Saturday, April 25, 2009

Biblioteca Digital Mundial - Unesco





A Biblioteca Digital Mundial abriu as portas em 21 de Abril 2009.

A website offering free access to rare manuscripts, books, films and maps from around the world is being launched by the UN's cultural agency.

BBC

A UNESCO inaugurou a Biblioteca Digital Mundial, um sítio web onde serão disponibilizadas centenas de recursos culturais raros de todo o mundo.
A iniciativa da UNESCO reúne on-line arquivos de cerca de 30 museus e bibliotecas de todo o mundo, entre os quais a Biblioteca de Alexandria.
The World Digital Library was first mooted in 2005 by James Billington, librarian at the US Library of Congress, the world's biggest library.

BBC
Uma grande parte dos artigos da nova Biblioteca Digital Mundial que podem ser visualizados gratuitamente no site, desde filmes a manuscritos e quadros, é originária de colecções provenientes do universo Ocidental, mas uma das metas do projecto é alargar os itens a outras áreas geográficas.
De entre os artigos que podem ser consultados, encontram-se um romance japonês O Conde Genji do século XI e um dos primeiros mapas onde surge uma referência ao termo América, de 1507 feito pelo monge alemão Martin Waldseemueller, avança a BBC.
Disponível num total de sete línguas – árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, português e russo – este novo arquivo digital vem juntar-se à Europeana, a biblioteca digital europeia criada no final de 2008 pela Comissão Europeia com documentos culturais da União Europeia.


http://www.europeana.eu/portal/index.html

Pensar a cultura


Europeana - une source d'inspiration e d'idées. Recherchez dans le patrimoine culturel de l'Europe et partagez vos découvertes.

Europeana



A Biblioteca Digital Mundial contou com o apoio de trinta e duas instituições mundiais: China, Estados Unidos, França Brasil, Grã-Bretanha. México, Japão, Rússia, Arábia Saudita, Egipto, Uganda, estes alguns dos países.

Até final do ano a Unesco desenvolve uma campanha para elevar este número para sessenta.
Unesco says the World Digital Library will help to promote curiosity and understanding across cultures.

BBC


William Blake - O Livro de Urizene

http://www.wdl.org/pt/item/201/


Blake foi um místico religioso que se afastou do ensino tradicional das igrejas Cristãs de modo a inventar suas próprias doutrinas e símbolos, que ele chamou de mitologia clássica e celta e muitas outras fontes.

Esta edição do
O Livro de Urizen da Colecção Rosenwald da Biblioteca do Congresso introduz uma figura, Urizen, que representou para Blake moralidade e legalidade.

BMD

Estes dois documentos culturais são de valor inestimável para quem tem o gosto de aprender, sempre! E que sensação abrir uma página digital e poder aceder a informações que de outro modo não se teria nunca a possibilidade de fazer! Quando penso nos milhões de pessoas, em todo o mundo, que não têm este privilégio porque não lhes foi dado o direito de ler, fico confusa!

Uma injustiça moral e social tremenda que documentos como estes não conseguem colmatar...

By making cultural treasures accessible to a huge audience, Unesco also hopes to reduce what it sees as a digital divide between rich and poor.

BBC


G-S

Fragmentos Culturais 

26.04.2009


Copyright © 2009-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

14 comments:

Isamar said...

Nós, que pertencemos a esse grupo dos que sabem ler, somos uns privilegiados. E há tantos ainda ( parece inconcebível) que não conhecem uma letra. Bem-hajas pela informação. O mundo cada vez mais a entrar-nos em casa.

Beijinho

heretico said...

grato pela partiha.

beijos

Paulo - Intemporal said...

Maio, o primeiro dia, o dia um, um dia, este.

Celebra-SE aquele que tem algo a fazer, ou que há tanto faz [...]

Maio também de Maria, de re.conciliação.

Maio de colher, a semente.

íssimo _______________________________ .

Fragmentos Culturais said...

... é isso que me penaliza, 'Isamar' :(
Saber o número de pessoas, a nível mundial, que não têm o 'privilégio' de ler! Quando afinal se trata de um direito!!

São duas importantíssimas ferramentas digitais, com uma vasta informação cultural! E tão ao alcance dos nossos olhos!

Neste caso, muito específico... é muito bom ter o mundo ao alcance!

Um beijo,
Sensibilizada pelo olhar atento e amistoso!

Fragmentos Culturais said...

... de nada, 'Herético'!
É sempre bom partilhar coisas boas com os 'amigos', mesmo virtuais :)

E estas duas bibliotecas digitais são um mundo!

Um beijo,
Sensibilizada pelo atento olhar!

Fragmentos Culturais said...

Maio, o primeiro dia, um dia que amanheceu harmonioso.

Maio, o mês doce como as flores que o aromatizam!

Lindo o teu jeito de 'poetar', Paulo - 'Intemporal'! Sensibilizada!

Paulo - Intemporal said...

F
e
l
i
z

d_____i_____a

d
a

M__________Ã__________E

hoje e sempre.

íssimo.

Fragmentos Culturais said...

... sensibilizada :)

Um beijo, Paulo - 'Intemporal'

Å®t Øf £övë said...

A informação e a cultura estão cada vez mais à distância de apenas um click, e este foi apenas um dos muitos passos dados nesse sentido. É verdade que ainda há muitas pessoas para quem isso de nada serve devido ao seu analfabetismo, mas julgo que de geração em geração esse número tem vindo a diminuir significativamente.
Step by step, acabaremos por lá chegar.
Bjs.

DarkViolet said...

Uma boa informação que sabia mas depois esvanesceu no meu Ser. vou lá agora antes que me esqueça outra vez:D

Paulo - Intemporal said...

grato pela partilha, que aqui é sempre partilha na passagem dos dias.

íssimo abraço meu.

Fragmentos Culturais said...

'A informação e a cultura estão cada vez mais à distância de apenas um click...' - e verdade, 'Art_' e isso é um bem precioso, sobretudo a cultura!

E, no entanto, devido aos abusos praticados sobre os direitos de autor, que muitas vezes não se respeitam, a U.E. debate em Parlamento a restrição do uso da Internet pelos excessos cometidos!
Não sou a favor dessa restrição, mas sim a favor da aplicação coesa das leis que já existem!

Por outro lado, há o factor do grau de analfabetismo a nível mundial que é muito mais vasto do que muitas vezes os números nos transmitem!

Tanta coisa se poderia fazer via Internet para alfabetizar as pessoas, mas os governos não envidam esforços para consertar acções :(
Mas comungo da mesma esperança que tu! Aos poucos... se irá chegando aos que não têm o 'direito' de saber ler!

Um beijo
... sensibilizada pelo teu olhar, sempre!

Fragmentos Culturais said...

... sei que és uma pessoa bem informada e atenta, 'Dark_'... mas há momentos que há tanta coisa para fazer que vamos perdendo boas referências.
Bom, suponho que desta vez nada ficou esvaecido :)

Sensibilizada pelo teu olhar atento!

Fragmentos Culturais said...

'grato pela partilha, que aqui é sempre partilha na passagem dos dias' - fico sensibilizada pelas palavras aqui escritas, 'Paulo - Intemporal'

É recíproco...
Um abraço amistoso