Sunday, December 7, 2008

Expressões





Inbal Pinto Dance Company

Tmothy A, Clary|AFP 2008
news.yahoo.com/

Não se sabe como acontece, nem quando.([...) A vontade de anular todo o intervalo entre as coisas.

Pedro Paixão, Sem fôlego


Dançar! Expressão corporal que diz muito do que vai na alma do ser! Soltar seus passos e lançar seus braços em ondas de mil sentires! É a revolta extasiante, libertadora das pulsações não experienciadas.

Todo o Ser é uma ilha na sua verdadeira essência. Todo o Ser se encontra solitariamente contido no cabo bojudo dos dias de tormentas. E na dança dos gestos não contidos, ele avança sem véus ou máscaras.

Todo o Ser espera, com olhos levantados, muito para além do quebrar das fendas de seu âmago, pela acalmia em sabores de maresia musical.

Vibrações do tempo crescendo ou pianissimo que se espraia na alma pelos gestos soltos e desanuviadores de um corpo que grita sua alma em aromas de jardins e sonoridades intensas.

Fragrâncias onde a vida repousa e se abriga.

Movimentos sincopados, dolentes ou arrebatadores, explodem depois de um da capo portentoso de sons e sintonias.

A turbulência de emoções poisadas nos olhos de quem sonha inifinito!
  
 
G-S


Fragmentos Culturais

(texto publicado sob pseudónimo em 14.01.2007

07.12.2008
Copyright © 2008-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com® 

Licença Creative Commons


14 comments:

O Sibarita said...

Isso aí! Que beleza de texto e verdade sim, a dança, é algo extasiante em todos os sentidos, uma pena que eu não saiba dançar... kkk

abraços,
O Sibarita

Fragmentos Culturais said...

... a dança é profundamente libertadora! E é extasiante com arte!

Sensibilizada pelo seus olhares atentos em 'fragmentos'!

Um abraço,

... aprender a dançar, não é complicado! É só querer...
Eu quase desaprendo, e no entanto, adoro dançar!

Fatima said...

Tenho pena de não dançar!

DarkViolet said...

A Alma tem que dançar, muita das vezes quase ninguem dança devido a não conseguir libertar-se do olhar alheio. Quantas vezes num bar ou num lugar para dançar se aninham junto as paredes? Os que conseguem ser gotas vão embalar seus movimentos, a buscar o sntido duma nova expressão... é uma profunda descoberta a dança, mesmo para alguém que não tenha ritmo ou sincronia para tal eheheheh

avelaneiraflorida said...

Fragmentos,

e dançando andei por aqui ...
que bom dançar!!!!!

Precisamos tanto... e nem sempre nos queremos deixar envolver pelo movimento, pelo som...
"brigados" por mais este lindo post!!!!

Bjkas!

Méon, said...

Regressei aqui, para sentir de novo o pulsar da sua sensibilidade cultural!
Ver... ouvir... e dançar!

Tiago R Cardoso said...

excelente e admirável escrito.

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada, Fátima!

Fragmentos Culturais said...

A alma é que nos leva à dança, Dark_! É isso que descrevo um pouco neste meu 'devaneio'...

Suponho que fizeste uma soberba descoberta :)
Não interessa a sincronia se consegues libertar-te!

Sensibilizada pelo olhar atento em 'fragmentos'!

Fragmentos Culturais said...

'e dançando andei por aqui ...
que bom dançar!!!!!- mas isso é excelente, 'Avelaneira'!

É uma das melhores expressões da alma em sintonia com o corpo!

Pelo teu olhar amistoso em 'fragmentos', sensibilizada!

Fragmentos Culturais said...

É um prazer lê-lo de novo, 'Méon'!

... em parte, perante um texto assim descrito, apuraram-se os outros sentidos!

Pelas suas palavras amistosas, sensibilizada!

Fragmentos Culturais said...

... as tuas palavras afectuosas ditadas pela fidelidade a 'fragmentos', Tiago!
Sensibilizada!

contracena said...

Gostei do blogue.
Vou voltar.

Saudações.

http://contracenar.blogspot.com

Fragmentos Culturais said...

Sensibilizada 'contracena'!
Espero então voltar a ler-vos!

Saudações cordiais