Thursday, August 26, 2010

Reflexão - Madre Teresa





Madre Teresa de Calcutá 
www.google.com/images              
                           
             
 Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não   é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.


Madre Teresa de Calcutta

Madre Teresa faria hoje, dia 26 Agosto, 100 anos. Para homenagear a memória da « Santa dos pobres», estão previstos numerosos eventos organizados pelo mundo inteiro.

Em Calcutá, cidade da Índia onde Madre Teresa consagrou parte da sua vida a cuidar dos 'deserdados das cidades de lata', as cerimónias começaram hoje com uma missa solene que juntou mais de um milhão de pessoas.

Mas as  homenagens na Índia não ficarão por aqui. Os caminhos de ferro indianos anunciaram o lançamento de um comboio expresso denominado « Madre Teresa » com carruagens pintadas em azul, cor do hábito que Madre Teresa usava,  e que deverá percorrer o país. 

Calcutá inaugurará também um festival internacional de filme « Madre Teresa » programando documentários e filmes que retratem a sua vida.

O mundo não deixará de se unir a estas comemorações! Em Times Square, em Nova Iorque, painéis gigantes serão iluminados em azul e branco.

Albânia,  Macedónia – Madre Terea nasceu em Skopje en 1910 -  e o Kosovo têm previstas numerosas  homenagens. O Kosovo proclamou o ano 2010 « Ano Madre Teresa ».

Por ter consagrado a sua vida aos pobres, Madre Teresa recebeu o Prémio Nobel da Paz em 1979.

A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhe proporciones apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração."

Madre Teresa

G-S


Fragmentos Culturais

26.08.10 
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons


22 comments:

Daniel Silva (Lobinho) said...

"O senhor nao daria um banho a um leproso nem por milhao de dolares? Eu também nao. So por amor se pode dar banho a um leproso"

Madre Teresa

heretico said...

beijo.
gostei de ler.

(os males do mundo não se curam com pensos rápidos, digo eu)

Avelaneira Florida said...

Fragmentos,
sempre a sensibilidade valorizada.

Não é fácil ser-se "Madre Teresa" nos dias que correm...por isso o tanto respeito que tenho por aqueles que , todos os dias, persistem em viver por amor aos demais...

E, se me é permitido,um agradecimento à citação aqui deixada por LOBINHO!!!!

TUDO DE BOM!!!!!!
Bjhs

maybe said...

I'm appreciate your writing style.Please keep on working hard.^^

Vanessa Carvalho said...

Bonita e mais que merecida homenagem a uma "SIMPLES E GRANDE MULHER"!
Madre Teresa é o exemplo da VERDADEIRA ENTREGA AO PRÓXIMO.

Beijinhos!

Eli said...

O que diz o teu sorriso?

:)

vitor cunha said...

Se em cada um de nós existisse uma das virtudes de Madre Teresa, isso seria suficiente para que o mundo fosse virtuoso.

ana said...

Concordo com o Vítor... :)
beijinhos com saudades!!
;* :) Plim!

Susaninha said...

Linda Gi que saudades ...
E são muitasssssssssss:)
Tu és uma das minhas gotas no meu oceano...
QUE SAUDADES....
Miminhos docinhos e Bom diiiiaaaaaaa:)

Petrus Monte Real said...

Fragmentos,

Cara amiga, comungo plenamente da ideia que nos é transmitida pela madre Teresa, à qual presta uma bela homenagem.
O espírito de missão reside no coração e alimenta-se com amor.
Um ensinamento que muito cedo aprendi. A prática é que é outra coisa... mais complexa e difícil.
Muito grato por mais este grande post.
Não tenho comentado os seus textos com a regularidade que desejava... (sempre a mesma luta contra o tempo!), mas continuo a fazê-lo com muito prazer.
Com amizade

Fragmentos Culturais said...

Olá Daniel,

Suponho que foste o único, talvez porque o primeiro a poisar aqui teu pensamento, a quem respondi antes de me afastar (compromissos agendados que me impediram muitos momentos de convívio).

Assim, manifestei no teu espaço o meu agradecimento pela partilha da citação de Madre Teresa!
Conhecia-a mas não a seleccionei... o tempo era-me escasso, mas eu não queria deixar passar esse dia!
A minha profunda admiração por Madre Teresa impedia-me!

Referi-te então que estas palavras de Madre Teresa são 'do tamanho da sua alma'! Incomensurável!
(foi mais ou menos isso que escrevi.)

Sempre muito bom reencontrar-te por aqui...

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... concordo, 'Herético'!
Os 'males do mundo' curar-se-iam com muito afecto, digo eu agora...

Beijo.
(gosto sempre de 're'ler :)

Fragmentos Culturais said...

Ola 'Avelaneira'!

Não, não é nada fácil ser-se "Madre Teresa", a autêntica!
E por isso mesmo, tenho uma admiração e um afecto muito profundos por seres como Madre Teresa! Ela é o símbolo maior do verdadeiro amor pelo sofrimento do próximo!

Não entendo como o 'Empire State Building' recusou iluminar-se para celebrar a data do 100º aniversário de Madre Teresa... só por uma questão de 'religião' :(

Votos de um excelente 'novo ano'!

Um beijo,
(sempre amistosa! Sensibilizada!)

Fragmentos Culturais said...

Hello 'maybe'!

Thank you...if you can understand 'my writing style' ?!
;)

Fragmentos Culturais said...

Olá querida Vanessa!

Cá estou, entre pausas, algumas viagens e muito stresse :)

Madre Teresa... dificilmente a Humanidade cruzará outro ser como Madre Teresa, não é mesmo?

Beijinho grande,

Fragmentos Culturais said...

... pois Eli, deixaste um desafio a que não poderei responder...
O meu sorriso! Hum! Só as pessoas que o vêem poderão dizer!
:)

Fragmentos Culturais said...

Sim, Vítor... bastaria uma pequena parte dessa virtude maior que é o desprendimento infindável, a absoluta humildade de olhar o próximo de um jeito tão natural como respirar...

Fragmentos Culturais said...

... como não haveríamos de concordar, querida Ana :)
Tão bom reler-te 'menina 'plim ;*' !

Beijinho grande,

Fragmentos Culturais said...

... tu querida Su... a menina dos 'suuurrisinhos' e das emoções fortes :)

Soube-me tão bem a tua 'gotinha de oceano' alegre e carinhosa :)
O stresse tem sido forte! Mas bom!

Grande beijinho,

Fragmentos Culturais said...

Petrus, caro amigo! Ser-me-ia impossível, mesmo no meio de grandes tarefas, deixar passar esta celebração dos 100 anos de Madre Teresa! Um ser que muito venero! Pelo amor! A ' prática' do amor em cada gesto... como quem respira!

Continuo sem entender como a entidade que rege o 'Empire State Building' se recusou a participar nesta enorme homenagem a nível mundial! Por uma questão de 'religião'?
:(

Não se preocupe... eu própria tenho andado tão 'afastada' deste meu espaço, por esse mesmo factor: a luta contra o tempo...

Estou em falta com tantos amigos, virtuais sim, mas que me acarinham com sua 'presença' aqui!

É sempre um prazer lê-lo!
Com cordialidade,

Fragmentos Culturais said...

A todos os amigos que não deixaram de me dar uma palavra, apesar do meu imenso silêncio e afastamento...
Eu sinto-me em falta :(

Espero que me perdoem, todos, pelo atraso em responder!
E sobretudo pela ausência de partilha nos vossos espaços!

As obrigações têm sido 'maiores', mas o prazer de um tipo de partilha bem diferente tem sido também muito forte!

Sensibilizada, muito, por toda a compreensão!

Anonymous said...
This comment has been removed by a blog administrator.