Monday, August 1, 2011

Feira do Livro "a ler o mar"





Está a decorrer na Póvoa de Varzim, de 29 de Julho a 15 de Agosto, a Feira do Livro que, como habitualmente, tem lugar no Largo do Passeio Alegre.



São várias as iniciativas inseridas na edição deste ano! Concertos, cinema, espectáculos de rua, e encontros com escritores. 



"Mais de 200 editoras estão representadas, repartidas por 40 stands onde se podem encontrar livros para todos os gostos, incluindo exemplares de edições poveiras, disponíveis num stand preparado para o efeito.

Poderá  também encontrar livros usados ou antigos, já que na Feira vão estar presentes alfarrabistas."



O convite chegou por email. E a temática é sugestiva: "a ler o mar". Veio-me então à lembrança um livro de Agustina Bessa Luís, Ventos, Areia e Amoras Bravas, um livro de memórias sobre a infância da autora na Póvoa de Varzim, assim me confiou a escritora, em conversa na Livraria Bertrand que se situava na altura num comercial da cidade do Porto n área da Boavista.

Uma história cheia de memórias mágicas, escrita para os seus leitores mais jovens. E eu pertencia a esse grupo, já que, na infância, passara alguns meses de verão na praia melhor frequentada do norte do país: Tempo bom.

Estava embrenhada nesse prazer inestimável de companhia e sabedoria, o dos livros, quando dei pela presença, mesmo a meu  lado, de uma senhora muito discreta que me sorriu! Reconheci de imediato Agustina Bessa-Luís, uma das escritoras portuguesas que mais admiro.


Passaram uns cinco, seis anos, talvez mais, depois dessa primeira conversa. Um encontro ocasional, mas muito amistoso. Agustina Bessa Luís tinha o dom de ser simples. 

Escreveu-me uma dedicatória linda nesse pequeno livro de memórias, que fiz questão de voltar a adquirir na altura, para ter aquela dedicatória tão especial e que muito me encantou. Guardo o livro quase religiosamente.


Depois disso, ainda nos voltámos a cruzar mais algumas vezes. E foi com muita alegria que a convidei para participar de um evento literário-musical. Recebeu-me em sua casa, com aquele seu jeito singelo e tão amistoso. Tomámos  chá enquanto conversávamos dos livros e das leituras, 
e depois levou-me a visitar o seu jardim maravilhoso, debruçado sobre o rio Douro.

Jamais esquecerei meus momentos com Agustina.





Agustina Bessa Luís

"Era o dia 17 de Maio, e as rosas chá do capitão Machado estavam abertas e já se desfolhavam. Lourença olhou da janela do quarto e achou que não havia razão para vestir muita roupa. Estava calor, e do mar, ao fundo da avenida, vinha uma brisa esperta, com ar de dança."

Agustina Bessa Luís, Vento, Areias e Amoras Bravas,
Guimarães Ediores, 1990, pág. 7

A memória dos afectos, a que chamo "memória poética" adentrou-se pelo simples gesto de ler o convite, enviado pelo Pelouro da Cultura da cidade da Póvoa de Varzim.

Assim, aqui fica  a sugestão cultural com o tributo a Agustina Bessa Luís e ao tempo em que a escritora passeava pelas ruas da cidade que circundavam a sua casa, e a Livraria Bertrand, pequena, mas acolhedora, situada no centro comercial.

O meu agradecimento ao Pelouro da Cultura, pela mão de Manuela Ribeiro, a grande impulsionadora de Correntes d'Escritas, este ano distinguido com o Prémio Pró-Autor da SPA.

Em tempo de e-books, a que não sou avessa, não perca o prazer de saborear os aromas com que um livro impresso nos envolve. Outras memórias nos ficarão.



G-S

Fragmentos Culturais
(em tempo de férias)

01.08.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

4 comments:

Avelaneira Florida said...

Que sejam então ÓPTIMAS LEITURAS!!!!
Aliás, com esta chuva...

BOAS, EXCELENTES FÉRIAS, "FRAGMENTOS"!!!!
Bjhs

aflores said...

Um excelente motivo para dar um saltinho até à Póvoa;):)

Tudo de bom.

Fragmentos Culturais said...

Como tens razão, 'Avelaneira'! Este verão foi para esquecer!

Se dá para nos suavizar um pouco os lamentos, Paris, Bruxelas e outras cidades europeias se queixaram do mesmo.

E até Nova Iorque, mesmo antes do tufão 'Irene' teve o seu mês de Agosto mais chuvoso!

Valha-nos as leituras...

Excelente semana!

Um beijo

Fragmentos Culturais said...

... não sei se chegaste a visitar a Feira do Livro da Póvoa, 'aflores'!

Eu não... embora passasse frequentemente perto, em direcção a outros destinos. Não deu mesmo!

Sempre bom ler-te em 'fragmentos'! Sinal que passas bem :)

Boa semana!