Thursday, October 22, 2009

10ª Mostra Cinema Francês no Porto




Cartaz Festa Cinema Francês
http://www.festadocinemafrances.com

Está a decorrer desde anteontem, dia 20 de Outubro, a 10ª Festa do Cinema Francês que irá continuar até ao próximo dia 29 de Outubro, na Fundação de Serralves e nas salas Cidade do Porto, com a exibição de dezanove filmes, alguns dos quais não passarão, como sempre, pelo circuito comercial.

Agnès Varda
Photo: Rosallie Varda
http://highmuseum.wordpress.com

Though women played a major role as muses to the French New Wave of the 1960s (think Jean Moreau, Anna Karina, and Catherine Deneuve), Agnes Varda was the only female director in that influential movement. She began her career as a still photographer, taking family photos in a Paris department store to support herself. When she felt the need to add words to her images, she turned to filmmaking.

Linda Dubler

O programa do festival foi apresentado na quinta-feira da semana passada, no Instituto Franco-Português, onde os organizadores revelaram que a cineasta belga Agnès Varda, estaria em Lisboa para um ciclo com todas as suas curtas-metragens. Agnès Jaoui marcaria presença na abertura do evento com o filme «Parlez-moi de la pluie», avançou a agência Lusa. 


Agnès Varda, precursora da "Nouvelle Vague" francesa, começou a sua carreira de cineasta em 1954 com La Pointe Courte. A sua obra estende-se por mais de 35 filmes, sendo o último, o recém-estreado Les Plages d’Agnès - e, ultimamente, por diversas vídeo-instalações.

Ontem, precisamente, foi exibido em
Serralves, o último filme de Agnès Varda, Les Plages d'Agnès, filme autobiográfico, visualmente arrebatador, segundo o que li. Este
filme passou, fora de competição, na 65ª Edição Festival de Veneza 2008.

"O mar, motivo central da sua obra, desde o  primeiro filme, encenado em Bord de Mer - praia de areia, e vídeo, interrogando a relação entre o real e a imagem…"


Agnès Varda, a realizadora belga de 81 anos foi homenageada em Serralves, numa Conversa no Auditório de Serralves, que contou com a presença especial de Manoel de Oliveira.




Como perdi o filme, por questões pessoais, deixo as impressões de Linda Dubler:


"The elfin Varda, now 81, introduces herself as a someone acting the role of a pleasingly plump old lady, a sly way of letting us know that fantasy and embellishment count as much as documentary truth in her playbook. Standing on the shore with the waves pounding behind her, Varda tells us that she believes that people hold landscapes inside themselves. “If we opened me up we’d find beaches,” she says. Surrounding her are myriad production assistants, setting up mirrors in the sand. These mirrors capture the water (fluid and changing as memory) and announce the introspective, reflective, and fragmented form that her film will take".

High Museum of Arts:Films



Fundação de Serralves

Também ontem, pelas 18h30, a cineasta belga inaugurou a sua Exposição "Agnès Varda - Duas vídeo-instalações", na Capela da Casa de Serralves. Aí poderá ser visitada de 21 de Outubro a 29 Novembro 2009. Toda a programação de Serralves dedicada a Vardas, aqui



Le Plaisir de Chanter

A Mostra continuará com obras o drama "Clèo de 5 à 7", de Agnès Varda, a comédia de espionagem "Le Plaisir de Chanter" de Ilan Duran Cohen, "Le Bal des Actrices" de Maïwenn Le Besco, e ainda o drama histórico "Eden à L'ouest" de Costa-Gavras.

O primeiro já vi faz algum tempo. Gostaria de rever
Costa-Gravas, um autor que conheço de filmes anteriores. 
Destaco ainda a antestreia do documentário "Ne change rien"», de Pedro Costa, centrado na actriz e cantora francesa Jean Balibar.

Adoro cinema francês. E não é muito frequente vermos bons filmes em língua francesa no circuito comercial. Daí este tipo de eventos serem muito bem vindos.


G-S

Fragmentos Culturais


22.10.2009

Copyright © 2009-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®  

 Licença Creative Commons 


Referências:

Porto recebe o melhor do cinema francês
http://jpn.icicom.up.pt/2009/10/19/porto_recebe_o_melhor_do_cinema_frances.html 




20 comments:

Avelaneira Florida said...

Fragmentos,

com muita pena minha os afazeres profissionais não me permitem "usufruir" estes acontecimentos...

mas vi o cartaz afixado na minha escola e bem olhei para ele!!!!!

Boa semana!!!!

heretico said...

boas novas (culturais). as tuas ...

beijo

mfc said...

Vai ser impossível... mas gostaria tanto!
Não posso esquecer o bom cinema francês da minha adolescência!

Analuka said...

Se fosse possível, também estaria lá para usufruir desta oportunidade. Passo e deixo abraços alados azuis!

Lilá(s) said...

Gosto de cinema e também de música francesa...
Bjs

Rosemeri Sirnes said...

Você me viu então, pelo buraco da fechadura...rs. Pode ter certeza, é um silêncio atento, não é à toa que está no meu "paradeiros". Obrigada pela visita, pelas palavras. Sim, um ano de labuta...rs

Beijos

Å®t Øf £övë said...

Gosto são gostos, e não se discutem, mas eu pessoalmente não gosto de cinema Francês.
Bjo.

Brancamar said...

Recebo por e-mail a programação de Serralves e estou por lá de vez em quando, sem datas pré-estabelecidas, a não ser que os acontecimentos mo exijam por uma questão de gosto, como o Jazz no Parque e algumas exposições.
Nesta mostra de cinema francês não me foi, nem vai ser já possível ver qualquer um dos filmes. Afinal, acaba já amanhã, passou rápido. :(
Mas já a exposição é bem provável que passe por lá um destes próximos fins de semana.

Deixo-te beijinhos

Rafeiro Perfumado said...

Eu era daqueles que pensava que o cinema francês se resumia a actores que diziam "merde" e actrizes que mostravam as suas glândulas mamárias. Filmes como a Amélie e o Delicatessen mudaram completamente a minha opinião, para melhor!

Luis F said...

Excelente divulgação... vale sempre a pena vir aqui para conhecer mais um pouco do que de bom se vai fazendo...

Parabens e obrigado pela divulgação

Luis

Fragmentos Culturais said...

Amiga 'Avelaneira',

É certo! Nem sempre podemos fruir de muitas coisas que nos dão prazer e nos proporcionam momentos insondáveis!

Eu própria, nestes dois últimos meses, perdi imensa coisa que gostaria!

Compromissos profissionais me 'coartaram'! Mas também me sinto realizada com o que fiz...

Um beijo

Fragmentos Culturais said...

... ainda bem que estamos em sintonia... nas novas 'culturais'!
E eu gosto de sentir tua presença por aqui ...

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Tu sabes que consegui apanhar uma sessão 'extraordinária' em Serralves :)

Chovia imenso, um trabalho monstro me aguardava ... fechei o pc por duas horas e saí directa a Serralves!
Adorei o filme! Um verdadeiro poema visual!

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

a resposta anterior é para 'Herético'!
Esta última para 'mfc'!
:)

Cansaços... ainda não estou refeita! Acho que vou dormir e amanhã continuo...

Fragmentos Culturais said...

Há coisas que temos pena de perder, 'analuka'! Eu sei...
Acontece-me imensas vezes!

Abraço amistoso,

Fragmentos Culturais said...

Não gosto de todo o cinema francês, mas este ano consegui apanhar 3 ou 4 bons filmes!

Quanto à música francesa, 'lilá(s) pouca se faz actualmente, ao bom estilo...

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... sem dúvida, 'Art_'!

Mas não são todos os filmes franceses que me levam às salas...


Um beijo amistoso,

Fragmentos Culturais said...

Tal como tu, 'Brancamar', frequento Serralves quando algo me inspira!

Também gosto, uma vez por outra, e sempre que a luminosidade o permite, ir até à sala do 1º piso, restabelecer minhas energias, frente ao verde que se estende para além da janela.

Pois,nesta mostra, acabei por poder ver 'Les Plages d'Agnès' como já referi, pelo facto de Serralves ter repetido a exibição.

Quanto à exposição, 'duas vídeo-instalações' tive apenas um 'cheirinho' no filme acima mencionado.

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Pois'Rafeiro' dessa fase não me lembro :)

Mas concordo contigo! 'Amélie' e 'Delicatassen' foram um ponto de viragem! Chamou ao cinema francês, muita gente!

Este ano, apanhei três ou quatro bons filmes: 'Bienvenue Chez les Ch'tis' (suponho que o filme francês mais visto dos últimos tempos), uma comédia divertidíssima e cheia de humor, 'Entre les murs'; 'Coco avant Chanel' (biográfico); 'L'Heure d'été', e agora les 'Les Plages d'Agnès' (uma poema em forma de imagens)...

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada,'Luís F.'!
Divulgo o que gosto em 'fragmentos pessoais'!

É um prazer lê-lo por aqui...