Sunday, August 7, 2011

Harrison Ford: Leão de Ouro em Locarno






Harrison Ford "Lifetime Achievement Award"
Locarno Film Festival



"More than characters, they are movie icons: from the space smuggler Han Solo in the first Star Wars trilogy to the replicant hunter Rick Deckard in Blad Runner,  going through the sucessful sagas Indiana Jones."

Harrison Ford, o actor que interpretou todos estes heróis do cinema do nosso tempo, recebeu ontem à noite, dia 6 Agosto 2011, o "Prémio de Carreira" no 64º Festival del Film Locarno, a decorrer na belísima Piazza Grande, pérola barroca da Suiça italiana.


Harrison Ford | Locarno Film Festival
http://news.xinhuanet.com

Harrison Ford segura o Leão de Ouro "Lifetime Achievement Award" - Prémio Carreira Cinematográfica - que recebeu do director artístico Olivier Père, Festival del Film Locarno.

O actor que está perto de completar 70 anos  e foi o herói de "Blade Runner - Perigo Iminente" e da saga "Indiana Jones", mostrou-se emocionado diante de uma plateia de oito mil pessoas que não arredou pé, apesar da chuva insistente que caía, e recebeu a maior ovação da noite.

Harrison Ford agradeceu ao público e a todos os realizadores que lhe dão 'de vez em quando' a oportunidade de actuar.


Cowboys vs Alliens
Zade Rosenthal | niversal Pictures and DreamWorks

Ford veio ao "Festival de Cinema de Locarno" para promover a 'premiere' euopeia do filme Cowboys vs Alliens juntando-se no palco a Daniel Craig (o actual 007), Olivia Wilde e ao realizador Jon Favreau, o mesmo de "Iron Man".

O filme é baseado na novela gráfica de Scott Mitchell Rosenberg, mas  as críticas dividem-se, sobretudo nos Estados Unidos.

O Festival de Cinema de Locarno investiu assim numa nova dimensão, sem alterar o facto de reunir na competição internacional, o cinema independente e o cinema dos países pouco desenvolvidos ou emergentes.

Paulo Branco, o conhecido produtor português, considerado um amigo do cinema independente e do cinema de autor,  preside ao Júri da edição deste ano.

Não podemos deixar de destacar a selecção de três filmes portugueses: 

Liberdade, de Gabriel Abrantes e Benjamim Crotty, na secção Pardi di Domani
Na mesma secção irá estar em exibição Alvorada Vermelha, o vencedor da melhor curta-metragem nacional do "IndieLisboa" deste ano, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata.
Finalmente, na secção dedicada à descoberta de jovens talentos, irá participar É na Terra Não é na Lua, de Gonçalo Tocha.

Uma importante presença portuguesa, não há dúvida! O que só nos enche de orgulho.

Mas, voltemos a Harrison Ford! Todos os cinéfilos conhecem bem a carreira deste actor, agora reconhecida, que é conhecido sobretudo pelas suas intervenções em filmes de acção e aventura.

"This award – announced last night – was not only a tribute that binds ideally all the interpretations of an actor that became a reference  model for many generations, but is also the admired celebration of an original collective imaginary movie piece in which we are grateful."


"Harrison Ford glowered. Daniel Craig glared."

Michael Cieply, NYT



G-S

Fragmentos Culturais

07.08.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

 Licença Creative Commons

Referências:

Locarno celebrating Harison Ford

10 comments:

mfc said...

Duas coisas.
...uma carreira notável... e simpática!

pinguim said...

Estou com muita curiosidade de ver o seu último filme, um western em que ele contracena com o Daniel Craig.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Um prémio mais do que merecido.
É um evento que me tinha escapado -a atribuíção deste prémio, e do qual tomei conhecimento agora, através de "Fragmentos Culturais".
Obrigada e um grande abraço.

Isamar said...

Um prémio que, com todo o mérito, lhe é atribuído. Fico feliz que assim tenha acontecido. Gosto muito do seu desempenho enquanto actor e creio que vi quase todos os seus filmes.

Bem-hajas!

Beijinhos

vitor cunha said...

Harrison Ford e Cinton Estwood fazem parte de um grupo restrito de personalidades que fazem do cinema realidade. Integram-se no grande cinema transversal a toda a vida real. Na minha opinião não são actores são antes intérpretes isto é, não são fingidores da vida real mas antes interpretam-na. Prémio merecido.

Beijo

Fragmentos Culturais said...

Verdade, 'mfc'! Uma carreira interessante! Aprecio vê-lo em 'thrillers'!

Fragmentos Culturais said...

Compreendo-te João. Uma versão muito 'efeitos especiais' (a tecnologia em acção) de western.
Vi a apresentação... suponho que Harrison consegue 'brilhar' mais do que Daniel Craig!

Fragmentos Culturais said...

Estamos em sintonia, Isabel! Harrison é muito carismático!

Quase sempre ando em busca de outros acontecimentos, e estes vão surgindo...

Sempre um prazer lê-la em 'fragmentos'!

Um abraço amistoso

Fragmentos Culturais said...

Suponho que não houve ninguém que não tivesse ficado satisfeito com a atribuição deste prémio a Ford! Afinal, o actor recebeu uma das maiores ovações do festival!
A presença de Craig, em palco, foi ofuscada!

Gosto muito do seu desempenho em thrillers... suponho que esses, vi todos!

Bom fim-de-semana!
Um beijo

Fragmentos Culturais said...

Concordo, Vítor... embora distinga
Harrison Ford de Clinton Eastwood!


Gosto muito dos dois como actores, mas a Eastwood acresce-se o feito de fazer parte de um grupo de realizadores de grande prestígio! Coloco-o na mesma fasquia de Robert Redford!

Quanto a 'interpretações', são os três fabulosos!

Bom fim-de-semana!
Um beijo