Saturday, April 23, 2011

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor




Pois hoje é o dia de todos que amam os livros! Dos escritores e dos leitores.

“Perante as novas formas que o livro assume, perante as mudanças registadas na sua concepção, na sua produção e no acesso ao seu conteúdo, é urgente lembrar que não pode haver desenvolvimento do livro sem respeito pelos direitos de autor”. (...)  “Isso é especialmente verdade no momento em que a digitalização expõe ainda mais o livro aos riscos da utilização ilícita”.

Irina Bokova, Directora-Geral da UNESCO

Dia 23 Abril foi escolhido para honrar a tradição catalã (dia de Sant Jordi) e aniversário do santo em que os cavaleiros ofereciam às suas damas uma rosa vermelha recebendo, em troca, um livro. 

No nosso país, o livro ainda é um objecto de luxo, devido ao preço de venda, situação que torna a literatura de difícil acesso para muitos dos que gostam de ler.

É momento também , para homenagear a obra de grandes escritores, como Shakespeare, Cervantes ou Nabokov.



Buenos Aires foi a cidade escolhida para capital Mundial do Livro 2011 pela UNESCO ao vencer a disputa com mais seis cidades - Caracas, Lagos (Nigéria), Havana, Porto Novo (Benin), Sharjah (Emirados Árabes) e Teerã. 



Buenos Aires possui mais de 3.200 livrarias, segundo dados da Secretaria de Comunicação da Presidência da República.  Assim, este ano, as livrarias da capital argentina serão palco de inúmeros eventos literários, congressos e feiras.



O Livro Árvore | Salvador Dali

(À memória de Soame Jenyns,
 lembrado depois do poema escrito)


Às vezes tenho ideias felizes
Ideias subitamente felizes, em ideias
E nas palavras em que naturalmente se despejam…

Depois de escrever, leio…
Porque escrevi isto?
Onde fui buscar isto?
De onde me veio isto? Isto é melhor do que eu…

Seremos nós neste mundo apenas canetas com tinta
Com que alguém escreve a valer o que nós aqui traçamos?



Álvaro de Campos

18 - 12 - 1940

In  
Poesia , Assírio & Alvim, ed. Teresa Rita Lopes, 2002 

G-S

Fragmentos Culturais

23.04.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

Referências:

UNESCO

Casa Fernando Pessoa Banco de Poesia

18 comments:

mfc said...

Uma muito boa Páscoa também para ti... lendo um bom livro!

pinguim said...

Já há muito expresso a minha opinião contrária à existência destes "Dias Mundiais" de tudo e mais alguma coisa.
Eu sei que nalguns casos é uma forma de chamar a atenção para um determinado assunto, mas o essencial, para mim, é que ao elegermos um dia, esquecemos que todos os outros dias do ano são tão importantes, como o dia escolhido.
De qualquer forma, que hoje, amanhã e sempre, um livro nos faça companhia; eu assim procedo.

Avelaneira Florida said...

Queria tanto ter mais tempo para ler o que gosto e descobrir outros livros, mais...e tantos mais!!!

mas os "papeles" desconchavados e perfeitamente descontextualizados me roubam a disponibilidade para o prazer único da LEITURA!!!

Que sejam dias dos livros todos!e sempre! Sem eles a nossa vida seria completamente vazia!!!

Bjs

vitor cunha said...

Um livro é sempre um "pedaço" de quem o escreve e acrescenta um "pedaço" a quem o lê.O prazer de o folhear e de descobrir nele algo para além do que quis dizer o seu autor estimula a curiosidade e aguça a inteligência do leitor!

Votos de Boa Páscoa e um Beijinho grande.

Fragmentos Culturais said...

Para todos os amigos e leitores de Fragmentos Culturais deixo meus votos de serena e doce Páscoa!

Um beijo fraterno
(voltarei em breve aos vossos afectuosos comentários.
Apenas uns dias de de tranquilidade no campo)

Isamar said...

Temo que algum dia o livro , tal como o conhecemos, deixe de existir. É irrefutável que, neste momento, a bolsa da maioria dos portugueses não pode adquirir tantos livros quantos gostaria pois,sobre eles recaem impostos que deveriam ser diminuídos e os vencimentos não o permitem.
Espero que, um dia, retomemos o gosto que eu via nos meus tempos de menina e adolescente em que havia a leitura em família.

Beijinhos

Bom descanso!

Bem-hajas!

Daniel Silva (Lobinho) said...

Uma Pàscoa Feliz com muitos ovos de chocolate, amêndoas docinhas e coelhinhos fofos :)

Petrus Monte Real said...

Muito lhe agradeço,
e retribuo, os votos de Páscoa feliz (no seu termo)!
Que os dias no campo se cumpram, como espera.

Fábio Paulos said...

não sabia deste dia, parabéns pelo blog

Lilá(s) said...

Na adolescencia os livros eram aminha melhor companhia, agora cada vez tenho menos tempo para eles, ficam meses na prateleira á minha espera, mas só o facto de lá estarem me dá prazer.
Beijinhos

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada, 'mfc'!
Verdade, li um bom livro num ambiente muito relaxante!

E tu? Tudo correu bem? Uma boa Páscoa?

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... é sempre na perspectiva de 'alertar' para assuntos, que muitas vezes, para alguns de nós, passam céleres, neste caos da informação!

Ninguém pensa nestes 'dias' como sendo únicos ou melhores, João! Acho eu...

Todos os dias são dias para nos determos no que mais nos eleva, dá prazer, ou até entristece.

Escrevo sobre tudo o que faz parte do dia-a-dia no que toca as emoções.

Fragmentos Culturais said...

... é uma luta constante, 'Avelaneira!
Como te compreendo :)

Sim, que sejam dias de livros todos os dias, nem que apenas por minutos.
Eu aproveito todas as pausas para pegar num livro...
Verdade, a vida seria bem mais pardacenta sem livros!

Boa pausa ;)
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

'Um livro é sempre um "pedaço" de quem o escreve e acrescenta um "pedaço" a quem o lê... - linda definição de livro, Vítor!

Um livro ficará sempre incompleto... se não for lido!

Sensibilizada pelos votos de 'Páscoa' que retribui aqui mesmo, e depois nos espaços amigos!

Bom domingo!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

É uma 'ameaça' que paira na cabeça de muitos de nós! Mas continuo positiva, nesse sentido, 'Isamar'!

Quero crer que os livros permanecerão para todos os que amam os livros! E assim, os passarão a outras gerações com quem convivam de muito perto ...

E depois, as grandes bibliotecas serão fiéis guardiãs! Sempre o foram!

Quanto à impossibilidade de muitos portugueses comprarem livros, ela se torna uma realidade :(
Mas, também muitos não cultivam o gosto pela leitura!
Sabes bem que vês poucas pessoas com um livro na mão...

Sim, seria uma linda tradição renovada!

Muito obrigada! Foi um descanso merecido, e muito relaxante!

Bom domingo!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Fiquei muito sensibilizada por vires até aqui deixar-me votos de 'Pàscoa Feliz com muitos ovos de chocolate, amêndoas docinhas e coelhinhos fofos...' - Daniel, não sou muito 'gulosa' :)

Espero que estejas bem! Bom domingo!
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Foi um prazer, Fábio! Em breve visitarei teu espaço!
Eu sei, eu sei! Estou tão atrasada! Mas vale a alegria da partilha!

Agradeço as palavras de apreço!

Fragmentos Culturais said...

Na adolescencia tem-se mais tempo, 'Lilá(s)'!

Os meus vão 'rodopiando'... não com aquele ritmo anterior. Mas, o prazer... esse faz-se sentir mais...

Boa pausa!
Um beijo,