Wednesday, April 21, 2010

Fotografia e Arte Digital... em Chaves!





Está decorre o concurso de fotografia e arte digital: Festival Internacional da Imagem -Festimage que vai na sua quarta edição! O prazo para enviar trabalhos vai até 14 Maio.


Trata-se de um evento promovido pela Câmara Municipal de Chaves,  em Portugal,  sim! Gostei da notícia por isso mesmo! Câmara Municipal de Chaves, em Portugal!! Será que podia haver dúvidas que Chaves é Portugal?!




Pois bem! Não há dúvida que a cidade fica bem mais viva com esta miscigenação original de arte.


Chaves reúne na sua cidade obras fotográficas e de arte digital de autores  de diferentes partes do mundo!



Nas três edições anteriores (2007-2009) concorreram ao Festimage 5.217 pessoas, oriundas de 92 países. Surpreendente! Isto porque frui de um meio de divulgação imbatível! A Internet!

O maior número de participantes foi sempre da Espanha, do Brasil, da Alemanha e de Portugal. No ano passado o certame contou também com uma significativa participação de fotógrafos e criadores de arte digital da Índia, França, México, Colômbia, Rússia, Roménia e Geórgia.

Festimage

Impensável não visitar a galeria de Imagens 2010 já disponibilizadas aqui 

Perdi-me nas páginas! É que há tantas imagens tão belas! Devo dizer que é dificílimo seleccionar. Mas, por fim, lá tive que me decidir, quase aleatoriamente, dada a escassez de tempo!

 




Para voltar e admirar com tranquilidade...

G-S

Fragmentos Culturais
21.04.2010

Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons

10 comments:

Rosemeri Sirnes said...

Lindas fotos! Vou lá no site selecionar as minhas...rs. Fotografia é um negócio fascinante, estou lendo um livro chamado "O momento do click", aí é que você vê todo aparato que há por trás de uma foto aparentemente simples. Como o próprio Joe McNally(autor do livro) diz "procure luz, cor e gesto".

Avelaneira Florida said...

Socorro!!!!!
Fotos lindas e eu com tão pouquinho tempo para as apreciar...

mas vou "rapinar" o sítio, sim????

Bjs

Gonçalo said...

Tive uma ideia fantástica sobre fotografia na minha estadia no Brasil. Em breve será anunciada!

Cheguei do Brasil, sim, e não podia deixar de te dar um beijinho

*

:)

jefhcardoso said...

Olá Fragmentos! Esta semana estou divulgando uma “nova” postagem. Trata-se de um conto; que na verdade vem a ser uma reedição de meu blog. Sua postagem original ocorreu em 13.02.09; sendo esta a minha terceira postagem no blog. Naquela ocasião este texto não recebeu nenhum comentário. O texto é “O Sr. e o Dr.”. Espero que você, tendo um tempinho, o aprecie.
Um grande abraço, minha gratidão antecipada!

Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Fragmentos Culturais said...

O 'site' do 'Festimage' é um deslumbramento para o olhar! Fotos, muitas... algumas lindíssimas!

Acho que vai seleccionar um bom número, Rosemeri :)

Embora não pratique fotografia, sei um pouco do mistério que se esconde em cada 'click' quando se ama o gesto e o ohar!

O autor, do livro que está a ler, Joe McNally, resume lindamente o segredo!

Beijo,

Fragmentos Culturais said...

Sim, fotos lindas, 'Avelaneira'! E já vi que apreciaste algumas :)

Terás tempo para admirar... já que um dos objectivos é a divulgação pela Internet!

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

Foi bom saber-te de volta, Gonçalo! E sempre a fervilhar de ideias :)

Certamente terás imensos episódios a contar... depois de tão belas imagens!

Muito sensibilizada pelo teu gesto de vir até aqui para me deixar
um beijo
que retribuo*

Bem-vindo!

Fragmentos Culturais said...

Olá Jefh!

Obrigada pelo seu convite!
Irei sem dúvida! Durante o fim-de-semana, passarei em seu espaço para ler seu conto 'O Sr. e o Dr.'

Até breve!
Abraço,

Ana said...

muito interessante :))) imagens que também falam e estas dizem "tranquilidade" :)

Fragmentos Culturais said...

Sem dúvida, Ana! Muito interessante! E quase ninguém fala de um universo tão enriquecedor numa cidade do interior aberta para o mundo!

Para tudo é Lisboa :(

As imagens? Sim, acho que foi isso mesmo que me fez escolhê-las... 'a linguagem da tranquilidade' :)