Tuesday, August 2, 2011

Lindo, o nosso Planeta!





Imagens inspiradoras! Mas também de alerta! Tributo a um ambientalista. 


Saibamos fruir do nosso Planeta. Preservemo-lo com carinho, envidando esforços para que não se volte contra os que o habitam! Todos nós!



Aceita o universo 
Como to deram os deuses. 
Se os deuses te quisessem dar outro 
Ter-to-iam dado. 
Se há outras matérias e outros mundos  
Haja.

Alberto Caeiro, Aceita o universo, Poemas Inconjuntos
in Poesia , Assírio & Alvim, ed. Fernando Cabral Martins, Richard Zenith, 2001

 

Um até já!

G-S
Fragmentos Culturais
02.08.2011
(formato web 2.0)

6 comments:

vitor cunha said...

A grandiosidade do nosso planeta e a imprevisibilidade dos fenómenos que protagoniza devem merecer o nosso temor,a nossa respeitabilidade e sobretudo o nosso amor por ele.
Inclino-me respeitosamente, pela Memória de quantos perderam a vida por uma Terra melhor.

pinguim said...

Excelente, maravilhoso e um bom aviso ao Homem...

aflores said...

Lindo, grandioso, fantástico!
Mas...tão mal tratado.

Tudo de bom.

Fragmentos Culturais said...

Sem dúvida, Vítor! O nosso planeta é belíssimo! Mas em poucos minutos se pode tornar assustador! E mortífero.

E tudo, ou quase tudo... consequência do Homem!

Lamentamos, todos os que estamos conscientes, os actos irrecuperáveis da ganância!

Imagens em contraste que nos ajudam a acordar para a realidade.

Uma sensível homenagem a todos os ambientalistas que perderam a vida para ajudar o planeta e tantos seres vivos!

Respeito profundo.

Fragmentos Culturais said...

É belo, profundo, como dizes, João!

Um aviso para algo que pode acontecer a qualquer momento, em qualquer canto do Planeta.

Fragmentos Culturais said...

Tudo isso, 'aflores'!

Façamos nós pequenos actos no dia-a-dia para apoiar esta causa que é de todos!

Tudo de bom!