Monday, July 14, 2008

Jorge de Sena... um tributo adiado!





Washington
Jacquelyn Martin/AFP 2008

http://news.yahoo.com/photos



Jorge de Sena | RTP2 (1972)


De todas estas palavras não ficará, bem sei,
um eco para depois da minha morte
que as disse vagarosamente pela minha boca.
Tudo quanto sonhei, quanto pensei, sofri,
ou nem sonhei ou nem pensei
ou apenas sofri de não ter sofrido tanto
como aterradamente esperara -
nenhum eco haverá de outras canções
não ditas, guardadas nos corações
alheios, ecoando abscônditas ao sopro do poeta.(...)


Jorge de Sena


O poeta e ensaísta Jorge de Sena, falecido há 30 anos, foi homenageado quinta-feira, dia 10 de Julho 2008 no Teatro Nacional de S. Carlos, em Lisboa, numa sessão patrocinada pela Fundação José Saramago, destinada a "reavivar a memória e a obra de um grande autor quase esquecido"




Jorge de Sena, morreu em Junho de 1978 com 68 anos, viveu a maior parte da sua vida fora de Portugal, nomeadamente no Brasil e nos Estados Unidos da América, onde morreu.

É considerado uma das principais figuras da cultura portuguesa do século XX e um dos seus maiores poetas.



"Jorge de Sena não teve o reconhecimento que merecia e hoje em dia os seus livros são difíceis de encontrar nas livrarias", disse à Lusa um responsável da Fundação José Saramago, a entidade que promoveu a homenagem, com o apoio do Ministério da Cultura e da Biblioteca Nacional. Além do Nobel português da Literatura, intervieram na sessão Eduardo Lourenço, António Mega Ferreira, Vítor Aguiar e Silva, e o ministro da Cultura, José António Pinto Ribeiro. O programa incluiu ainda um recital de piano de António Rosado e a leitura de um depoimento da viúva de Jorge de Sena, Mécia de Sena.



"Eu conheci o Sena, sem qualquer espécie de intimidade a não ser aquela que resultou de quando ele se foi embora de Portugal porque fazia traduções para a Editorial Estúdios Cor (onde José Saramago trabalhava)." Posteriormente, "ele veio a Lisboa uma vez ou duas, uma por ocasião de um congresso de escritores em que casualmente ficámos sentados um ao lado do outro e conversámos. Depois de 1974, os contactos romperam-se porque não publicámos nada mais dele".

Saramago


Quanto ao evento dessa noite, Saramago afirmou não acredita que fosse "uma espécie de passe de mágica que vá transformar essa situação (de alguma indiferença) numa completamente diferente, com Portugal inteiro correndo às livrarias à procura dos livros do Jorge de Sena - coisa que estaria muito bem se o fizesse -, mas não sejamos ingénuos".



Caricatura Rui Knopfli


Jorge de Sena sempre se sentiu injustiçado em vida, e até mesmo depois da sua morte foram raros os momentos em que lhe foi feita justiça enquanto homem e enquanto cidadão. Tendo sido um dos mais ecléticos autores portugueses do século XX, a sua obra estende-se desde a poesia à prosa, ao drama, ao ensaio, à investigação, à história da cultura, tendo exercido a profissão de engenheiro mas também de professor.

João Carlos Costa


(...)
Tão longe, meu amor, tão longe,
quem de tão longe alguma vez regressa?!

E quem, ó minha imagem, foi contigo?

(De mim a ti, a mim,
quem de tão longe alguma vez regressa?)

Jorge de Sena
, Quinze Poetas Portugueses do séc. XX

Assírio & Alvim, 2004


G-S


Fragmentos Culturais em tributo a um dos escritores portugueses que mais admiro!

14.07.2008

(adaptação de post publicado sob pseudónimo em 10.07.2008)

Copyright © 2008-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons



Thursday, July 3, 2008

Nelson Mandela... 46664



46664 Concert Hyde Park|Reuters 2008


Nelson Mandela Foundation
Decorreu na última sexta-feira, dia 27 de Junho de 2008, no Hyde Park, Londres, o concerto 46664, em honra de Nelson Mandela.

Este evento foi organizado para angariar fundos para a campanha HIV/AIDS "46664" Nelson Mandela.


Nelson Mandela | REUTERS

Mandela esteve presente com sua mulher Graça Machel e fez um curto discurso no final do concerto:

"Where there is poverty and sickness, including AIDS, where human beings are being oppressed, there is more work to be done. Our work is for freedom for all ..."

Nelson Mandela



Will Smith/Reuters 2008
http://www.daylife.com/

Prémio Nobel da Paz (1993) Nelson Mandela foi um carismático lutador contra a segregação racial. Mais tarde, presidente da África do Sul (1994-1999). Retirou-se voluntariamente.


Todo o mundo tem gravado na memória a imagem do primeiro presidente negro da África do Sul multirracial dançando no final da cerimónia de posse, em Maio de 1994.

Biografia a ler aqui...



Annie Lennox| Reuters 2008
http://www.daylife.com/

Dedica-se agora à Fundação Nelson Mandela na defesa dos povos africanos mais desprotegidos.


The Nelson Mandela Foundation embodies the spirit of reconciliation, ubuntu, and social justice. Our work is a celebration of Mr Mandela’s life.

Nelson Mandela Foundation

Foram muitos os músicos que quiseram partilhar o concerto em Hyde Park!



Amy Winehouse | Reuters 2008 

http://seattletimes.nwsource.com/photography/

46664 concert in Hyde Park, London, was a huge success with top international and South African artists playing to a sold-out audience.

Nelson Mandela Foundation




46664 Concert | Reuters 2008
http://www.daylife.com/

O concerto em Hyde Park acolheu 46664 pessoas que vieram para festejar com Mandela o seu 90º aniversário, embora este só tenha lugar a 18 de Julho.


“I’m glad because, an hour ago, I joined nearly 50,000 fans in front of an outdoor stage in Hyde Park to stand for honor and courage and duty. I stood for Nelson Mandela, whose courage in the face of racism inspired a world. I stood to sing “Happy Birthday” at the top of my lungs. I stood to honor hope and progress and a man who gave us both.

Rochelle Riley
Detroit Free Press Columnist, June 27




46664 concert Hyde Park|Reuters 2008

It is in your hands now ...

Nelson Mandela, 27.Julho. 2008





Nelson Mandela
Alexander Joe | AFP File 2008

http://news.yahoo.com/photos


We say tonight, after nearly 90 years of life, it is time for new hands to lift the burdens.

Nelson Mandela,
27.07.2008





Nelson Mandela farewell Hyde Park | Reuters 2008
Some moments in history are great when they happen: an inaugural speech, a call to dream, a final farewell from a television icon who has told you for years “and that’s the way it is.”

Rochelle Riley

Detroit Free Press Columnist,June 27


G-S

Fragmentos Culturais

03.07.2008
Copyright © 2008-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Licença Creative Commons