Friday, May 18, 2012

Dia Internacional dos Museus 2012






Celebra-se hoje, dia 18 Maio, o Dia Internacional dos Museus. O tema 2012 "Museus num Mundo de Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações".

Concordo! Um tema aberto às novas mentalidades que a evolução das comunicações trouxe o acesso ao conhecimento através das tecnologias e da partilha através das redes socais.

"New technology delivers new ideas, gigabytes of information, news of an increasingly unstable climate, all shared by social media."

É verdade que o papel dos Museus (e Bibliotecas) num  mundo que corre a passos largos para o digital, é fundamental, não só para a compreensão da evolução da Humanidade mas também para que não se apague o seu contributo para a nossa memória colectiva.

"Museus num Mundo de Mudanças" é o reconhecimento que as instituições culturais devem acompanhar estas mudanças num desafio de mentalidades sempre tão aberto às inspirações da Arte.

O tema 2011 foi Museu e Memória. Os temais anuais são escolhidos pelo "International Council of Museums" ICOM.

Dia Internacional dos Museus é um acontecimento de grande tradição para o mundo dos museus  e data de 18 de Maio de 1977, por proposta do ICOM Actualmente, o "Dia Internacional dos Museus" é celebrado em todos os continentes. 

"From America and Oceania to Europe, Asia and Africa, International Museum Day aims to increase public awareness of the role of museums in developing society."





Para acompanhar esta mudança, os museus e palácios portugueses estarão abertos das 10:00 às 19:00 e das 18:00 às 24:00 horas, proporcionnado a todos os visitantes um conjunto de iniciativas diversificadas.

Muitos outros espaços museológicos nacionais ( incluindo Madeira e Açores) integrados na Rede Portuguesa de Museus aderiram a estas comemorações e oferecem aos cidadãos de todas as regiões variadas actividades. A consultar a listagem
aqui.

Não esquecer que a entrada é gratuita. 





Destaco no Porto as propostas do Museu de Arte Contemporânea de Serralves a ver aqui (10:00 às 17:00) e para a "Noite Internacional dos Museus" aqui (10:00 às 24:00).

Todos os espaços estarão abertos, incluindo acesso a exposições.

"Museums in a Changing World is recognition that institutions are faced with interpreting, and existing in, a field that is becoming increasingly fluid. Each may face a unique set of goals, interests and audiences."


"No gozo de uma obra - poesia, música, pintura - qual a parte que cabe ao sentimento ou conhecimento da singularidade dela?"


Eduardo Lourenço, No gozo de uma obra, 6-X-1967
in Tempo da Música ou Música do Tempo, gradiva, Fev. 2011



Bom Dia dos Museus! Boa Noite dos Museus! A escolha será nossa...


G-S


18.05.2012
Copyright © 2012-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®





6 comments:

Lilá(s) said...

Poderia ser uma boa noite de museus, mesmo com chuva...
No nosso país considero que ainda é acessível a ida a um museu, comparando com o estrangeiro...
Bjs

Daniel Cândido da Silva said...

Foi também o Dia Internacional Contra a Homofobia (que tenho como se fosse contra o racismo, até podiam juntar estas e outras discriminações) mas estive ausente e não pude escrever.

Quanto ao Dia Internacional dos Museus, é um daqueles dias que merecem existir (ao contrário de tantos outros numa lista exasperante e quase estéril por banalziada), apelando à importância da preservação de todo um património que não se guarda num formato digital e requer a presença física de quem vê!

Deixo um beijo.

vitor cunha said...

Se é de enaltecer que exista o "Dia Nacional dos Museus"parece-me contudo que estamos a chegar a um certo exagero que a meu ver pode ser perigoso! Na verdade,existe um amontoado de temas, muitas vezes sem valor que são imediatamente pretexto para que se proceda à abertura de um museu: é o museu do pão, é o museu das alfaias agrícolas, é o museu do linho; são tantos que não pretendendo desvalorizar a sua temática me parece que , por este andar,o País se está a transformar num repositório de saudosismos em vez de guardar a sua verdadeira memória histórica e orgulhosamente partir dela para um futuro próspero que se não vislumbra!
Para mim,não quero um País museu; mas sim um País com verdadeiros museus, ainda que o primeiro modelo sirva a muita gente!Beijinho e boa semana.

Fragmentos Culturais said...

Foi pena a chuva, 'Lilá(s)... porque havia actividades que se realizariam ao ar livre.

Embora nesse dia todos os Museus tivessem entrada gratuita, no dia-a-dia, os ingressos continuam a ser impeditivos para muitos portugueses. Verdade!

Confesso que já visitei alguns bons museus na Europa, e também não são baratos (falamos pelo nosso nível de vida, não pelo dos seus cidadãos).

Um beijo,

Bjs

Fragmentos Culturais said...

Sim, é verdade, Daniel! Sabia!

Somos da mesma opinião! A favor do 'Dia Internacional dos Museus' e contra a lista 'exasperante' e por vezes ridícula de tantas outras coisas...

A preservação de um determinado património que não se guardará em formato digital, e até a modernização desses espaços museológicos, são aspectos muito importantes!

E mesmo no caso de formatos digitais de muito património cultural mundial, nada substitui o percorrer das salas de um museu ou de uma biblioteca!
A beleza, o silêncio, a partilha, a paz da alma perante o universo do olhar... tudo tem uma dimensão que só pode ser vivida in loco!

Foi bom dialogar um pouco!

Bom final de tarde!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Olá Vítor,

Sim, é verdade! Já explanei um pouco na resposta-comentário a Daniel, a importância de certas efemérides e o ridículo de tantas outras (lista interminável)...

Mas, quanto a ser 'perigoso'... só pela banalização das mais importantes.

Quanto ao saudosismo de certos conceitos não entendo.
Falamos aqui de património sério - histórico, etnográfico, literário, musical!

Agora concordo! Nem tu nem eu, nem tantos ou muitos de nós queremos um país museu! Bem pelo contrário!

Bom final de domingo!

Um beijo,