromas de maresia, não achas?

Muito sensibilizada pelo teu carinho que largamente retribuo :)


Grande beijinho,