Friday, July 12, 2013

Fly to Paradise: coro virtual


Depois de um tão longo silêncio, faz-me bem voltar a este espaço e divulgar um belíssimo vídeo que apareceu hoje no Twitter. Indescritível a emoção! E o maravilhamento!

Eric Whitacre, lembram? Esse mesmo! O compositor norte-americano, residente de Sydney Sussex College, Universidade de Cambridge, formado pela célebre Juilliard School, Nova Iorque, é o maestro virtual que reunira, em 2010, 185 pessoas de 12 países diferentes num coro virtual. 

Pois ele aqui está de novo! Não resisto a partilhar mais uma pequena maravilha só possível às Tecnologias e à criatividade de tantas pessoas espalhadas pelo mundo!





‪Desta vez, Eric Whitacre‬ e todos os criativos globais, criaram este "Fly to Paradise": 8.409 vídeos, 5.905 cantores, 101 países. Incrível e absolutamente lindo!

Há nomes protugueses ou brasileiros entre os cantores. A listagem dos nomes de todos os particpantes no genérico final é impressionante. Só por curiosidade enquanto o vídeo corre. 

Fruir de uma paixão que uniu virtualmente tantas pessoas que ultrapassam fronteiras e barreiras num só gesto! Fazer música!


Arte contemporânea virtual num misto de música e anumação que nos eleva de tempos cinzentos e nos faz entrar em mundos quase divinos. 

A voz humana é um dom!

G-S

Fragmentos Culturais
(formato web 2.0)

12.07.2013
Copyright © 2013-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com® 


3 comments:

manuela catarino said...

"Brigados" por este momento...
Assim a noite torna-se mais repousante!!!!!

TUDO DE BOM,"Fragmentos"!!!!
MC

Fragmentos Culturais said...

É sempre muito bom ler-te por aqui, MC! Eu também adorei a música, o vídeo que me remeteu, em algumas imagens, para um filme lindo de há uns anos: "As Asas do Desejo" (Wings of Desire) de Wim Wenders.

E reunir tantos músicos virtualmente é extraordinário! A globalização tem aspectos positivos, também.

Umas boas férias para ti :-)
Tudo de bom!

Fragmentos Culturais said...

MC, fui ao teu blogue, gostaria de ter comentados um ou dois posts, mas foi-me impossível. Não consegui escrever...
Remeteu-me sempre para Google + e não penso abrir perfil.

Lamento muito :-(