Tuesday, January 4, 2011

Murmuration...



Alain Delorme

Poderemos nós alcançar uma inteligência colectiva melhor através da web? 







"Murmuration" é o belíssimo vídeo narrado pela voz do seu autor: Dan Tapscott.


O vídeo percorreu a web nos últimos meses de 2010 e tem por base o livro "Macrowikinomics: Rebooting Business and the World " de Dan Tapscott.


Inspirador nesta tristonha tarde de inverno!


G-S


Fragmentos Culturais 
formato Web 2.0)

04.01.2011 
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

6 comments:

Daniel Silva (Lobinho) said...

Who knows, who knows... Todavia, a individualidade também se expressa, por paradoxal que possa parecer, na vida em comunidade, na vida colectiva. O Homem é um ser relacional, e a web, quiçá, possa aumentar essa inteligência colectiva, mas em que moldes? Se pensarmos numa pedagogia virtual, acredito que sim, e já existem resultados disso. O problema talvez resida na unicidade do ser e, com ela, na sua interacção real e verdadeira que, definitivamente, não se faz cabalmente pela net...

Um beijinho grande em dia de chuva também...

Fragmentos Repartidos said...

É sem dúvida interessante!!! E faz sentido o que foi dito e a analogia. Entretanto muito de nós segue na sua própria direcção e porque nem sempre se consegue confiar no próximo, é dificil entrar num estado de "murmuration". Falando na imensidão do espaço cibernético, temos mais hipóteses de encontrar alguém que está a percorrer os mesmos caminhos que o nosso, mas não é fácil, é preciso tempo e dedicação, e talvez alguma orientação também.

Bjs

aflores said...

Uaaaau! Belíssimo.

Vou partilhar ;)

Fragmentos Culturais said...

... concordo contigo, Daniel, quando escreves que a 'individualidade também se expressa na vida em comunidade, na vida colectiva' mas não é tão paradoxal quanto isso!

Não penso que o autor se refira a uma inteligência colectiva que passa apenas pela web! Dan Tapscott fala da web como meio.
A conectividade propicia o conhecimento, a conexão (via web) que poderá levar à 'real' (via pessoal) interacção para que as sociedades cheguem uma inteligência colectiva.

A metáfora dos bandos de aves é bem explícita na sua narração: colaboração, organização...

Poderíamos ficar aqui horas a interagir...
Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

É sim, 'fragmentos repartidos'!
A analogia não poderia ser mais explícita, quer pelas imagens, quer pela narração do próprio autor da teoria (editada em livro).

Sim, é verdade que a desconfiança que se gerou entre os Homens, fruto dos contra valores, dificulta essa 'murmuration'.

Sim, é isso! O autor fala da web como meio, tal como referi a Daniel, não como fim.
A conectividade é que poderá gerar esse 'caminho de encontro' que fará com que pessoas com mesmas ideias e /ou objectivos se unam para gerar uma inteligência colectiva.
Claro... orientação é precisa!

Um beijo,

Fragmentos Culturais said...

... é mesmo belíssimo, 'aflores'!

Boa partilha ;)