Sunday, August 13, 2006

Rolling Stones live no Porto ? Foi fantástico !





Rolling Stones, concerto Porto 2006
créditos: TVI24/Portugal Diário




Rolling Stones, concerto Porto, 2006
créditos: Álvaro C. Pereira
http://images-cdn.impresa.pt/blitz/

Fui ver o ouvir os Rolling Stones live no estádio das Antas! Cheio! É verdade, tinha posto a ideia de lado, e de repente uma oportunidade surgiu. 

Não é que seja a minha banda favorita, mas é, sem dúvida, uma delas. E Rolling Stones são uma referência importantíssima na música rock.



Rolling Stones
Digressão A Bigger Band


Pela terceira vez em Portugal, desta feita para dar sequência à digressão mundial de promoção do último álbum, A Bigger Band.

O estádio das Antas, Porto, encheu. Muito animação. Pessoas de todas as idades e níveis culturais, mas todas, em coro, entoaram os temas mais conhecidos da banda. E foram muitos os que vibraram de pé, em gestos exuberantes, uns ou captando tranquilamente imagens digitais via telemóvel.

Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood continuam bem vivos, com quase 45 anos de carreira.




Quem esquece Satisfaction (1965), o tema que os tornou para sempre imortais?!

Os Rolling Stones mantiveram-se em palco durante duas horas, sem paragens, deliciando os fãs de puro rock & blues num grande e esplendoroso concerto.

Cenários gigantescos, surpreendentes, ao bom jeito Rolling Stones.  Equipamento de enorme qualidade técnica e arquitectónica  possibilitou a montagem do maior palco jamais visto em Portugal. Deslumbramento total. 

As dezenas de milhar de espectadores, portugueses e estrangeiros, todos ficámos deslumbrados com o que vimos.



Rolling Stones
créditos: Autor não identificado
https://41.media.tumblr.com/

Mick Jagger imparável e turbulento, no seu jeito muito carismático, mais ponderado nos gestos, com os guitarristas Wood, Richards e Charlie Watts. Watts permaneceu ao longo de todo aquele dinâmico concerto, naquele seu jeito de quase impassível bonomia, por atrás da bateria, apenas sorrindo de quando em vez.

Ao quarteto juntaram-se, o baixista negro Darryl Jones, um coro de três elementos em que sobressaiu uma espantosa voz negras feminina, cujo nome  não consegui descobrir, um teclista e quatro sopros.

Alguns dos temas que adorei relembrar - Start Me Up, Let's Spend The Night Together, As Tears Goes By, Miss You Streets of Love (primeiro single internacional)Um tema featuring Keith Richards: This Place Is Empty.




Rolling Stones, Estádio das Antas
créditos: YouTube

A meio do espectáculo, uma plataforma deslocou-se do palco, percorrendo todo o relvado, trouxe até nós, fãs sentados nas bancadas situadas nos extremo oposto do palco principal, os Stones! Foi o delírio de jovens e menos jovens! Os Rolling Stones ali tão perto! Foi o momento mais ovacionado!

Houve quem saltasse para o relvado numa tentativa de poder captar imagens mais próximas ou acenar de bem perto, naquele gesto de 'imortalidade' concedido pelos ídolos.

O cenário fabuloso! Fogo de artifício, chamas autênticas, confesso que receei um pouco essa parte, muita gente, e a simbólica boca de Mick - marca registada dos Stones.

Uma homenagem comovente e discreta a Ray Charles caiu muito bem!

Os Rolling Stones terminaram o mega concerto com um encore - Satisfaction.

A noite quente convidava à esfuziante entrega ao ritmo quase sempre frenético da banda. Foi a festa total para todos! 
O entusiasmo envolvente dos sons e o poder de comunicação esfuziante de Mick Jagger não desiludiu todos os que lá estiveram!


"...os Stones abanaram o Dragão sem parar. Mick Jagger cantou, pulou, dançou e correu para a alegria dos fãs que o imitaram na assistência. Novos e velhos, durante duas horas, sem diferença de idades, estiveram absortos numa cápsula com o nome de «A Bigger Band»."*

TVI24



Não há dúvida que um concerto ao vivo tem um encanto imbatível! Uma mística envolvente!


São momentos estéticos, visuais e sonoros, que perduram na nossa memória sensitiva para sempre.

Gostaria de ter ouvido Angie

Ah! Curiosidade? Mick Jagger fez anos em 13 Agosto.


G-S

Fragmentos Culturais
13.08.2006


Referências: TVI24


2 comments:

Anonymous said...

voz feminina - lisa fischer
voz masculina - bernard fowler
voz masculina/precursao/guitarra acustica - blondie chaplin

Fragmentos Culturais said...

... só agora vi comentário! Obrigada :)