Wednesday, September 21, 2011

Coisas de livros



The Uni Project

"The UNI is a portable reading room"

The Unit Project é um evento que tem por base tornar a leitura um prazer cada vez mais prático e acessível.

A ideia é criar uma série de estruturas móveis que possam ser montadas em espaços urbanos dando lugar a workshops, apresentações, visionamento de filmes, tertúlias ou apenas ao simples gesto de ler. 

O projecto está em expansão e chegou Nova Iorque há uma semana, precisamente no dia 11 de Setembro.


Instalou-se em New Amsterdam Market NY. Ler mais aqui

"The Uni Project aims to do one thing and do it well: temporarily transform almost any available urban space into a public reading room and venue for learning. We start with the conviction that books and learning should be prominent, accessible, and part of what we expect at street-level in our cities."

UNI

The Unip ojrct
No passado domingo, dia 18 Setembro, passou para Brooklin, associando-se ao Brooklyn Book Festival 2011 juntamente com a Public Library. Aí montaram uma sala de leitura ao ar livre para crianças, mais precisamente, em Borough Hall Plaza

"The Brooklyn Book Festival is the largest free literary event in New York City presenting an array of literary stars and emerging authors who represent the exciting world of literature today. One of America’s premier book festivals, this hip, smart, diverse gathering attracts thousands of book lovers of all ages."

Brooklyn Book Festival



Foto: Monkeypuzzle (Google Earth)


Uma outra ideia chega-nos da Alemanha. Estantes com livros são espalhadas pelas várias cidades. Cada pessoa é convidada a pegar num livro que queira ler ou então a deixar um livro que já tenha lido. 

Esta ideia já passou por cá numa modalidade diferente. Alguém deixava um livro num sítio público, num banco de jardim, no assento de autocarro. A pessoa interessada, levava-o e, depois de o ler, voltava a deixá-lo num local de passagem.





Comigo, aconteceu um lamentável episódio. Num consultório médico, poisei o livro que levara para ler, enquanto aguardava a minha vez. Quando saí do gabinete, procurei o livro, perguntei a algumas pessoas, ninguém vira ou pegara.

Supus que se tratasse de alguém que, conhecendo a ideia, o levara para ler, mas depois o voltasse a deixar no mesmo local. Não! Nunca mais o recuperei! 

Tratava-se de uma 1ª edição de "Estrela Distante" de Roberto Bolaño, o autor chileno que morreu prematuramente. E eu nem sequer tivera tempo de terminar a leitura. Uma preciosidade!


A veces me creía pésimo, a veces fracasado,
pero siempre un escritor


Roberto Bolaño


Ideias envoltas em livros que me deixam sempre presa nas pontas do imaginário.


G-S

Fragmentos Culturais

21.09.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

Referências:

Booktailors
http://blogtailors.com

UNI Project
http://www.theuniproject.org


Broklyn Book Festival 2011

Bookshelf
http://theblogonthebookshelf.blogspot.com

20 comments:

Isamar said...

Não gosto de falar mal dos portugueses porque entre nós há o bom e o mau mas não sei se a ideia resultaria. Creio que as estantes ficariam vazias e a devolução/troca seria esquecida de vez. Aqui no Concelho, a Biblioteca Municipal distribui livros pelos cafés que queiram aderir à iniciativa mas há sempre lugar a um registo por parte do proprietário do café sobre o destino da obra requisitada.É uma iniciativa interessante cujo objectivo é desenvolver o gosto pela leitura, um hábito que a nova sociedade, com as novas tecnologias, vai perdendo.

Beijinhos

Bem-hajas!

Lilá(s) said...

É uma iniciativa bastante interessante, se bem que continuo a gostar de os ter na mão e mexer no papel...no estrangeiro fico sempre encantada com a facilidade de comprar a preços muito acessiveis livros em 2ª mão, escusado será dizer que as malas do pessoal aqui de casa vêm sempre bem recheadas...
Bjs

heretico said...

gosto da ideia de os livros andarem de mão em mão...

mas confesso-me mto cioso de "meus livros"... enfim, contradições ...

vitor cunha said...

Parece-me que entre nós a ideia seria um tanto utópica se pensarmos que o nosso patamar de cultura/civilização está bastante baixo!
Além do mais, ter-se-ia de levantar o problema de higiene e saúde pública que a circulação do livro poderia levantar.
Eu prefiro construir aos poucos a minha biblioteca.
Beijo

mfc said...

Uma ideia genial, que tenho dúvidas que funcione cá devido ao baixíssimo grau de civilidade e de cidadania das pessoas!

aflores said...

Toda e qualquer iniciativa que leve as pessoas a ler e a voltar aos hábitos saudáveis de leitura, são de apludir.
Gosto de ler.
Adoro passar por aqui ;):)

Tudo de bom.

Avelaneira Florida said...

Uma ideia que gera diferentes posturas...mas que vale pela predisposição à leitura!!!!

Mas, o meu problema é que não sou capaz de me "desapegar" dos meus "papeles" mesmo velhinhos e alguns por metade das folhas...

Mas esta prática tem muitas potencialidades, sim!!!!
Boas Leituras, entretanto!

Boa semana, "FRAGMENTOS"!!!!!!!

São said...

Gostrei da ideia, até porque sou, desde sempre, uma leitora compulsiva.

Feliz semana

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Querida FC:
Fiquei com muita vontade de ver este filme.
Obrigada.
Um beijo.

Fragmentos Culturais said...

Para Isabel

Hoje, 5 Outubro, um 'Bom Dia' especial :-)

Um beijo,

(esta mensagem, tentei deixá-la no seu blogue, mas a 'caixa comentários' não funcionou...

Fragmentos Culturais said...

Não vou dizer que, em certa medida, não tenhas razão, 'Isamar'!
O episódio do meu livro 'desaparecido' num consultório médico, onde nem sequer estavam muitos pacientes...
Ainda hoje 'lamento' a perda desse livro, apenas por um curto momento de distracção.

A iniciativa da Biblioteca do teu concelho é muito interessante!

Não sei se o ausência de leitura passa pelas tecnologias. Não creio... Portugal sempre padeceu desse mal :(

Excelente fim-de-semana!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

A iniciativa é original! E suponho que quem adere a ela, 'doa' em certa medida o seu livro. Foi isso que entendi ao ler a notícia.

Sim, tens razão! No estrangeiro já há um mercado paralelo de venda em 2ª mão muito forte. ´
E depois há a edições mais baratas, tipo 'livros de bolso' a que os Portugueses cá não aderem muito.


Neste momento o que se verifica, no nosso país, é o florescimento de um novo meio de aquisição de livros: compra e venda de livros em 2ª mão via Internet!
Fruto da crise ou apenas uma atitude cultural saudável?

Bom fim-de-semana!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... o comentário-resposta anterior, é para 'Lilá(s)... percalços da hora adiantada :)

Fragmentos Culturais said...

... pois! Também 'sofro do mesmo mal' :)

Beijo, Herético!
(mas que a ideia é gira...)

Fragmentos Culturais said...

Pois seria, Vítor! É com tristeza que te dou razão, quando dizes que 'o nosso patamar de cultura/civilização está bastante baixo!'...

E não há campanhas de sensibilização que valham :(

Depois, mas ainda pelo mesmo facto - cultura e/ou civismo - a questão da saúde pública poderia ser uma entrave...

Mas há que tentar sempre! Será que algum dia mudaremos (?!)

O facto da 'nossa' biblioteca é outra coisa! Ela encerra muito intimismo!

Bom fim-de-semana!
Beijo

Fragmentos Culturais said...

... é mesmo o factor | entrave que mais temos aqui debatido, 'mfc'! A falta (ou baixo grau) de civismo que o nosso país continua a demonstrar...

Boas fotos :)

Fragmentos Culturais said...

É isso que eu penso 'aflores'... vale sempre a pena 'abraçar' ideias que envolvam mudança de mentalidades no que concerne a leitura.

Tu gostas de ler! Eu adoro ler!!
E fico muito sensibilizada por gostares de passar por aqui :)

Tudo de bom. Lindo fim-de-semana

Fragmentos Culturais said...

Como pudeste ler, é isso! Uma ideia que gerou diferentes opiniões, mas todas com um ponto comum: promover a leitura é uma ideia a não perder!

E tal como tu, muitos de nós nos expressámos sobre a dificuldade em partilhar os 'nossos' livros.

Haveria que seleccionar um... e apenas doá-lo.

Votos de um final de domingo tranquilizante, 'Avelaneira'!

Um beijo

Fragmentos Culturais said...

Bem-vinda a este 'clube de leitores', São :)

Excelente semana... mas entretanto, bom final de domingo!

Fragmentos Culturais said...

Querida Isabel,

Suponho que o seu comentário seria relativo ao post seguinte 'Um Segredo Muito Nosso'...
:)

Passou na televisão, na noite anterior à publicação (aqui) deste 'ensaio crítico'... eu é que já o vira em sala de cinema em 2009.

Foi pena ter perdido a sessão da noite. Nem sempre estamos alertados.

Votos de bem estar! E excelente semana!

Um beijo,