Saturday, September 8, 2007

64º Festival Cinema Veneza




64ª Edição Festival Cinema 2007
Domenico Stinellis/ AP 2007
http://news.yahoo.com/photos

Festival de Cinema Veneza (Venice Film Festival) é um dos mais célebres e conotados festivais de cinema. 

Celebra este ano o seu 75º ano de existência, sendo o mais antigo do mundo. O facto da edição deste ano ser a 64ª deve-se a aspectos que motivaram a sua interrupção.

Para a comemoração do 75º ano, Marc Muller, o seu director, encomendou um décor especial para a fachada do Palácio de Cinema a Dante Ferretti, conhecido designer e já vencedor de um Óscar.

O festival decorreu de 29 de Agosto a 08 de Setembro. E por lá passaram grandes estrelas, e vinte e dois filmes, numa forte presença norte americana, competindo para o 'Leão de Oiro'.

Festival de Toronto realiza-se quase simultâneamente e atraiu alguns dos filmes que Muller gostaria de ter tido na sua selecção.


Entre o Festival de Cannes e o Festival de Berlim, o Festival de Cinema de Veneza foi durante muitos anos considerado o festival de cinema de Autor.

Aí se revelaram Bergman, Fellini e Kurosawa e tantos outros autores, mestres consagrados.

64ª Mostra de Arte Cinematográfica
Cristophe Simon/ AFP 2007

http://news.yahoo.com/photos


"O cinema só trata daquilo que existe, não daquilo que poderia existir. Mesmo quando mostra fantasia, o cinema agarra-se a coisas concretas. O realizador não é criador, é criatura."

Manoel de Oliveira


O júri deste ano é composto unicamente por realizadores - Catherine Breillat, Paul Verhoeven, Emanuele Crialese, Alejandro González Iñárritu e Zhang Yimou, o presidente.




Júri 64ª Edição Festival Cinema Veneza
Luigi Constantin/ AP 2007
http://news.yahoo.com/photos

Os filmes americanos que disputavam o 'Leão de Ouro' (símbolo da cidade) foram   nove. E desde logo, dois prenderam as atenções por se centrarem num assunto que preocupa profundamente a opinião mundial - o conflito no Iraque.

Redacted - Brian de Palma 

In the Valley of Ellah - Paul Haggis


As opiniões dividiram-se muito e, como sempre em Arte, as leituras são profundamente subjectivas, mesmo quando feitas por especialistas.

Deste modo, Brian de Palma acabou por sair vencedor com o filme Redacted.




Leão de Prata - 'Redacted' Brian de Palma
Alessandro Bianchi/ Reuters 2007

http://news.yahoo.com/photos

Houve surpresas e Ang Lee foi apanhado desprevenido, segundo as suas palavras, com a entrega do 'Leão de Oiro' ao filme Luxúria, Precaução que deixou alguma sensação de desconforto em vários críticos pelas cenas demasiado ousadas. Pelos vistos, também em Ang Lee, segundo comentários.

Ang Lee obtivera já o mesmo galardão há dois anos com o filme
Brokeback Mountain






Leão de Oiro: Lust, Cautin Ang Lee
http://www.imdb.com

Quanto ao desempenho, foram distinguidos os actores Brad Pitt et Cate Blanchett que não estiveram presentes na cerimónia da entrega da 'Taça Volpi'.


Melhor Actor: Brad Pitt
The Assassination of Jess James by the Coward Robert Ford


http://www.imdb.com



Melhor Actriz: Cate Blanchett
I'm not There
http://www.imdb.com

Três mestres do cinema, Nikita Mikhalkov, Youssef Chagine, e Manoel de Oliveira encerraram o Festival.

O filme Cristovão Colombo - O Enigma de Manoel de Oliveira foi galardoado pela crítica independente com o Bisatto d'Oro, tendo sido considerado a obra mais significativa da Mostra.


"A crítica afirmou que a obra de Oliveira é «o olhar de um grande mestre sobre o nosso mundo. Um retorno ao mito de Ulisses e à Demanda. Uma repreensão a quem se esquece que o amor move todas as coisas»."

SOL, com agências

G-S

Fragmentos Culturais


9.09.2007
Copyright © 2007-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

15 comments:

Tiago R Cardoso said...

E claro a não esquecer o Sr. Manoel de Oliveira.

Tiago R Cardoso said...

Obs.
O prémio que ele recebeu da critica, claro.

Caiê said...

Olá.

Em resposta à tua pergunta, a imagem era da nossa chegada à ilha de Ios.

Destes festivais, só tive oportunidade de ver o de Toronto quando lá morei.

Um abraço.

Fragmentos Culturais said...

Olá Tiago,

Sem pôr em causa o tipo de prémio que Manoel de Oliveira recebeu, e independentemente das minhas preferências a nível do cinema português, considero que é sempre agradável ouvirmos falar de portugueses premiados, seja em que sector for!

Veja-se o caso do desporto e das prestações distintas de atletas lusos.

Sei o que pretendeste 'dizer' e até te dou razão... mas acima de tudo vale a nomeação!

Não vou dizer que seja uma apreciadora profunda de Manoel de Oliveira, mas a sua técnica cinematográfica é conceituada e admirada pelos especialistas europeus.

Sensibilizada pela tua atenta participação em 'fragmentos'!

Um abraço,

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada pela tua informação 'Caiê' e pelo olhar atento em 'fragmentos'!

Bom... viver e viajar por países e sítios diferentes e bonitos, numa perspectiva cultural!

Abraço,

Haddock said...

...
olha, a caiê!
ena, temos conhecimentos comuns.

para quem adora cinema, como nós, a desactualização é dramática. daí só publicitarmos o dejà vu...

Jesús said...

Gracias por tu visita, y ya sabes puedes abrir un Club de Lectura en portugues

Fragmentos Culturais said...

Bem 'Haddock' eu não publicito nada!

Escrevo sim 'fragmentos' de temas que me tocam... assuntos que gosto seriamente. Cinema é um deles!
E o Festival de Veneza tem para mim uma forte conotação cultural, por muito que soe a 'déjà vu'...

Hoje em dia, toda a cultura é 'comerciável', mas não vou deixar de olhar, sentir, cruzar.

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Fragmentos Culturais said...

Hola Jésus!

Te disse qué me encantó tu idea del 'Club de Lectura'... mas no tengo el tiempo necesario.

Así, ocupo todos los tiempos de pausa para leer tranquilamente para mí...

Gracia por tus palabras en mi casa!

C Valente said...

Gostei desta passagem , como gostei dos coemtários e poema no meu blog
Muito obrigado
suadações amigas

Haddock said...

...
e fazes muito bem. admiro isso.
eu falo basicamente sobre "nada"...
abraço.

Fragmentos Culturais said...

De nada 'C. Valente'... o meu comentário foi sincero!

Esta passagem/fragmento passa pelo gosto muito forte que tenho pelo cinema!

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'!
Saudações amigas,

Fragmentos Culturais said...

... abraço, 'Haddock'!

Zénite said...

"Hoje em dia, toda a cultura é 'comerciável', mas não vou deixar de olhar, sentir, cruzar."

No entanto, no teu espaço, o adjectivo que melhor caracteriza a cultura é "tangível". E é essa tangibilidade, essa partilha, que agradeço.

Gostei muito de passar por aqui e aprender.

Abraço.

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada pelo teu olhar atento e amistoso em 'fragmentos', 'Zénite'!

Escrevo sobre o que gosto... e faço-o sim, com um sentimento de partilha estética.

Um abraço,