Monday, October 3, 2011

Cesária Verde despede-se






Cesaria Evora

"Je vais arrêter, un jour, mais pas que ça. En fait, j'arrête tout. Je n'ai pas de force, pas d'énergie. Je veux que vous disiez à mes fans : excusez-moi, mais maintenant, je dois me reposer. Je regrette infiniment de devoir m'absenter pour cause de maladie, j'aurais voulu donner encore du plaisir à ceux qui m'ont suivie depuis si longtemps."

Cesária Évora, Le Monde

O Dia Mundial da Música foi celebrado ontem, dia 1 Outubro. Não esqueci, não! Mas foi-me impossível vir até aqui. 

Precisava descansar de uma semana intensa de trabalho online. Decidi por isso manter-me afastada do computador. Apenas me ligava, por raros minutos, via smarphone. E adentrei-me pelo mar, com um livro como companhia. E foi bom! Muito revigorante, trouxe-me serenidade e uma certa frescura no olhar!




Cesária Évora
créditos: Mario Galiano


De volta à realidade, uma semana intensa me espera, decido mergulhar neste final de noite de domingo em fragmentos culturais para homenagear Cesária Évora, a "Diva de Pés Descalços", oriunda de Cabo Verde que anunciou em 23 Setembro 2011 a sua retirada da vida musical por motivos de saúde. 

A cantora cabo-verdiana foi aclamada em todo o mundo como uma das maiores cantoras de morna. Incontestável! Cesária canta em Crioulo cabo-verdiano, a língua nacional  de Cabo Verde, (a língua oficial é Português), naquele seu jeito  bem próprio e tão nostálgico.





Cesária Évora
créditos: Mike Sargeant

Cesária Verde é célebre em todo e o mundo, mas os franceses dedicam-lhe um carinho especial. Consideram eles que a descobriram...

"The ballads of loss and homesickness that led to comparisions to Edith Piaf andBillie Holiday are considered the national music of Cape Verde, much as fado is for Portugal."





Nha Sentimento
(last album, 2009)

Évora começou a cantar nos bares de Mindelo, na ilha de São Vicente, de onde é natural. Alguns anos mais tarde, veio para Portugal, e aqui se tornou conhecida pelos seus álbuns "Mar Azul", "Miss Perfumado", mas sobretudo pela sua canção "Sodade". E daqui se lançou  na carreira internacional.

Foi bem acarinhada  no nosso país que lhe abriu a porta para o mundo. Por isso me doeu, como portuguesa, que Cesária Évora tenha, em determinado momento, proferido palavras muito pouco agradáveis sobre Portugal. Coisas de divas!?

Em 1988 foi convidada para gravar um disco em Paris - La Diva aux Pieds Nus – que lhe daria a alcunha que a tornaria célebre mundialmente





Miss Perfumado
Cesária Évora, 1992

EM 1995, o álbum de Cesária foi lançado em 20 países e nomeado para os Grammy Awards

Évora  começou finalmente as suas tournées, apresentando-se nas mais conceituadas salas de concerto do mundo, tournées que  se prolongaram durante 15 anos. 

Mas, há poucos anos sofreu um ataque cardíaco, foi operada ao coração. Deixou a sua adição pelo  álcool que chegou a ser muito acentuada, apresentando-se, por vezes alcoolizada em concertos. 

Não deixe de ler a sua entrevista para o jornal  Le Monde. 





Sodade (saudade) is a Portuguese word "which describes a deep emotional state of nostalgic longing for something or someone that one loves and which is apart", but when the word used to describe the emotional essence of Cape Verde's signature musical style, the morna


Gosto desta noção do sentimento muito nosso que se desprende da palavra saudade. E gosto muito desta Sodade que oiço com frequência na voz da "diva dos pés descalços".


G-S

Fragmentos Culturais

03.10.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

14 comments:

pinguim said...

Uma grande voz.
Um merecido descanso.

Isamar said...

Uma grande perda na música. Inesquecível e incomparável.

Bem-hajas!

Beijinhos

mfc said...

A idade não perdoa!
Ficamos com as suas gravações fantásticas.
A voz perdurará!

vitor cunha said...

Com a retirada de Cesária Évora e a ausência da sua voz perco uma parte do meu coração.A dolência da sua voz, acompanhada sobretudo pelo violino com o dedilhado da viola acústica ou o trinado da viola requinta, na execução das mornas, provoca em mim uma saudável nostalgia
que me conduz no imaginário de todo o mundo africano.
Cesária retira-se mas deixa os CDs como documentos e felizmente são muitos.Bem haja.

Avelaneira Florida said...

Sodade de uma grande senhora!!!!
Que nos ficará para sempre...

e tenho em Cabo Verde familiares muito queridos que me trazem outras, novas vozes...lindas, e sempre filhas dessa especial terra!!!!
A música VIVE!!!!!

Bom feriado, "Fragmentos"!!!!
Bjh

Lilá(s) said...

É uma perda incomparável!Uma voz única.
Bjs

heretico said...

excelente opção.

também eu prefiro "divas de pés descalços" a divas de "pés de barro"...


beijo

Fragmentos Culturais said...

Sim, uma voz linda, João! Uma musicalidade excepcional!

Fragmentos Culturais said...

... apesar de retirada, os seus discos perdurarão, 'Isamar'!

Beijinho amistoso*

Fragmentos Culturais said...

... no seu caso, não foi só a idade, 'mfc'! O álcool, o tabaco...

Bem, quanto a idade, em alguns aspectos, não é impedimento! Tony Bennett tem 86 anos, a voz continua igual! Cesária tem 70...

Mas sim, a sua voz 'gravada' perdurará!

Fragmentos Culturais said...

Cesária retirou-se, mas a voz poderás ouvi-la sempre, Vítor!

É verdade, a parte instrumental que a acompanha tem uma imensa importância. Hum! Percebes de instrumentos de corda :)

Toda essa 'saudável nostalgia' é mesmo a característica maior da música cabo-verdiana.

Excelente semana!

Fragmentos Culturais said...

'Sodade' de uma grande cantora, concordo 'Avelaneira'... 'grande senhora' já coloco algumas... (reticências)

Lamento que não tenha sida agradável para o país que a fez crescer...!

Hum! Mas que sortuda :) ... ter familiares em Cabo Verde que te fazem conhecer novas vozes, é muito bom!

Estou certa que outras vozes estão a dar que falar. Aliás, por cá já se ouvem algumas.

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

É uma perda... para o mundo do espectáculo, 'Lilá(s)!
Para nós, teremos sempre os seus discos, verdade :)

Boa semana!
Beijos

Fragmentos Culturais said...

... em música, andamos sempre sintonizados 'Herético';)

Pois! Há deusas e deusas...

Beijo