Saturday, August 13, 2011

Tempo de férias




Vamos lá ver se é agora! Tempo de férias. Tempo de calor! Tempo de outras paisagens. Tempos que me levam a cruzar praia e campo, entre livros, passeios, música e todas aquelas coisas que guardamos para fazer nas férias.


Pois, já sei o que estão a pensar! Não! Não é ainda desta vez que troco os aromas de um folhear de livro pelo mágico kindle!


Embora não seja avessa a estas coisas das 'tecno', no que concerne a uma boa leitura, continuo a gostar muito de virar uma página impressa. Um prazer inefável. Talvez para outras leituras o kindle esteja mesmo na minha rota! Mas não para literatura.



Chegou finalmente o calor, e é com prazer que aspiro estas lufadas quentes que tanto nos têm faltado. Nada melhor do que ir até à praia e folhear um bom livro de frente para o mar.


A lua de ontem à noite, uma bola cor de prata, prenunciava dia quente de verão! Aqueles dias que todos nós gostamos e que nos fazem sair de casa mais soltos em busca de frescas paisagens e espaços de lazer.


O dia apresenta-se divinal. Há que fruir!


Tempo então de relaxar e deixar para trás os gestos que repetimos no dia-a-dia nos restantes meses do ano.


O blogue entra uns dias de férias. É bom parar, partir e voltar com novas energias.


Andarei por perto!  


G-S

Fragmentos Culturais


13.08.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®


Licença Creative Commons

Sunday, August 7, 2011

Harrison Ford: Leão de Ouro em Locarno






Harrison Ford "Lifetime Achievement Award"
Locarno Film Festival



"More than characters, they are movie icons: from the space smuggler Han Solo in the first Star Wars trilogy to the replicant hunter Rick Deckard in Blad Runner,  going through the sucessful sagas Indiana Jones."

Harrison Ford, o actor que interpretou todos estes heróis do cinema do nosso tempo, recebeu ontem à noite, dia 6 Agosto 2011, o "Prémio de Carreira" no 64º Festival del Film Locarno, a decorrer na belísima Piazza Grande, pérola barroca da Suiça italiana.


Harrison Ford | Locarno Film Festival
http://news.xinhuanet.com

Harrison Ford segura o Leão de Ouro "Lifetime Achievement Award" - Prémio Carreira Cinematográfica - que recebeu do director artístico Olivier Père, Festival del Film Locarno.

O actor que está perto de completar 70 anos  e foi o herói de "Blade Runner - Perigo Iminente" e da saga "Indiana Jones", mostrou-se emocionado diante de uma plateia de oito mil pessoas que não arredou pé, apesar da chuva insistente que caía, e recebeu a maior ovação da noite.

Harrison Ford agradeceu ao público e a todos os realizadores que lhe dão 'de vez em quando' a oportunidade de actuar.


Cowboys vs Alliens
Zade Rosenthal | niversal Pictures and DreamWorks

Ford veio ao "Festival de Cinema de Locarno" para promover a 'premiere' euopeia do filme Cowboys vs Alliens juntando-se no palco a Daniel Craig (o actual 007), Olivia Wilde e ao realizador Jon Favreau, o mesmo de "Iron Man".

O filme é baseado na novela gráfica de Scott Mitchell Rosenberg, mas  as críticas dividem-se, sobretudo nos Estados Unidos.

O Festival de Cinema de Locarno investiu assim numa nova dimensão, sem alterar o facto de reunir na competição internacional, o cinema independente e o cinema dos países pouco desenvolvidos ou emergentes.

Paulo Branco, o conhecido produtor português, considerado um amigo do cinema independente e do cinema de autor,  preside ao Júri da edição deste ano.

Não podemos deixar de destacar a selecção de três filmes portugueses: 

Liberdade, de Gabriel Abrantes e Benjamim Crotty, na secção Pardi di Domani
Na mesma secção irá estar em exibição Alvorada Vermelha, o vencedor da melhor curta-metragem nacional do "IndieLisboa" deste ano, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata.
Finalmente, na secção dedicada à descoberta de jovens talentos, irá participar É na Terra Não é na Lua, de Gonçalo Tocha.

Uma importante presença portuguesa, não há dúvida! O que só nos enche de orgulho.

Mas, voltemos a Harrison Ford! Todos os cinéfilos conhecem bem a carreira deste actor, agora reconhecida, que é conhecido sobretudo pelas suas intervenções em filmes de acção e aventura.

"This award – announced last night – was not only a tribute that binds ideally all the interpretations of an actor that became a reference  model for many generations, but is also the admired celebration of an original collective imaginary movie piece in which we are grateful."


"Harrison Ford glowered. Daniel Craig glared."

Michael Cieply, NYT



G-S

Fragmentos Culturais

07.08.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

 Licença Creative Commons

Referências:

Locarno celebrating Harison Ford

Tuesday, August 2, 2011

Lindo, o nosso Planeta!





Imagens inspiradoras! Mas também de alerta! Tributo a um ambientalista. 


Saibamos fruir do nosso Planeta. Preservemo-lo com carinho, envidando esforços para que não se volte contra os que o habitam! Todos nós!



Aceita o universo 
Como to deram os deuses. 
Se os deuses te quisessem dar outro 
Ter-to-iam dado. 
Se há outras matérias e outros mundos  
Haja.

Alberto Caeiro, Aceita o universo, Poemas Inconjuntos
in Poesia , Assírio & Alvim, ed. Fernando Cabral Martins, Richard Zenith, 2001

 

Um até já!

G-S
Fragmentos Culturais
02.08.2011
(formato web 2.0)

Monday, August 1, 2011

Feira do Livro "a ler o mar"





Está a decorrer na Póvoa de Varzim, de 29 de Julho a 15 de Agosto, a Feira do Livro que, como habitualmente, tem lugar no Largo do Passeio Alegre.



São várias as iniciativas inseridas na edição deste ano! Concertos, cinema, espectáculos de rua, e encontros com escritores. 



"Mais de 200 editoras estão representadas, repartidas por 40 stands onde se podem encontrar livros para todos os gostos, incluindo exemplares de edições poveiras, disponíveis num stand preparado para o efeito.

Poderá  também encontrar livros usados ou antigos, já que na Feira vão estar presentes alfarrabistas."



O convite chegou por email. E a temática é sugestiva: "a ler o mar". Veio-me então à lembrança um livro de Agustina Bessa Luís, Ventos, Areia e Amoras Bravas, um livro de memórias sobre a infância da autora na Póvoa de Varzim, assim me confiou a escritora, em conversa na Livraria Bertrand que se situava na altura num comercial da cidade do Porto n área da Boavista.

Uma história cheia de memórias mágicas, escrita para os seus leitores mais jovens. E eu pertencia a esse grupo, já que, na infância, passara alguns meses de verão na praia melhor frequentada do norte do país: Tempo bom.

Estava embrenhada nesse prazer inestimável de companhia e sabedoria, o dos livros, quando dei pela presença, mesmo a meu  lado, de uma senhora muito discreta que me sorriu! Reconheci de imediato Agustina Bessa-Luís, uma das escritoras portuguesas que mais admiro.


Passaram uns cinco, seis anos, talvez mais, depois dessa primeira conversa. Um encontro ocasional, mas muito amistoso. Agustina Bessa Luís tinha o dom de ser simples. 

Escreveu-me uma dedicatória linda nesse pequeno livro de memórias, que fiz questão de voltar a adquirir na altura, para ter aquela dedicatória tão especial e que muito me encantou. Guardo o livro quase religiosamente.


Depois disso, ainda nos voltámos a cruzar mais algumas vezes. E foi com muita alegria que a convidei para participar de um evento literário-musical. Recebeu-me em sua casa, com aquele seu jeito singelo e tão amistoso. Tomámos  chá enquanto conversávamos dos livros e das leituras, 
e depois levou-me a visitar o seu jardim maravilhoso, debruçado sobre o rio Douro.

Jamais esquecerei meus momentos com Agustina.





Agustina Bessa Luís

"Era o dia 17 de Maio, e as rosas chá do capitão Machado estavam abertas e já se desfolhavam. Lourença olhou da janela do quarto e achou que não havia razão para vestir muita roupa. Estava calor, e do mar, ao fundo da avenida, vinha uma brisa esperta, com ar de dança."

Agustina Bessa Luís, Vento, Areias e Amoras Bravas,
Guimarães Ediores, 1990, pág. 7

A memória dos afectos, a que chamo "memória poética" adentrou-se pelo simples gesto de ler o convite, enviado pelo Pelouro da Cultura da cidade da Póvoa de Varzim.

Assim, aqui fica  a sugestão cultural com o tributo a Agustina Bessa Luís e ao tempo em que a escritora passeava pelas ruas da cidade que circundavam a sua casa, e a Livraria Bertrand, pequena, mas acolhedora, situada no centro comercial.

O meu agradecimento ao Pelouro da Cultura, pela mão de Manuela Ribeiro, a grande impulsionadora de Correntes d'Escritas, este ano distinguido com o Prémio Pró-Autor da SPA.

Em tempo de e-books, a que não sou avessa, não perca o prazer de saborear os aromas com que um livro impresso nos envolve. Outras memórias nos ficarão.



G-S

Fragmentos Culturais
(em tempo de férias)

01.08.2011
Copyright © 2011-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons