Thursday, September 6, 2007

O Sorriso de Madre Teresa




Madre Teresa - Macedónia

Robert Atanosovski /AFP 2007
http://www.abc.net.au



Madre Teresa (desenho)*

"Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota."


Madre Teresa de Calculta
 
O facto de serem publicadas as 'Confissões de Madre Teresa' fez-me confusão! Não pelo facto ser de carácter religioso, mas pelo direito à privacidade de alguém que já morreu e que portanto não pode opinar.


Fui sempre contra a publicação de cartas pessoais ou diários de carácter intimista se não for feita pelo próprio ou segundo a sua vontade.
 
Já exprimi este sentimento sobre a publicação das 'Cartas de Amor' de Fernando Pessoa.

Manifesto-me agora, a propósito das 'Confissões de Madre Teresa', um ser humano que deu a vida por uma causa como poucos o fizeram.


Penso que o fim não serve a causa. A canonização de Madre Teresa será ditada pelos milhares de seres a quem ela sorriu toda a sua vida, sorriso que as suas seguidoras continuam a perpetuar.
O que sujeita estes seres já desaparecidos a julgamentos de valor que me entristecem? Tirá-las da grandeza dos seus feitos? 
Como é possível as pessoas interpretarem ou compreenderam os seus desabafos ou pensamentos se não conviveram com Madre Teresa, no dia-a-dia, não souberam nunca o que lhe ia na alma, como reagia face aos momentos felizes ou de desespero, vivências interiores de um amor dedicado aos que sofrem?


Quem não tem dúvidas em momentos de crise, de grande desaconchego? Quem é capaz de ficar indiferente perante tanta miséria humana que passa diante dos nossos olhos de meros espectadores?


E então como reagiriam as pessoas lá, tal como as suas Missionárias da Caridade, vivendo no campo do infinito sofrimento, digam... como reagiriam face à desgraça à fome, à doença, à miséria, à morte, ao desencanto?



Ora, senhores!
 

"A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhe proporciones apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração."



Madre Teresa



Foto: G-S
(proibida a reprodução)
© 2010-Fragmentos Culturais Blog


 
Happy Feast Day Mother Teresa!





G-S


Fragmentos Culturais
06.09.2007
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

* Desenho sem autor identificado. Não se pretende lesar o autor da imagem a quem pertencem todos os direitos.

18 comments:

E.Adriano said...

Muito bem.


O exemplo de uma lutadora por aquilo em que acreditava e um exemplo para seguirmos.


Cumprimentos...

Tiago R Cardoso said...

Muito bem dito, pena termos cada vez menos exemplos como este a seguir.

C Valente said...

Segundo ouvi ou li, a Madre Teresa pediu para se destruir esse diáro, o que revela que já não á respeito pelos mortos (é tudo na base do dinheiro e publicidade)
Todos nós temos as nossas duvidas de fé, ou seja naquilo que acreditamos ou tentamos acreditar, só prova que somos humanos
Saudações amigas

Fragmentos Culturais said...

Mais do que uma lutadora, uma alma cheia de bondade e amor ao próximo! Neste mundo em que vivemos, E. Adriano, um exemplo de afectos!

Sensibilizada pelo olhar poisado em 'fragmentos'!

Fragmentos Culturais said...

Confesso que este caso da publicação das confissões ou diário me chocou profundamente, Tiago Cardoso!
Repudio este tipo de violação de intimidade.

Sem dúvida! Há cada vez menos 'bons' exemplos a seguir na sociedade actual :-(

Sensibilizada pelo seu olhar em 'fragmentos'!

Fragmentos Culturais said...

Não sabia que Madre Teresa teria deixado a sua vontade expressa. Então, o acto é ainda mais chocante!

Para mim, só aos próprios e em vida, cabe o direito e a opção de publicarem aspectos da sua intimidade!

Todo o esmorecimento é possível em momentos de grande tensão, desgosto, mágoa... E Madre Teresa 'viveu' uma realidade que a maior parte não teria a coragem de enfrentar.

Sensibilizada pelo olhar poisado em 'fragmentos', C. Valente!

Saudações amigas,

Fénix (Bostonscapes DP) said...

Hello!

I wanted to thank you for stopping by my blog and for your nice words. I'm glad you enjoyed my Boston's pubs series. :)

I wish I could understand Portuguese better to fully appreciate your blog.

Muito obrigada e desejo-te um belo fim de semana.

Barão Van Blogh said...

Sou novo nestas lides ...

Aqui deixo o convite para que visitem o meu espaço .

"No escuro nada via perdido fiquei
Seria eu Homem ou apenas menino"

Bom fim de semana .

MH said...

Gostei muito da gota :)

Devemos fazer aquilo que achamos que nos engrandece e enriquece, a nós e aos que nos rodeiam.

;)

Arion said...

Venho agradecer e retribuir a visita ao meu canto. Obrigado. Já linkei o Fragmentos. Abraço!

C Valente said...

Passei para desejar boa noite e resto de bom fim de semana
saudações amigas

Méon said...

Obrigado pela sua visita ao "LUGAR ONDE".
Subscrevo tudo o que diz sobre Madre Teresa. Também me chocou o abuso. Tanto mais quanto foi autorizado e comentado pela hierarquia católica.
Parece não haver limites para o consumismo. Tudo é negócio, cálculo de ganhos.

Fique bem!

Fragmentos Culturais said...

Hello Fénix,

I think you understand very well Portuguese language because you wrote it very well :-)

Hoping you a lovely sunday... wherever you are!

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'

Fragmentos Culturais said...

Assim farei 'barão van blogh'!

Excelente domingo!

Fragmentos Culturais said...

É uma da prioridades para se viver bem consigo mesmo!

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos' 'MH' ;)

Nota: Não entendi a 'gota'... quem sabe me explicarás?!?

Fragmentos Culturais said...

'Arion', foi um prazer passar pelo seu espaço!

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'!
Abraço

Fragmentos Culturais said...

'C. Valente'... como agradeço os votos de boa noite extensivo ao domingo sereno! Foi muito agradável!

Vão então os meus de excelente semana!

saudações amistosas

Fragmentos Culturais said...

Tudo o que disse me foi ditado pela minha maneira de sentir os afectos dos outros, 'Méon'!

Sei que a Igreja autorizou... e isso mais me 'arrepiou'!
Preferi não entrar pelos actuais valores da instituição!
Basta-me o meu próprio sentir!

Sensibilizada pelo seu olhar em 'fragmentos'!

Votos de bem estar também!