Tuesday, July 20, 2010

Facebook - o filme






O novo trailer do filme The Social Network inspirado no criador da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, já é conhecido.

Toda a gente sabe a importância que esta rede social passou a ter no quotidiano de milhões de pessoas em todo o mundo. E, no entanto, o seu criador teve que enfrentar duras batalhas em tribunal, no início deste ano. 

Zuckerberg não respeitou as leis de privacidade de dados, quando no final de 2009, disponibilizou sem consentimento dos seus fãs, todos os dados pessoais.




Agora, os utilizadores mais atentos têm mais cuidado com o que publicam,  Facebook viu-se obrigado a recuar em alguns pontos, um botão de alerta* foi disponibilizado para proteger as crianças e adolescentes no Reino Unido, mas  certo é que continua a ser a rede social mais frequentada. 

Nem o Twitter, também uma rede social de muito sucesso, conseguiu destronar Facebook, embora Twitter tenha uma outra  função e uma dinâmica totalmente diferente!



The Social Network, com o título em português A Rede Social, realizado por David Fincher o mesmo que assinou filmes de culto como Fight Club, Panic Room, Se7en, The Curious Case of Benjamin Button, entre outros, é baseado no best-seller The Accidental Billionaires escrito por Ben Mezrich e conta a história da criação de Facebook que foi gerada num dormitório da Universidade de Harvard.

"Mezrich's prose has a cinematic flavor." 

The Boston Globe




 
Não se sabe ainda muito sobre o filme, mas pelo trailer e alguns relatos de diferentes figuras envolvidas na sua produção, The Social Network fala da relação entre Mark Zuckerberg e os amigos, à medida  que a mais famosa rede social do mundo vai ganhando forma, força e claro - fama que vai trazer muito dinheiro. Justin Timberlake interpreta um dos 'amigos' de Zuckerberg.

The Social Network sairá em Outubro nos Estados Unidos. Quanto à distribuição mundial, nada foi dito. Sabe-se sim que a banda sonora é dirigida por Trent Reznor, ex-Nine Inch Nails

"Creep" o belíssimo tema dos Radiohead  dá vida ao trailer, mas num cover coral lindíssimo interpretado pelo Scala & Kolacny Brothers:




"Não chegas aos 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos"


(apresentação filme)


G-S

Fragmentos Culturais
(formato web 2.0)

19.07.2010
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

 fonte: JN, blogue "nós na rede"


* UK Child Exploitation and Online Protection Centre (Ceop)

16 comments:

Eli said...

Deve ser interessante!

:)

Avelaneira Florida said...

Fragmentos,

sempre atenta!!!!

Fico curiosa.A banda sonora é um dos pontos que mais me atrai num filme e, pelos vistos, esta vai ser atractiva!!!!
Quanto ao FB...bom!!! Também lá ando, mas em tempo q.b. e com os meus próprios pés!!!! É engraçado redescobrir amigos...será muito útil a quem está solitário...
Mas acbo por preferir o meu cantinho online!!!
E, depois,preciso de tempo para ler, para ver a Natureza à minha volta,um bom filme, ouvir a música de que gosto...e tanto, tanto mais!!!!
Mas...aguardemos o filme!!!!!

Beijos e boa semana!!!!!

Gonçalo said...

Estou curioso por ver este filme. Afinal de contas, qual a origem de um dos maiores fenómenos das redes sociais?

Presumo que muita gente deixe de ver o filme para cuidar das suas couves...

:P

Um beijo*;)

aflores said...

"não demora muito" estará disponivel na net :o)

Fiquei curioso:)

Tudo de bom.

Petrus Monte Real said...

'Fragmentos'
Cara amiga, muito obrigado por mais esta partilha. Fico curioso, mas de forma comedida. Não estou no Facebook. Esperemos, com paciência, o que nos reserva. Não perderei.

Grato pelos seus textos no 'a partir da lua', muito especiais para mim. Admiro a sua particular atenção e sensibilidade. Considero que vai sempre ao essencial das coisas. Por isso a admiro.

Só agora, com algum atraso, estou a responder-lhe. Vou para férias no próximo domingo. Gosto de sair com "a secretária limpa", facto que me retirou o tempo livre durante os últimos dias.

Sabe? Acabei de ouvir o "WORRISOME HEART" da Melody Gardot - único que encontrei à venda. Surpreendente. Gostei muito da voz e do suporte musical, riquíssimo. Percebi a razão pela qual tanto gostou do espectáculo. Encomendei o último trabalho da intérprete que estava esgotado na FNAC.

Obrigado por tudo.
Com amizade
Um bom fim de semana.

Fragmentos Culturais said...

... bem, Eli, esperemos que sim! Afinal Mark Zuckerberg etá na origem de um dos maiores fenómenos sociais do séc. XX :)

Foi um prazer ler-te por aqui!

Fragmentos Culturais said...

... também sou muito sensível às bandas sonoras nos filmes que procuro, 'Avelaneira'! E esta promete...

É interessante! É um das redes sociais que menos me atrai! Demasiado 'povoada' ;)

'É engraçado redescobrir amigos...' - esse é talvez o lado mais atractivo para algumas pessoas!
Mas sou mais 'ligada' ao real... aos amigos que nos buscam na vida real...

E, tal como tu, aprecio mais a conversa vivenciada olhos nos olhos, a leitura, a música, os espaços bonitos, abertos, serenos!
E toda a componente humana que nos rodeia...

Claro! Aguardemos... até porque tem um realizador que muito admiro!

Excelente fim-de-semana!
Um beijo,
(o campo está lindo... a norte)

Fragmentos Culturais said...

... sim, pelo menos, vamos tentar entender melhor qual a 'verdadeira' origem, Gonçalo!

Quando vi o nome do realizador, fiquei muito admirada!!
Afinal, David Finch está na origem de uma lista de filmes de muita qualidade! 'Se7en', por exemplo, foi um filme que me 'marcou' profundamente!

Talvez esse seja o lado que mais me atrai! Descobrir a sua ligação a este filme!
Ah! E claro! A banda sonora...

Excelente fim-de-semana :)

Beijinhos**
(não sou das 'dependentes' do cultivo das 'couves' ;)

Fragmentos Culturais said...

... não duvido 'aflores' ;)
Mas, nada me atrai mais do ver cinema no seu 'ambiente': uma boa sala de projecção!

Também estou curiosa, e por várias razões!

Tudo de bom, também!
(foi um prazer ler-te de novo em 'fragmentos')

Fragmentos Culturais said...

Caro Petrus, é sempre com muito prazer que o leio em 'fragmentos' e que visito seus espaços!

Tal como já escrevi, em respostas a comentários anteriores, o que mais me atrai neste filme é o realizador! Ou melhor, compreender a sua relação com este filme!
Sei que a obra em que se baseia foi/é um 'best-seller' muito importante, mas, mesmo assim, questiono-me...

É certo que também me atrai, em parte, descobrir a verdadeira (se possível) 'origem' desta ideia que se tornou o maior fenómeno sócio-cultural: o Facebook e as redes sociais (é um dos 'campos' de interesse do meu 'outro lado', isto é, na vida real: o que se prende com Tecnologias em determinada área... que passa por espaços sociais, também!

E há mais! A banda sonora! Um dos factores mais interessantes num filme! E esta promete...

... sobre Mélodie Gardot, confesso que não passei ainda pela Fnac! Agradeço a informação! Assim, aguardo! Suponho que não esperariam tanta procura... o álbum apresentado no concerto da Casa da Música é fantástico! Já uma pessoa que comentou o 'post' e que esteve presente no concerto, também saíu deliciada...

Não sei quando poderei passar pela Fnac... mas o mês de Agosto não é o ideal!

Já ouvi alguns temas do 1º álbum no Youtube! Mas é o trabalho apresentado que mais me seduz! Até pelo quarteto musical!!

Faço votos que tenha umas excelentes férias! O tempo não pode estar melhor :)

Aproveitei este fim-de-semana, para descansar um pouco... entre campo e praia, Estava a precisar! Mas ainda não são férias :)

Só posso agradecer as palavras amistosas que me dedica, aqui! Sensibilizada!

Abraço,

Susaninha said...

DEVE SER MESMO INTERESSANTE...
Aqui es´ta um filme que vou ver..
Eu estou no facebook...confeso que acho muito giro...
Minha G. sempre com optimas ideias e sempre com novidades...
SUUUUrrisinhos docinhos:)

Fragmentos Culturais said...

... sim, sem dúvida, Su! É um filme que vai atrair um público muito alargado! E por razões diversificadas...

O realizador, a banda sonora, dois dos aspectos mais interessantes! Mas há outras questões!
Portanto, também lá estarei ;))

Beijinhos **
(o mar tem estado lindo lindo, as tardes divinas !!
:)

heretico said...

procurando "cavalgar os tempos" "faicebuco" de vez em quando... rss

aguardo o filme. com curiosidade...

beijos

Fragmentos Culturais said...

... 'facebucas' muito bem, 'Herético' :)
Eu cansei em determinado momento!

Não sei se voltarei... se o fizer, será apenas por questões profissionais, mas continua a ser a rede social que menos me atrai! Muito 'voyeurismo'...

Também eu aguardo o filme 'com curiosidade' e não só...

Um beijo
(foi muito bom ler-te de novo! Uns dias de férias longe do computador... soouberam bem!)
;)

Petrus Monte Real said...

Fragmentos,

Regressei, como lhe disse, dumas curtas férias. Já vi que também teve uma semana de intervalo. Espero que tenha sido repousante e revigorante. A avaliar pelas suas palavras no 'claro desenho', tudo indica que sim. É bom recarregar baterias para enfrentar a agitação do dia a dia.

Este ano, estivémos na Ilha de Maiorca, na praia de Muro, no norte da ilha, onde ainda se encontra alguma tranquilidade e qualidade, coisa que já não acontece na zona da capital.
Palma de Maiorca só vale pelos seus monumentos (a visita à Catedral e ao Museu do Palácio de Almudaina é inesquecível!). Não sei se conhece... A localidade-sede de Ayuntamiento, onde estivémos, que é medieval, está bem preservada e tem recantos que vale a pena visitar e frequentar.

O fundamental: os Banhos. Piscina e mar, lado a lado.
Leituras ligeiras.
O computador ficou completamente de lado.
Retemperámos as forças para começar de novo.

Muito grato e sensibilizado pelos seus comentários no 'claro desenho'
Sempre um grato prazer.
Abraço

Fragmentos Culturais said...

Caro Petrus,

last... but not least :)

Sensibilizada pelo seu atento cuidado sobre o modo como tentei descansar um pouco, neste Agosto que se proporcionou diferente! Mas interessante!!
Sim, sem dúvida que é imprescindível 'recarregar baterias' de vez em quando, entre compromissos e responsabilidades! Mais precisaria... infelizmente não me vai ser possível :(

Já li e comentei no seu blogue no 'post' sobre sua estadia em Palma que foi certamente muito bem passada!

Conheço a parte norte da ilha de Maiorca, bem mais tranquila e menos 'cosmopolita' (gosto bem mais de acalmia), embora já lá não vá há algum tempo... talvez no próximo ano?!
A parte histórica é muito interessante e uma mais valia para uma estância de férias estivais!

Mas, confesso que se tivesse ido, teria aproveitado mais para fruir do mar, já que o cansaço me atormenta um pouco...

Também seleccionei para a curta pausa e fugas até à praia, leituras bem mais 'ligeiras'!
Quanto a computador, nem pensar!

É sempre com muito prazer que o leio em 'fragmentos' e só lamento ter sido mais morosa, desta vez, a responder ao seu amistoso comentário!

Excelente semana! Um pouco mais fresca, o que é bom para retomar o trabalho!

Um abraço,