Monday, August 20, 2007

XIV Bienal de Cerveira





http://www.bienaldecerveira.org/bienal.php


"Espelho da identidade do meio sócio-cultural de Portugal, tem sido solicitada por artistas e intelectuais do Japão aos Estados Unidos, passando pelos países de Leste e Europa, que fazem desta Bienal um local de encontro e divulgação das suas ideias e projectos, sobretudo as camadas mais jovens, às quais, se não tem sido dada resposta mais abrangente, é pela falta de meios com que a Bienal de Cerveira se tem debatido e ausência de um reconhecimento Estatal consequente à importância deste evento, sediado geograficamente numa das regiões da Europa culturalmente mais carenciada."






Situada na margem esquerda do rio Minho, muito perto da Galiza, Vila Nova de Cerveira é uma pequena e encantadora vila do Alto Minho.
A Bienal de Arte de Cerveira que se realiza desde 1978, fez da localidade um ponto de encontro de artistas portugueses e estrangeiros, e de todos aqueles que apreciam eventos ligados à arte.

Este ano, está a decorrer de 18 de Agosto a 29 de Setembro. Poderá consultar toda a programação aqui



Subordinado ao tema "As Novas Cruzadas", esta edição da bienal ambiciona ser "interventiva e polémica", razão pela qual, "a par de grandes artistas da Escola de Paris, sobretudo do pós-guerra, lança o desafio a novos criadores com um tema actual".

Henrique Silva, Director


2007 Lusa - Agência de Notícias de Portugal



Fábrica em Goncourt
Pascal Nordmann - Prémio Revelação 2007

A visitar o Museu de Arte Contemporânea da Bienal de Cerveira onde estão representados a maioria dos grandes artistas portugueses, e alguns estrangeiros.
Ficará a conhecer a evolução das Artes Plásticas nos últimos 25 anos.

Foi aberto ao público 24 anos depois da 'I Bienal de Cerveira', realizando assim o sonho dos seus fundadores.

Aí encontrará um espólio importante de vários artistas, para além de exposições temporárias.



Jaime Isidoro - Pintor


A Casa do Artista Pintor Jaime Isidoro foi mandada construir pela Câmara Municipal de Cerveira, com o apoio do Programa Lider II, com o objectivo de proporcionar uma maior aproximação entre as populações do Alto Minho, e os criadores artísticos de todas as áreas, como Pintura, Escultura, Gravura, Música, Teatro, Bailado, Arte Electrónica, Fotografia, e outras formas de criação artística.


Jaime Isidoro, Untitled 1999
Técnica: Aguarela
Dimensão: 150x100 cm

Será um óptimo roteiro cultural a fazer até final de Setembro.



G-S

Fragmentos Culturais
 

20.08.2007

Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®


Thursday, August 16, 2007

Imagine... for Darfur


Imagine for Darfur/CD


(...)
You may say I'm a dreamer,
But I'm not the only one,
I hope some day you'll join us,
And the world will live as one.

John Lennon, Imagine

"By authorizing the deployment of a hybrid operation for Darfur, you are sending a clear and powerful signal of your commitment to improve the lives of the people of the region, and close this tragic chapter in Sudan's history."


Secretário-Geral das Nações-Unidas em statement no Security Council, 31 Julho 2007

Para apoiar Darfur artistas famosos juntaram-se para interpretar composições de John Lennon, lutando assim pelos Direitos Humanos.






O CD Make Noise save Darfur está à venda.

Bons actos por boas causas!


G-S



Fragmentos culturais
16.08.2007
Copyright © 2010-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®

Wednesday, August 8, 2007

Dança - Festival de Marseille 2007




Conte Nomade Ensemble Musicatreize


Question de danse, Questions d'artiste 2




Marie Chuinard
boDY_reMIX les vARIATIONS goLDBERG
Fotorafia: Agnès Mellon


Cette nouvelle édition du Festival de Marseille permet à la Cité phocéenne d’entrer dans la danse et de renouer avec le spectacle vivant sous ses formes les plus novatrices. Chaque année, les professionnels, chorégraphes, metteurs en scène et artistes confirmés se produisent sur la scène du Festival pour offrir au public des créations de premier choix.

(...)
En effet, grâce à son histoire et son patrimoine, la diversité de ses communautés, et son syncrétisme culturel qui lui est propre, Marseille est aujourd’hui un “Carrefour de la Culture” entre les deux rives de la Méditerranée.

Jean-Claude Gaudin, Edtito 2007


Festival de Marseille decorreu este ano na sua 12ª edição na cidade de Marseille [França], entre 16 Junho e 13 Julho.

Trata-se de um das maiores eventos da cultura contemporânea internacional onde se cruzam manifestações ligadas à dança, música, teatro, cinema, café-concerto, exposições.

Sem ter a oportunidade, lamentavelmente, de assistir ao vivo a tão feérica explosão de cultura, todos os anos por esta altura, faço uma peregrinação virtual ao sítio web oficial do Festival de Marseille.

Aí permaneço durante horas, deixando flutuar o meu olhar e sorvendo com estético prazer as fotografias de intensa qualidade de Agnès Mellon bem como os textos informativos que acompanham toda a variadíssima programação.

A dança contemporânea, em todas as vertentes apresentadas, é sem dúvida a actividade estético-musical em que me detenho sem olhar ao tempo.

Neste campo, todas as manifestações são sempre de muita qualidade, e sobretudo de inegável vanguardismo.


Acabei por seleccionar a manifestação que mais me atraíu - Marie Chuinard e o seu bailado em dois actos boDY reMIX les vARIATIONS goLDBERG.





Marie Chuinard
Fotografia: Agnès Mellon

Dans boDY_reMIX, la alcune et la prolongation, la virtuosité et la contrainte animent singulièrement une danse étrange et fascinante. L'oeuvre contourne ce qui est "beau" et "achevé" pour trouver d'autres locomotions et d'autres sens à un corps réarchitécturé, fantasmé en insolite: une alternative au vivant, prêt finalement à toutes les reconstructions, toutes les mutations pour plonger dans le désir.

Um bailado tendo como suporte musical as Variações Goldberg na interpretação de
Glenn Gould jamais me deixaria margem para vacilar na escolha.

Outros destaques:

Mmm... [Stravinsky Projet Part 2] Michael Clark

Sensorlab mov. Collectif Skalen

Question de danse, Questions d'artistes Compagnie Kelemenis

Konnecting Souls Franck II Louise


"Que fais-tu le jour? Je m'invente"

Paul Valéry


G-S


Fragmentos Culturais


08.08.2007
Copyright © 2007-Fragmentos Culturais Blog, fragmentosculturais.blogspot.com®


Licença Creative Commons