Monday, February 2, 2009

O Estranho Caso de Benjamin Button




Brad Pitt & Cate Blanchett 
O Estranho Caso de Benjamin Button
http://wwws.pt.warnerbros.com/benjaminbutton/


“Eu nasci sob circunstâncias pouco usuais"

Benjamin Button

Mal as nomeações para os Oscars são conhecidas, o circuito comercial das salas de cinema desperta! E eis que surgem todos os filmes nomeados ao mesmo tempo! A um ritmo tal que se torna impossível responder às solicitações! E são muitas!



Cate Blanchett | Brad Pitt
O Estranho Caso de Benjamin Button

O Estranho Caso de Benjamin Button foi um dos primeiros que seleccionei para ir ver! Talvez por ser baseado num conto do famoso escritor norte americano F. Scott Fitzgerald que admiro.


Francis Scott Fitzgerald
Foto: Carl van Vechten
en.wikipedia.org


The Curious Case of Benjamin Button, short story, (1921) foi mais tarde incluido no livro Tales of the Jazz Age (1922).




Em adaptação livre desse conto clássico de F. Scott Fitzgerald, o filme narra a história de um homem que nasce com quase oitenta anos e vai regredindo ao longo do tempo.

Tudo começa em New Orleans, a partir do fim da I Guerra Mundial, em 1918, e vai avançar até ao século XXI, dando sequência a uma jornada extremamente inusitada.


Cate Blanchett/ Bradd Pitt
O Estranho Caso de Benjamin Button

Benjamin Button, nasce com 80 anos e à medida que os anos vão passando, vai rejuvenescendo. Benjamin conhece então o amor aos 50 anos de idade, quando se apaixona por uma mulher mais jovem, interpretada no filme por Cate Blanchett.

A partir daí, o casal viverá um dilema, pois ele ficará mais jovem e ela, mais velha. Então, como viver esse amor, já que a diferença das idades os distancia cada vez mais?


Babel (2006)
http://www.imdb.com/

Não é a primeira vez que Brad Pitt e Cate Blanchett trabalham juntos. Participaram no filme Babel (2006), realizado pelo promissor Alejandro González Iñárritu.

O Estranho Caso de Benjamin Button
apenas narra a história de um homem que é incapaz de parar o tempo. Assiste-se à sua incomum viagem, as pessoas e lugares que descobre ao longo do seu percurso de vida, os seus amores, as alegrias da vida e a tristeza da morte, e aquilo que dura para além do tempo. Como qualquer um de nós...


A metáfora do tempo e do desencontro entre pessoas que se querem!


fonte: sítio web oficial




O Estranho Caso de Benjamin Button tem 13 Nomeações da 'Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood', foi realizado por David Fincher, o mesmo que realizou 'Sete Pecados Mortais', o filme mais dramático que vi até hoje!

Alexandre Desplat, compositor francês, tentou criar uma banda sonora que fosse o espelho do mundo emocional de Benjamin Button. E conseguiu! Excepcional!

"A música tem de ser poderosa, ao mesmo tempo silenciosa. Tem de ser muito delicada e prudente a maneira como envolvemos a música com os sentimentos das personagens.


E Benjamin é um homem muito silencioso, a música tem de mostrar empatia com esta situação, iluminando os seus momentos de tristeza e de dúvida."


Alexandre Desplat



Uma obra-prima sobre vida! Uma banda sonora sensível que penetra nossas próprias emoções.


Um filme a não perder...

G-S


Fragmentos Culturais

08.02.2009
Copyright © 2009-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®
Licença Creative Commons

8 comments:

Cata-Vento said...

Pela descrição que fizeste é mesmo um filme a não perder.
O mais breve possível, lá estarei numa sala de cinema.

Bem-hajas!

Beijinhos

SENTIR said...

Fragmentos,

NA MINHA LISTA DE PRIORIDADES, CLARO!!!!
"Brigados" pelas dicas!!!!
entretanto há um Darwin à minha espera, também...

Sobre o "SEMPRE"!! Bom, de facto é um espaço digamos mais "familiar" e como tal está "condicionado"...
Mas a minha mesa de Amigos estará SEMPRE disponível em " OSCANTARESDEAMIGO"!!!!!!!!!!
Um bom resto de dia!!!!
TUDO BOM PARA TI!
Bjkas!!!

heretico said...

dou-me bem com as tuas sugestões. grato.

beijos

Fragmentos Culturais said...

A minha descrição é subjectiva, mas não deixa de ser 'autêntica'! Suponho que vais gostar, Cata-Vento'!

De qualquer modo, é um filme a não perder! Se não o foste já ver...

Sensibilizada pelo olhar!
Um beijo

Fragmentos Culturais said...

Olá 'Avelaneira',

Não passa de mais um 'fragmento'... mas sobre uma história muito interessante e bem humana, apesar da metáfora!

Se vivesse em Lisboa, certamente estaria como tu! Motivadíssima, para apreciar essa espantosa exposição!!

Vi uma curta reportagem e lamentei o facto de viver longe!

'...Sobre o "SEMPRE"!! Bom, de facto é um espaço digamos mais "familiar" e como tal está "condicionado"...' - não quis de modo algum fazer parte dos teus convidados! Respeito! Deves ter compreendido mal...

Lá nos encontraremos em " OSCANTARESDEAMIGO".

Boa semana!
Um beijo

... pelo olhar, sensibilizada!

Fragmentos Culturais said...

... ainda bem, 'Herético'!

Folgo saber que temos gostos comuns...

Um beijo,

Sensibilizada pelo teu olhar!

DarkViolet said...

Até eu me sinto a regredir no tempo, só preciso é de um empurrão para o abismo dos sorrisos. Ainda não vi o filme apesar de há um tempo atrás quase ter estado com a mentalidade em tal

Fragmentos Culturais said...

Tempo, finito tempo, infinito tempo, 'Dark_'!
É um pouco a imagem que o filme passa...

Talvez voltes aqui para falar deste 'estranho caso' depois de o veres!
Sensibilizada pelo olhar!