Saturday, December 18, 2010

Um Natal na era digital






Eis a História da Natividade contada na era das Redes Sociais, a web e o mobile!

O Natal através do Facebook, Twitter, YouTube, Google, Wikipedia,  Google Maps, GMail, Foursquare, Amazon...


Bom! Já quase todos devem visto, mas foi criado por uma empresa portuguesa! E numa época de cepticismo nacional, haja bom humor!

Os tempos mudam, o sentimento continua o mesmo! 


G-S


Fragmentos Culturais (formato web 2.0)
18.12.10


Créditos: http://www.excentric.pt

8 comments:

vitor cunha said...

Apoio inteiramente o que fazemos de bom; mas a descrença já atingiu proporções tais que ter fé é como esperar um milagre que raramente acontece.

pinguim said...

Achei este vídeo tão interessante que já o tinha postado no meu blog.

aflores said...

Já tinha visto.

Não coloquei no meu blog mas falei e publicitei através do meu facebook :o) ;)

Simplesmente, maravilhoso.

Louvo também a tua preocupação na colocação dos créditos (os verdadeiros), pois este vídeo já corre por aí sem referência nenhuma aos seus autores.

Enfim...neteceteras :(

Susaninha said...

MINHA QUERIDA G.S:
Existem pessoas que passam na nossa vida e deixam MARCAS...
Deixam SAUDADES...
Deixam SORRISOS...
Sente-se o coração...
Com todas as certezas a MINHA MENINA DA CULTURA é UM DESSES CASOS:)
Desejo-te um FELIZ NATAL QUENTE EM SENTIMENTOS....
Gosto mesmo de ti G:)

Fragmentos Culturais said...

... somos mesmo bons na criatividade, Vítor e outros tantos aspectos!

Reconheço que a descrença começa a impor-se... mas há que viver, um dia, e outro dia...

Fragmentos Culturais said...

... este vídeo percorreu o mundo virtual, 'pinguim'! Circulou em redes sociais, sítios web, blogues, emails, via smartphones e outros...

Poucos sabiam que era português, no início!

Fragmentos Culturais said...

... não duvido, 'aflores'!
Foi o vídeo mais publicitado deste Natal! Começou nas redes sociais com a divulgação da própria empresa que o criou e daí por diante... 'navegou' por tudo quanto é digital!

O engraçado é eu ter tomado conhecimento por uma bloguista que o filho é um dos co-criadores. Mundo pequeno...

Quanto à 'minha preocupação na colocação dos créditos (os verdadeiros)...' é uma batalha que venho travando há anos na Internet... e fora dela!

Os direitos de autor são para ser respeitados! Aliás, já existe lei para todos os conteúdos na Internet! E as multas começam a ser pesadas.

Defeito ou qualidade de formação versus profissão ;)

Fragmentos Culturais said...

Querida Su, comoves-me sempre com tuas palavras tão afectuosas!

E neste Natal, foste uma das presenças mais sentidas! E acarinhadas!

Um grande beijinho**
(o afecto é recíproco. É uma alegria linda ter-te como amiga)